Home / Oceania / Polinésia Francesa / Fatu Hiva: a ilha mais espetacular e selvagem do arquipélago das Marquesas
Baía das virgens (Baie des Vierges), Hanavave, Fatu Hiva, Ilhas Marquesas, Polinésia Francesa. Autor Sémhur. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike
Baía das virgens (Baie des Vierges), Hanavave, Fatu Hiva, Ilhas Marquesas, Polinésia Francesa. Autor Sémhur

Fatu Hiva: a ilha mais espetacular e selvagem do arquipélago das Marquesas

A ilha de Fatu Hiva com 84 km² e 587 habitantes é a ilha mais ao sul do arquipélago das Ilhas Marquesas. A ilha está localizada a 80 km ao sul da ilha de Hiva Oa e é a ilha do arquipélago mais difícil de visitar. Não há um aeroporto e não existem ligações regulares com as outras ilhas.

Fatu Hiva é a ilha habitada mais remota das Marquesas e é também a mais verde graças a chuvas fortes. Na ilha são cultivadas frutas cítricas e bananas. A ilha foi a primeira a ser descoberta pelos europeus. Fatu Hiva foi descoberta no dia 21 de julho de 1595 pela expedição liderada pelo explorador espanhol Álvaro de Mendaña y Neira.

A ilha de Fatu Hiva é o que resta de dois vulcões, um dos quais cresceu na cratera do outro. A cordilheira atual forma um cume, cujo ponto mais alto é o Monte Touaouoho com 960 metros. Na ilha há duas aldeias localizadas ao longo da costa oeste: Hanavave, localizada no norte na baía de Hanavave, conhecida como a Baía das Virgens e no sul da ilha fica Omoa na Baía de Omoa.

A ilha é uma das mais espetaculares e mais selvagens das Marquesas. A área mais famosa e mais conhecida é a chamada Baía das Virgens em frente à aldeia de Hanavave. Hanavave na Baía das Virgens oferece uma das paisagens mais fantásticas da Polinésia Francesa inteira.

Igreja Católica de Omoa, Fatu Hiva, Ilhas Marquesas, Polinésia Francesa. Autor Sémhur. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike

Igreja Católica de Omoa, Fatu Hiva, Ilhas Marquesas, Polinésia Francesa. Autor Sémhur

COMO CHEGAR A FATU HIVA: A ilha não tem um aeroporto e não existem ligações regulares para as outras ilhas do arquipélago. Somente ocasionalmente há barcos, que saem do porto de Atuona na ilha de Hiva Oa. A melhor maneira de chegar à ilha é um cruzeiro a bordo do cargueiro “Aranui”.

Texto português corrigido por Dietrich Köster.

banner
Close
Inscreva-se no nosso canal YOUTUBE
Se você gosta de viajar, inscreva-se no nosso canal de viagens YOU TUBE: