Home / África / África do Sul / As cachoeiras mais espetaculares do mundo
Garganta do Diabo, Cataratas do Iguaçu, Brasil-Argentina. Author and Copyright Marco Ramerini
Garganta do Diabo, Cataratas do Iguaçu, Brasil-Argentina. Author Marco Ramerini

As cachoeiras mais espetaculares do mundo

As quedas são um dos espetáculos mais emocionantes da natureza. Quase todas as nações da Terra tem quedas. Existem cachoeiras de poucos metros de altura e cachoeiras, que aproximam-se a uma altura dum quilómetro. Uma cascata é formada quando a água dum rio cai duma diferença de altura. As quedas são sistemas dinâmicos, que mudam seu alcance com as estações do ano e ao longo dos anos. Elas mudam a aparência e corroem a pedra, embora isso seja visível só numa escala geológica. As cascatas têm formas diferentes, que são determinadas pelo volume de água, a altura de queda, a largura do leito do rio e a partir de diferentes rochas, ao longo das quais a água flui. Vamos fazer uma curta viagem para descobrir as cachoeiras mais espetaculares do nosso planeta.

A cachoeira mais alta do mundo, o Salto Ángel, está localizada numa área remota da selva venezuelana. Nesta cachoeira a água cai continuamente por 979 metros. A cascata cai a partir da borda da montanha Auyantepui no Parque Nacional Canaima na região de Gran Sabana no sudeste da Venezuela. A cachoeira foi descoberta apenas na primeira metade do século XX (18 de novembro de 1933) por um aviador dos Estados Unidos, chamado Jimmie Angel, que foi o primeiro a avistar as quedas e voar por cima dela. O Salto Ángel é uma das principais atrações turísticas da Venezuela, embora ainda não seja fácil de chegar à área, onde a cachoeira está localizada. A melhor época para visitar as cataratas é o período de fortes chuvas entre junho e dezembro, quando a água das quedas atinge o fluxo mais elevado. Durante a estação seca de dezembro a março o nível de água é menor e as quedas são menos espetaculares.

Na América do Sul ficam aquelas cachoeiras, que são consideradas as quedas mais impressionantes do mundo: As Cataratas do Iguaçú (em espanhol: Cataratas del Iguazú) ao longo da fronteira do Brasil com a Argentina. As quedas estão localizadas 23 km a montante da confluência do Rio Iguaçú com o rio Paraná. As Cataratas do Iguaçú são formadas a partir de 150-300 quedas, dependendo do nível da água, que caem sobre uma frente de 2,7 km e para alturas, que variam entre 60 e 82 metros. Estas quedas são o maior sistema de cachoeiras do mundo. O ponto mais espetacular das Cataratas do Iguaçú é a chamada Garganta do Diabo (Garganta del Diablo em espanhol). A metade do fluxo do rio cai duma altura de 82 metros neste longo e estreito abismo em forma de U. O primeiro europeu a registar a existência das Cataratas do Iguaçú foi o conquistador espanhol Álvar Núñez Cabeza de Vaca em 1541.

Na selva da Guiana ficam as Cataratas selvagens de Kaieteur no rio Potaro, que é a cachoeira mais impressionante do mundo por volume de água numa única cachoeira. As quedas têm uma altura de mais de 250 metros.

Na África as cachoeiras mais espetaculares são as famosas Cataratas de Vitória (Victoria Falls), que caracterizam o curso do rio Zambeze na fronteira entre a Zâmbia e o Zimbabué. As Cataratas de Vitória são as únicas do mundo, que podem rivalizar com as Cataratas do Iguaçú. As Cataratas de Vitória estendem-se numa frente de 1.708 metros e caem duma altura de 108 metros. As quedas são espetaculares para o cenário, em que elas estão localizadas e para a garganta profunda, para onde a água do rio Zambeze cai. O primeiro europeu a visitar as cataratas foi o famoso missionário escocês e explorador David Livingstone, que visitou as cataratas no dia 16 de novembro de 1855. Livingstone chamou as Cataratas de Vitória em honra da Rainha Vitória da Grã-Bretanha e Irlanda. O nome nativo é “Mosi-oa-Tunya”, que significa “fumaça que troveja”.

Outras espetaculares cachoeiras africanas estão localizadas em Angola, Uganda, na Etiópia e na África do Sul. Em Uganda as Murchison Falls, também conhecidas como Kabalega Falls, estão localizadas ao longo do Nilo Branco entre o Lago Kyoga e o Lago Alberto. Na parte superior das Murchison Falls o Nilo faz o seu caminho através duma fenda na rocha, que tem apenas 7 metros de largura, e cai para 43 metros antes de fluir para o oeste no Lago Alberto. Em Angola são muito bonitas as Quedas de Kalandula, conhecidas no passado como Quedas do Duque de Bragança, localizadas a 300 quilómetros a leste de Luanda. Estas cachoeiras são formadas pelo Rio Lucala e estendem-se por 400 metros, fazendo um salto de 105 metros. Perto do Lago Tana na Etiópia encontram-se as Quedas do Nilo Azul, que estendem-se na estação chuvosa por 400 metros e fazem um salto de 40 metros. Entre as cachoeiras mais espetaculares da África do Sul existem as Augrabies Falls ao longo do rio Orange, que caem duma altura de 50 metros.

Na América do Norte as mais famosas cachoeiras são as Cataratas do Niágara (Niagara Falls), que estão localizadas na fronteira entre o Canadá e os Estados Unidos da América, quer dizer entre a Província de Ontário e o Estado de Nova Iorque. Estas cachoeiras estão localizadas ao longo do rio Niágara, que drena as águas do Lago Erie para o Lago Ontário. As cachoeiras, que estendem-se numa frente de mais dum km, são formadas por três cachoeiras separadas: As Horseshoe Falls, as American Falls e as Bridal Veil Falls. As cachoeiras mais altas são as Horseshoe Falls, que caem para 57 metros.

Outras cachoeiras espetaculares na América do Norte são as Yellowstone Falls em Wyoming, as Yosemite Falls em Califórnia e as Takkakaw Falls em Canadá. No México as mais bonitas são as cachoeiras de Água Azul em Chiapas.

Na Ásia existem inúmeras e belas cachoeiras. Entre as mais espectaculares da China existe no sul da China na Província de Guizhou ao longo do rio Baishui ficam as Huangguoshu Waterfalls, que caem duma altura de 67 metros para uma frente de 83 metros. Mais ao sul na fronteira entre a China e o Vietname encontram-se as Ban Gioc-Detian Falls, que caem de 50 metros de altura e estendem-se por 300 metros. Entre as cachoeiras mais espectaculares da Índia encontramos as Jog Falls, também conhecidas como as Gerosoppa Falls. Essas cachoeiras estendem-se por uma frente de 472 metros e caem duma altura de 253 metros.

Na Europa são muito belas as cachoeiras da Islândia como a Skógafoss, a Godafoss, a Gullfoss e a Dettifoss, citando só algumas. Mesmo na Noruega e nas áreas alpinas há muito belas cachoeiras. Na Oceania existem belas cachoeiras no Havaí, na Samoa, na Nova Zelândia e na Austrália.

Texto português corrigido por Dietrich Köster.

dealform 336x280
banner
Siga-nos no Facebook
Mantenha-se informado sobre Guia Viagem