Home / Europa / França / Ródano-Alpes: Das planícies para os Alpes
Monte Branco (Mont-Blanc), Ródano-Alpes, França. Author TL. No Copyright
Monte Branco (Mont-Blanc), Ródano-Alpes, França. Author TL

Ródano-Alpes: Das planícies para os Alpes

A região francesa de Ródano-Alpes (Rhône-Alpes) compreende uma grande área do sudeste da França, que estende-se dos Alpes na fronteira com a Suíça e a Itália para o vale do Ródano (Rhône) e do Saône. O principal centro é a cidade de Lião, que é também a capital da região.

A região é composta por oito departamentos: o Ain (01) com a localidade principal de Bourg-en-Bresse, Ardèche (07) com a localidade principal de Privas, Drôme (26) com a localidade principal de Valence, Isère (38), com a localidade principal de Grenoble, o Loire (42) com a localidade principal de Saint-Etienne, Rhône/Ródano (69) com a localidade principal de Lyon, Savoie/Sabóia (73) com a localidade principal de Chambéry e Haute-Savoie/Alta Sabóia (74) com a localidade principal de Annecy.

Geograficamente a parte leste da região inclui os Alpes ao longo da fronteira com a Suíça e a Itália. Nesta área há a montanha mais alta da França: O Mont Blanc/Monte Branco com 4.810 metros está localizado ao longo da fronteira com a Itália.

Ródano-Alpes, França. Da Wikipedia. Autore Rinaldum. Licenza Creative Commons Attribution-Share Alike

Ródano-Alpes, França. Da Wikipedia. Autor Rinaldum

A área central, a mais densamente povoada, é caracterizada pelo vale do Ródano (Rhône) e do Saône, que convergem em Lião. A área ocidental vê o início das montanhas do Maciço Central. Nesta área é também uma das maravilhas naturais da França: As Gargantas de l’Ardèche (Gorges de l’Ardèche), onde pode-se admirar um dos mais profundos desfiladeiros da Europa. Os lagos mais importantes são o Lago Lemano na fronteira com a Suíça e o Lago de Annecy.

Do ponto de vista do turismo a região de Ródano-Alpes é muito atraente, situada entre Paris e a Provença. Está localizada no meio de estradas e linhas ferroviárias importantes e é servida por dois aeroportos principais, sendo os de Lião e de Genebra.

Do ponto de vista natural a paisagem é muito diversificada. Passa pelos picos nevados dos Alpes, lagos, planícies intensamente cultivadas e áreas montanhosas cultivadas com vinhedos. Entre as principais atrações são as famosas Gargantas de l’Ardèche, um impressionante desfiladeiro selvagem, que é atravessado por uma estrada panorâmica longa de 50 km.

Outra atração turística importante são os Alpes com suas montanhas cheias de pistas de esqui para o inverno com estações turísticas de esqui de renome como Alpe d’Huez, Val-d’Isère, Chamonix e Les Deux Alpes. A região orgulha-se de ser a maior área de esqui do mundo, oferecendo também a possibilidade de passeios e caminhadas no verão. A região é também o lugar de oito parques naturais, incluindo três parques nacionais: Vanoise, Cévennes e Écrins.

As atrações artísticas abundam: A capital regional Lyon é um Património Mundial da Humanidade da UNESCO. Outras cidades interessantes do ponto de vista artístico são Annecy, Grenoble, Chambéry, Vienne e Saint-Etienne. A economia da região é altamente desenvolvida. Ródano-Alpes é depois da Ile-de-France, quer dizer a região de Paris, a região económica mais importante da França.

Texto português corrigido por Dietrich Köster.

  • RÓDANO-ALPES (RHÔNE-ALPES)
  • Área: 43.698 km²
  • População: 6.058.000 (censo de 2007)
  • Capital regional: Lyon
banner
Close
Inscreva-se no nosso canal YOUTUBE
Se você gosta de viajar, inscreva-se no nosso canal de viagens YOU TUBE: