Home / África / Djibouti / Jibuti: lagos salgados e atividade vulcânica

Jibuti: lagos salgados e atividade vulcânica

Jibuti ou Djibouti (Jumhuriya Jibuti/République de Djibouti/Republica do Jibuti) é uma república semipresidencialista na África Oriental, limitada a leste pelo Oceano Índico (Golfo de Aden) e tem fronteiras com a Eritreia ao norte, com a Etiópia ao oeste e sul e com a Somália ao sudeste. Ex-colônia francesa, o país é um Estado independente desde 1977 e o país tem como capital a cidade de Djibuti, um porto estrategicamente localizado numa enseada do Golfo de Aden, o Golfo de Tadjoura, a cidade é o terminal da ferrovia chegando de Addis Abeba (Etiópia).

O pequeno Estado de Jibuti é formado em grande parte de planaltos áridos de origem vulcânica, alternando com uma série de depressões, incluindo a depressão de Afar, uma das regiões mais inóspitas da África, que apresenta o ponto mais baixo do continente africano, o Lago Assal, localizado a 155 metros debaixo do nível do mar.

No extremo norte do país estão os contrafortes das montanhas de Danakil, que atingem a altura máxima do país pelo Monte Moussa Ali com 2.028 metros. Jibuti não tem cursos de água permanentes. Há apenas vários lagos salgados.

Devido ao clima hostil e à escassez de água, há poucas culturas, limitadas a alguns oásis, onde os produtos são datas, frutas e legumes,. Pobre é também a criação de cabras, de ovelhas, de camelos e de gado. Há recursos subterrâneos limitados: cobre, gesso, sal, ferro e recursos geotérmicos.

Relevante em vez disso a atividade portuária graças à ferrovia, que vem da Etiópia. Para o porto de Jibuti passa a maior parte do comércio da Etiópia. O turismo pode ser uma fonte de renda por causa dos fenômenos geológicos e naturais interessantes e das paisagens espectaculares das depressões salgadas do país.

Texto português corrigido por Dietrich Köster.

  • Área: 23.200 km²: Área arável 0%, prados e pastagens 56%, florestas e arbustos 1%, terra inculta e improdutiva 43%
  • População: 500.000  (censo de 2007) somali (issa, issak, gadaboursi) 60%, afar 30%, europeus, árabes e etíopes
  • Capital: Djibouti/Jibuti
  • Língua oficial: Os idiomas oficiais são o Árabe e o Francês. Outras línguas faladas são o Afar e o Somali.
  • Religião: muçulmana 94%, cristã 6%
  • Moeda:  Franco djibutiano (DJF)
  • Fuso horário: UTC+3 horas

banner
Close
Inscreva-se no nosso canal YOUTUBE
Se você gosta de viajar, inscreva-se no nosso canal de viagens YOU TUBE: