Home / Europa / Letônia / Riga: Art Nouveau e arquitetura de madeira
Castelo de Riga, Letônia. Autor Britt Storlykken Helland. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike
Castelo de Riga, Letônia. Autor Britt Storlykken Helland

Riga: Art Nouveau e arquitetura de madeira

Riga com 730.000 habitantes, dos quais 43,5% russos, 41,5% letões, 4,6% bielorrussos, 4,1% ucranianos, 2,1% poloneses e 4,3% outros, é a capital da Letónia e um importante porto no rio Daugava/Düna perto do mar Báltico.

Fundada em 1201 pelo bispo Albert von Buxthoeven, a cidade era durante a Idade Média importante como um porto comercial e em 1282 passou a fazer parte da Liga Hanseática, assim atravessando um período de grande prosperidade comercial.

Em 1561 a cidade foi anexada pela Polónia. Em 1621 passou sob o governo sueco e o controle sueco permaneceu até 1710, quando tornou-se uma parte do Império Russo. A sua importância para o Império czarista cresceu com o tempo, tornando-se num dos principais portos da Rússia.

Em 1919 tornou-se a capital da Letónia independente. Em agosto de 1940 foi anexada pela União Soviética. Ocupada por três anos (1941-1944) por tropas alemãs, fazia parte da União Soviética até a sua dissolução. Em 1991 a cidade tornou-se novamente a capital da Letónia independente.

Em 1997 a UNESCO incluiu o centro histórico de Riga na lista do património mundial da humanidade pelos seus edifícios de Art Nouveau/ Jugendstil e os de madeira. Riga tinha prosperidade considerável durante a existência da Liga Hanseática entre o século XIII e o século XV, mas a maioria dos edifícios medievais da cidade foi destruída pelo fogo ou pela guerra. A cidade experimentou um novo período de esplendor no século XIX, quando nos subúrbios ao redor do centro da cidade foram construídos importantes edifícios de madeira no estilo neoclássico e de Art Nouveau/Jugendstil. Riga é hoje universalmente reconhecida como a cidade com a coleção mais bela e rica de edifícios no estilo de Art Nouveau da Europa e pela arquitetura importante de madeira do século XIX.

Melngalvju nams, Riga, Letônia. Autor Bruno.Menetrier. No Copyright

Melngalvju nams, Riga, Letônia. Autor Bruno.Menetrier

COMO CHEGAR A RIGA

Avião: O aeroporto internacional de Riga (Riga International Airport/Rīgas Starptautiskā Lidosta) está localizado a 13 km a sudoeste do centro de Riga. O aeroporto de Riga é a base da companhia aérea letão Air Baltic. Não existem ligações aéreas directas entre Portugal e Riga. Riga é facilmente acessível através duma escala num aeroporto europeu. Além da companhia aérea nacional da Letónia – Air Baltic – existem voos frequentes para Riga pelas companhias aéreas de baixo custo Ryanair e Wizz Air.

O aeroporto está ligado ao centro da cidade através dum serviço de autocarros da Rīgas Satiksme (22 e 22A) a cada 10-30 minutos e o itinerário é feito em 30 minutos.

COMO DESLOCAR: TRANSPORTE URBANO DE RIGA

Riga é servida por uma extensa rede de serviços públicos: autocarros (52 linhas), eléctricos (11 linhas) e trólebus (20 linhas). O transporte público está em operação entre as 5.30 e 23.30 horas. Durante a noite circulam com frequência horária diferentes linhas de eléctricos e de trólebus.

Os bilhetes podem ser comprados diretamente com o motorista, nos escritórios de Rīgas Satiksme ou nas lojas “Narvessen” e “Preses Apienība”. Uma vez que entra no autocarro deve carimbar o bilhete.

Riga atrações turísticas: o que ver em Riga.

Riga clima: quando ir para Riga.

Texto português corrigido por Dietrich Köster.

banner
Siga-nos no Facebook
Mantenha-se informado sobre Guia Viagem