Home / Europa / França / Itinerário em Paris: 4 dias em Paris
Torre Eiffel, Paris, França. Autore Terrazzo. Licensed under the Creative Commons Attribution
Torre Eiffel, Paris, França. Autor Terrazzo

Itinerário em Paris: 4 dias em Paris

<—- Voltar para o Itinerário nos Países Baixos e na Bélgica.

Dia 1: Bruxelas – Paris 300 km

Hoje fase de transferência para Paris, mas a nossa primeira prioridade foi a busca dum posto de gasolina, que tinha a água destilada para a bateria, já que o nível dela era muito baixo.

Após uma hora de autoestrada e uma série de paragens em dois distribuidores, que tinham acabado a água destilada, fomos capazes de encontrar um que tinha. Após este pequeno contratempo continuamos o nosso caminho para Paris por uma paisagem de campos de milho.

Por volta das 11h30 chegamos nos arredores da cidade. O caos é bastante elevado. Existem muitos cruzamentos, estradas e carros, mas graças ao nosso mapa podemos chegar ao nosso hotel o Jolly Hotel Lotti onde vamos ficar para 4 noites, localizado na Rue de Castiglione numa excelente localização central perto da Place Vendôme:  Os jardins das Tuileries, o Louvre, Notre Dame etc. Um comerciante da área vê nos chegando com o nosso carro e nos acolhe em Paris. A primeira abordagem era muito agradável. Depois dum refrescante no hotel deixamos imediatamente para explorar a cidade. Nós compramos dois ingressos para o Métro para viajar em Paris. São válidos 5 dias, embora persistam apenas quatro dias.

Catedral de Notre-Dame, Paris, França. Author Gilbert Bochenek. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike

Catedral de Notre-Dame, Paris, França. Author Gilbert Bochenek

Uma das primeiras coisas, que nós visitamos é a Catedral de Notre-Dame, que infelizmente está sendo restaurada e está cheia de andaimes. No entanto visitamos o interior repleto de turistas. Estamos em agosto! São bonitas as rosáceas e vitrais de cores marcantes. A igreja, construída entre 1160 e 1345, é considerada o melhor exemplo do gótico francês. O tempo parece ser caprichoso tornando-se nublado! A próxima paragem é o Jardin du Luxembourg muito bonito com flores, folhagens com a ponta da Torre Eiffel na distância. O Palácio de Luxemburgo, sede do Senado francês, foi construído a mando de Maria de Médici pelo arquiteto Salomon de Brosse entre 1615 e 1627. Fazemos uma breve paragem na área da Torre Eiffel, que foi construída em 1889 e atinge 300 metros de altura. Com a antena são 324 metros, esta torre sendo o símbolo de Paris.

Em seguida visitamos o Arco de Triunfo, um outro símbolo de Paris. A sua construção foi decidida por Napoleão Bonaparte em 1806 após a vitória na Batalha de Austerlitz. Foi concluído em 1836. Em seguida andamos a pé pelos Champs Elysées, uma imensa avenida cheia de pessoas e centros comerciais. Para terminar este dia intenso passamos a tarde entre Les Halles e Beaubourg, onde há pessoas, que improvisam qualquer tipo de show de rua. Finalmente voltamos para o hotel, cansado, mas animados com a beleza desta cidade.

Dia 2: Paris

Louvre, Paris, França. Author Benh LIEU SONG. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike

Louvre, Paris, França. Author Benh LIEU SONG

Partimos do hotel a 8:30. Hoje está agendado a visita do Museu do Louvre. Andamos toda a manhã no museu, o que é verdadeiramente espectacular. Bonita é também a entrada de pirâmide, que eu não tinha visto ainda. Visitamos as salas,. que mostram as obras de civilizações antigas – esta parte do museu nunca tinha visto durante outras visitas a Paris – como as dos egípcios, sumérios, assírios, etruscos, gregos – incluindo a famosa Nike de Samotrácia – e dos romanos. Passamos para as várias salas, que abrigam as obras-primas dos artistas italianos: Leonardo da Vinci – a famosa Mona Lisa é assediada como sempre por grupos de turistas -, Botticelli, Michelangelo, Cimabue, Giotto, Rafael, Caravaggio etc. Outros artistas importantes presentes com trabalhos neste museu maravilhoso são Vermeer, Cézanne, Degas, Rembrandt e Rubens. Visitamos também os apartamentos de Napoleão III. Aos 13:00 horas estamos exaustos e decidimos deixar o museu e fazer uma pausa para comer alguma coisa. Após o almoço visitamos a Igreja da Madeleine, um templo napoleônico no estilo neoclássico, que parece como um templo romano. Em seguida começa a chover e nós decidimos fazer um desvio para o novo bairro da Défense, um bairro cheio de prédios modernos, construídos nos últimos anos. Na minha primeira visita a Paris este bairro não existia ainda.

Dia 3: Paris

Les Invalides, Paris, França. Author Nono vlf. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike

Les Invalides, Paris, França. Author Nono vlf

Hoje vamos visitar a área de Montmartre, em particular a Basílica do Sagrado Coração. Infelizmente o tempo é muito ruim e chove um bocadinho. A basílica no estilo bizantino-romano é um trabalho relativamente recente de 1884-1914.

O que fascina desta basílica é a sua estrutura completamente branca e sua bela localização. Está localizada numa posição panorâmica sobre uma colina com vista para toda a cidade de Paris.

Depois duma caminhada no bairro de Montmartre fomos a visitar o Hotel des Invalides, que destaca-se pela sua cúpula dourada. A estrutura é um grande complexo de edifícios no estilo neoclássico, construído em 1670 para acomodar os soldados inválidos. A cúpula dourada foi construída originalmente para a capela privada de Luís XIV e tem no interior o túmulo de Napoleão I. Visitamos também a parte do prédio, que abriga o famoso Museu militar francês (Musée de l’Armée), que mantém armas e troféus da história da França do século XVII até a Segunda Guerra Mundial.

Dia4: Paris

Grand Palais de ponte Alexandre III, Paris, França. Autore Eric Pouhier. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike

Grand Palais de ponte Alexandre III, Paris, França. Autor Eric Pouhier

Passamos toda a manhã para visitar o Museu d’Orsay – o Museu dos Impressionistas -, realizado na antiga estação ferroviária de Orsay, abandonada em 1937. Realmente um belo trabalho de reestruturação. Vemos as belas pinturas de Gauguin, van Gogh, Cézanne, Degas, Toulouse-Lautrec, Manet, Matisse, Monet, Renoir e mais ainda. A partir do terraço do museu pode admirar uma bela vista de Paris. Depois duma curta caminhada vamos para o hotel para descansar.

No final da tarde vamos para Les Halles para jantar e depois para ver a Torre Eiffel à noite! Recomendo-a a todos, o efeito sendo mágico. As luzes compõem a torre como um tesouro. A cúpula dourada do Hotel des Invalides está iluminada também. Paramos um pouco para aproveitar do show e em seguida ouvir a música de quatro artistas de rua da América Latina. É a última noite em Paris para nós. Amanhã de manhã partimos para a Provença.

Continuamos o Itinerário na Provença —->

Texto português corrigido por Dietrich Köster.

dealform 336x280
banner
Siga-nos no Facebook
Mantenha-se informado sobre Guia Viagem