Home / Europa / França / Pont du Gard: o mais belo aqueduto romano na França
Pont du Gard, Languedoque-Rossilhão, França. Author Mammoura. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike
Pont du Gard, Languedoque-Rossilhão, França. Author Mammoura

Pont du Gard: o mais belo aqueduto romano na França

O magnífico aqueduto romano do Pont du Gard, um trabalho fascinante, é a 25 km da cidade de Nîmes e a 22 km de Avinhão. Uzes, o ponto de partida do aqueduto, fica a 16 km do Pont du Gard. A estrutura é o símbolo do poder da civilização romana. O nome do arquiteto, que projetou e construiu, infelizmente não chegou até os nossos tempos modernos.

Este monumento foi incluído pela UNESCO na lista do património mundial da humanidade em 1985.

O Pont du Gard foi construído pouco depois do início da era cristã para permitir, que o aqueduto de Nîmes – que tinha um comprimento total de 50 km – podia atravessar o rio Gardon. Os arquitetos e engenheiros hidráulicos romanos, que projetaram esta ponte, que tem uma altura de 49 m em três níveis – o mais longo arco mesura 275 m – assim criando uma obra-prima de engenharia e de arte.

A estrutura tem uma altura de 49 m e é composta por três linhas de arcos, que sobrepõem-se e tornando-se gradualmente mais estreitos.

Caminho do Aqueduto romano de Pont du Gard. Author Clem Rutter, Rochester Kent. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike

Caminho do Aqueduto romano de Pont du Gard. Author Clem Rutter, Rochester Kent

O primeiro nível tem uma espessura de 6 metros, 22 metros de altura e 142 metros de comprimento e é formado por seis arcos. O segundo nível é de 4 metros de espessura, 20 m de altura e 242 metros de comprimento e é constituído por 11 arcos. O terceiro nível tem uma espessura de 3 metros, 7 metros de altura e 275 metros de comprimento e é constituído por 47 arcos, que suportam o canal, onde a água fluiu.

No primeiro nível passa uma estrada e na parte superior do terceiro nível passa a conduta de água, que é de 1,8 metros de altura e 1,2 m de largura e tem uma inclinação de 0,4 por cento.

A única finalidade do aqueduto tinha que trazer água em tubulações da fonte situada a 50 km da cidade de Nîmes. O Pont du Gard é a parte mais espectacular do aqueduto, construído pelos romanos no primeiro século d.C. para trazer água fresca para a cidade de Nîmes. O aqueduto de Nîmes foi um dos mais importantes obras hidráulicas, construídas pelos romanos, que levou 15 anos de construção entre 40 e 60 d.C. sob os impérios de Cláudio e Nero.

Danificado durante as invasões bárbaras, o aqueduto deixou de funcionar no século IX. Desde então ele foi usado como uma ponte para atravessar o rio Gardon. Os blocos de pedra maiores pesam 6 toneladas. O aqueduto aproveitou das ricas águas da fonte de Eure perto de Uzes. Ao longo do caminho sinuoso de 50 km o aqueduto cruzava vales e colinas através de canais subterrâneos e pontes. Muitos são os restos visíveis destas estruturas ao longo de seu caminho.

Algumas trilhas marcadas ao redor do Pont du Gard permitem descobri-lo. Entre o início a fonte de Eure em Uzes (Gard) / 71,25 m e o ponto final de Castellum, rue de la Lampèze em Nîmes / 58,95 m do aqueduto a diferença de altura é apenas 12 metros, fazendo um gradiente de 24 centímetros / km ou 0,24 milímetros / metro. Isso diz muito sobre a capacidade dos antigos romanos. Uma bela trilha – 7 km de comprimento – segue os restos do aqueduto. Pode caminhar até os restos do Pont Rou com suas concreções aos arcos de Valive, levando depois para o Pont du Gard e o vale da Sartanette.

Texto português corrigido por Dietrich Köster.

banner
Close
Inscreva-se no nosso canal YOUTUBE
Se você gosta de viajar, inscreva-se no nosso canal de viagens YOU TUBE: