Home / Europa / França / Itinerário na Bretanha e na Normandia
Etretat, Normandia, França. Author Urban. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike
Etretat, Normandia, França. Author Urban

Itinerário na Bretanha e na Normandia

A Normandia e a Bretanha estão entre as regiões mais fascinantes do norte da França, localizadas a poucas centenas de quilómetros de Paris. São facilmente acessíveis a partir do resto da Europa com os muitos voos de baixo custo, que aterram em qualquer dos três aeroportos de Paris.

Estas duas regiões francesas, ricas em beleza natural e artística, prestam-se para visitar individualmente com um carro alugado. A opção mais barata é reservar o seu carro com antecedência, de modo a tê-lo pronto para a sua chegada ao aeroporto.  Aluguel de carros.

1° Dia : Paris – Ruão (131 km)

Nosso itinerário na Normandia e na Bretanha começa a partir de Paris, de onde passamos para Ruão, capital histórica da Normandia. A Ruão são para visitar a catedral gótica de Notre Dame, a mais alta da França, a Rua do Grande Relógio/Gros Horloge, um relógio astronômico do século XIV e a Praça do Mercado Velho. Foi nesta praça, que durante a Guerra dos Cem Anos, o dia 30 de maio de 1431 Joana d’Arc foi queimada viva. Por fim vale a pena visitar a Abbatiale Saint-Ouen (collégiale de Saint-Ouen), um enorme edifício gótico, construído entre o décimo-quarto e o décimo-quinto século.

Noite em Ruão.

2° Dia: Ruão – Etretat – Honfleur (150 km)

Deixamos a cidade de Ruão e rumamos em direção da “Costa de Alabastro” até chegar a Etretat, uma pequena vila de pescadores na costa do Canal Inglês, famosa por seu litoral espetacular, formado por falésias de rocha branca. Depois de visitar as falésias espectaculares continuamos a nossa rota para chegar a Honfleur, um porto de pesca charmoso, que ainda mantém as suas ruas estreitas com características casas escandinavas, e para ver a igreja de St. Cathérine com um teto abobadado distintivo em forma de Drakkar, que é um barco dos Viquingues.

Noite em Honfleur. 

Etretat, Normandia, França. Author Donarreiskoffer. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike

Etretat, Normandia, França. Author Donarreiskoffer

3° Dia: Honfleur – Arromanches – Mont Saint Michel (250 km)

Hoje nós visitamos os locais do famoso desembarque na Normandia, que teve lugar durante a Segunda Guerra Mundial. Nós paramos em Arromanches, onde visitaremos as praias do desembarque e onde vamos ver os destroços do porto artificial de Port Winston, que foi usado pelos aliados para desembarcar mais de 2.500.000 homens e 500.000 veículos, decisivos para continuar o avanço no território francês. Podemos visitar o memorial do desembarque. Outro lugar para visitar é o Pointe du Hoc, que está localizado entre Omaha e Utah Beach, onde o 6 de junho de 1944 o desembarque ocorreu.

Agora nosso itinerário pode continuar para a península da Normandia e para Cherbourg e Cap de la Hague ou podemos visitar a cidade de Bayeux, famosa pela tapeçaria da Rainha Matilda (tapisserie de Bayeux), que data do século XI. Esta tapeçaria é de 70 metros de comprimento e é composto por 58 cenas bordadas, que contam a conquista normanda da Inglaterra em 1066. Vamos agora diretamente na direção de Mont Saint-Michel.

Noite em Mont Saint Michel. 

Abadia de Mont-Saint-Michel, Normandia, França. Author b3rny. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike

Abadia de Mont-Saint-Michel, Normandia, França. Author b3rny

4° Dia: Mont Saint Michel

Um dia inteiro, dedicado à visita do Mont-St. Michel, uma abadia gótica, situada numa ilha de granito, rodeada por bancos de areia expostos às forças das marés perto do limite entre a Normandia e a Bretanha. Em 1979 a UNESCO incluiu a abadia de Mont Saint-Michel e sua baía na lista do Patrimônio Mundial da UNESCO. O sítio, além da maravilhosa abadia, onde a fortaleza, a cripta, a capela e a igreja são construídas em sobreposição, é famoso para as marés, que estão entre as mais altas do mundo. As marés mais altas ocorrem entre 36 e 48 horas após a lua cheia ou nova.

Noite em Mont Saint Michel.

5° Dia: Mont Saint Michel – St. Malo – Dinan (95 km)

Hoje entramos na Bretanha a pé da estrada costeira ao longo do caminho podemos fazer uma pequena paragem na Pointe du Grouin, lugar selvagem e sempre varrido pelo vento. Então chegamos a St. Malo, que visitamos. A cidade é famosa por suas belas paredes de granito. Entre outras coisas vale a pena de visitar a catedral e o túmulo do escritor Chateaubriand na Ile du Grand Bé. A partir de St. Malo dirigimo-nos para a pitoresca cidade de Dinan. Aqui vamos visitar o Teatro Jacobins, que remonta a 1224, a igreja gótico flamboyant de St Malo, a basílica românica de St Sauveur e o castelo de Dinan.

Noite em Dinan. 

Plouha, Bretanha, França. Author Bruna.ronan. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike

Plouha, Bretanha, França. Author Bruna.ronan

6° Dia: Dinan – Cap Fréhel – Perros-Guirec (Costa de Granito Rosa) (180 km)

Continuamos a rota em direção à Costa Esmeralda (Côte d’Emeraude) e à Costa de Granito Rosa (Côte de granit rose). Nossa primeira paragem é a Cap Fréhel (Costa Esmeralda) e seus penhascos com vista para o mar, sendo um dos mais famosos pontos turísticos da Bretanha. Não perca uma visita à fortaleza La Latte do século XIV, que está localizada num local com vista panorâmica pelo mar. Se o tempo estiver bom a vista estende-se até a ilha inglesa de Jersey. A visita pode continuar para o Cap d’Erquy. Se tem o tempo pode parar para visitar no interior a pequena aldeia de Moncontour.

Continuamos a nossa jornada da Costa de Granito Rosa atravessando as belas praias de St.Quay Portrieux e a costa de Plohua, depois de atravessar a Costa du Goelo, onde pode parar para a mira da Pointe de l’Arcouest e a Pointe du Château perto de Plougrescant ou visitar as ruínas da abadia de Beauport perto de Paimpol.

Interessante é também a aldeia de Treguier com a bela igreja gótica St.Tugdal. Então chegamos a Perros-Guirec, a estância balnear mais importante da Costa de Granito Rosa.

Noite em Perros-Guirec. 

DE PERROS-GUIREC A BREST —>>>

BREST – QUIMPER

QUIMPER- CARNAC

CARNAC – JOSSELIN – RENNES

Texto português corrigido por Dietrich Köster.

banner
Siga-nos no Facebook
Mantenha-se informado sobre Guia Viagem