Home / Europa / Espanha / Lançarote (Lanzarote): vulcões e desertos
Charco de los Clicos, Lanzarote, Ilhas Canárias, Espanha. Author Stefan Krause. Licence Art Libre
Charco de los Clicos, Lanzarote, Ilhas Canárias, Espanha. Author Stefan Krause

Lançarote (Lanzarote): vulcões e desertos

Lanzarote ou Lançarote (845 km² com 135.000 habitantes) é a ilha mais oriental do arquipélago das Canárias. Está localizada no nordeste da ilha de Fuerteventura e ao sul da pequena ilha de Graciosa. A capital da ilha é a vila de Arrecife.

Lançarote é uma ilha vulcânica, tem uma paisagem ondulada, que é composta por montanhas e áreas de deserto. Particularmente notável é a área do Parque Nacional de Timanfaya. Para o norte é o ponto mais alto da ilha, o Monte Peñas del Chache, na cadeia de Famara, que chega a 670 metros de altura.Na parte sul da ilha é a cadeia de montanhas Ajaches com 608 metros.

Habitada hoje por quase 150 mil habitantes a ilha tem um território natural estéril e árido, mas em alguns aspectos espetaculares há fenômenos geológicos e vulcânicos com áreas de vulcanismo recente, tais como aqueles encontrados na área dos vulcões de Timanfaya. A fauna e a flora da ilha são interessantes: Existem muitas espécies endêmicas. Mais de 40% de seu território é protegido.

Playa Papagayo, Lanzarote, Ilhas Canárias, Espanha. Author Luc Viatour www.Lucnix.be. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike

Playa Papagayo, Lanzarote, Ilhas Canárias, Espanha. Author Luc Viatour www.Lucnix.be

Conhecida pelos fenícios e romanos, a ilha foi novamente visitada pelos árabes em torno do século XI. Lançarote foi descoberta pelos europeus em 1312 graças às explorações do navegador genovês Lanceloto Malocello. Mas foi só em 1402, que os espanhóis ocuparam a ilha de forma permanente, quando veio uma expedição liderada por Juan de Bethencourt e Gadifer de la Salle. Poucos anos depois a ilha de Lançarote foi concedida em feudo do rei de Castela para a família Herrera, que vai governar a ilha até o final do século XVIII.

Lançarote é agora um importante destino turístico das Ilhas Canárias. A ilha é uma reserva da biosfera da UNESCO e 42% de seu território é protegido por algum tipo de proteção ambiental. Lançarote é o lar de diversas paisagens de grande valor natural e geológica.

Cueva de los Verdes, Lanzarote, Ilhas Canárias, Espanha. Author Luc Viatour www.Lucnix.be. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike.

Cueva de los Verdes, Lanzarote, Ilhas Canárias, Espanha. Author Luc Viatour www.Lucnix.be

A atração mais importante da ilha é o cenário natural, que pode ser visto no Parque Nacional de Timanfaya, que está localizado na parte centro-oeste da ilha. Esta área da ilha foi bem modelada durante a erupção de 1730-1736. Na caminhada ao longo da chamada Ruta de los Vulcanos você pode admirar as mais belas e cênicas manchas do parque.No parque de Montañas del Fuego é possível observar as manifestações de forma vulcânica sob a forma de jogos, que usam o calor do vulcão.

Perto do parque de Timanfaya é o Parque Natural de La Geria, que protege uma área do sul da ilha, conhecida por sua paisagem vulcânica única e para o cultivo de uvas para a produção de vinho. Na parte sul da ilha na área do Maciço de los Ajaches está a mais bela praia de Lançarote: Playa del Papagayo, uma praia de areia branca muito cênica.

Parque Nacional de Timanfaya, Lanzarote, Ilhas Canárias, Espanha. Author Luc Viatour www.Lucnix.be. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike

Parque Nacional de Timanfaya, Lanzarote, Ilhas Canárias, Espanha. Author Luc Viatour www.Lucnix.be

No norte da ilha está o vulcão de La Corona, um grande cone vulcânico, cujas lavas têm uma idade de 21.000 anos. A grande atração desta parte da ilha é o maior tubo de lava subterrânea ao longo de 7 km do vulcão. Alcança o mar e depois vai debaixo d’água por mais 1,5 km no tubo de lava chamado Túnel de la Atlantida. O visitante pode entrar no túnel em dois locais: a Cueva de los Verdes e Jameos del Agua. A Cueva de Los Verdes é o ponto, onde o visitante pode entrar no interior do tubo de lava. Cerca de 2 km do tubo de lava são equipados com luzes e podem ser visitado. No Jameos Grande pode-se também admirar a Sala de Concertos, que é uma grande cavidade subterrânea utilizada para concertos. O Jameos del Agua é um lugar mágico, onde o artista lançarotenho César Manrique queria mostrar aos visitantes a harmonia entre a criação artística e a natureza. Os Jameos são pontos, onde o tubo de lava entrou em colapso e se formaram aberturas. Neste centro de arte, cultura e turismo há um museu interessante dedicado a vulcanologia: a Casa de los Volcanes.

Jameos del agua, Lanzarote, Ilhas Canárias, Espanha. Author MacaBS. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike.

Jameos del agua, Lanzarote, Ilhas Canárias, Espanha. Author MacaBS

Outra atração no norte de Lançarote são as pequenas ilhas do arquipélago Chinijo, um grupo de ilhas localizadas no nordeste de Lançarote. O arquipélago é constituído pelas ilhas de Montaña Clara, Alegranza e La Graciosa (esta última é a única habitada) e pequenas ilhotas de Roque del Este e Roque del Oeste. As ilhas, que fazem parte do Parque Natural do Arquipélago Chinijo, são visíveis a partir de Lançarote do ponto de vista do Mirador del Rio, um trabalho encomendado por César Manrique. O acesso à ilha de La Graciosa é possível através dum barco, que leva 35 minutos e liga o porto de Orzola de Lançarote com o porto da vila de Caleta de Sebo.

A capital da ilha, a vila de Arrecife, tem um bairro de pescadores interessante, chamado Charco de San Ginés e uma fortaleza do século XVIII, que é o Castillo de San José, que abriga o Museu de Arte Contemporânea. Na vila de Teguise, a antiga capital da ilha, há vários belos edifícios como a residência do governador (Palácio Spinola), a Iglesia Matriz de Nossa Senhora de Guadalupe e o Castillo de Santa Bárbara (Guanapay) do século XVI. Na aldeia vizinha de Guatiza há um outro trabalho de César Manrique: o Jardín de Cactus, onde estão mais de 1.400 espécies diferentes de cactos. Perto de Teguise ao Taro de Tahiche fica a casa de Cesar Manrique, que abriga uma coleção de obras do artista.

Parque Nacional de Timanfaya, Lanzarote, Ilhas Canárias, Espanha. Author Luc Viatour www.Lucnix.be. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike.

Parque Nacional de Timanfaya, Lanzarote, Ilhas Canárias, Espanha. Author Luc Viatour www.Lucnix.be

COMO CHEGAR A LANÇAROTE

VÔOS: A ilha de Lançarote tem um aeroporto internacional localizado ao sul da capital Arrecife na parte sul da ilha. Graças ao seu aeroporto Lançarote é bem relacionado com as principais cidades da Espanha e com a maioria dos países europeus. Existem vôos do Reino Unido, da França, da Alemanha, dos Países Baixos, da Irlanda, da Suíça, da Polónia, da Bélgica, da Áustria, de Portugal, da Itália e dos países escandinavos.

FERRIES: Outros meios de transporte para chegar à ilha são os barcos. Existem linhas regulares de ferry de ligação do porto de Arrecife de Lançarote com os de Las Palmas de Gran Canaria, Santa Cruz de Tenerife e Cádiz. No sul da ilha a partir do porto de Playa Blanca os barcos partem para o porto de Corralejo da ilha vizinha de Fuerteventura (tempo de demora 15-20 minutos). Do porto de Orzola no norte da ilha os barcos partem para a ilha de La Graciosa.

O clima de Lanzarote.

Texto português corrigido por Dietrich Köster.

banner
Close
Inscreva-se no nosso canal YOUTUBE
Se você gosta de viajar, inscreva-se no nosso canal de viagens YOU TUBE: