Home / Europa / Espanha / Minorca atrações turísticas: que ver em Minorca
Cala Macarella, Minorca, Baleares, Espanha. Author Paul Stephenson. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike
Cala Macarella, Minorca, Baleares, Espanha. Author Paul Stephenson

Minorca atrações turísticas: que ver em Minorca

Apesar do turismo de massa, que começou na década de ’60 do século XX, Minorca continua a ser uma ilha relativamente calma em comparação com as ilhas vizinhas. Os balneários mais populares estão concentrados ao longo da costa sul, enquanto a costa norte é selvagem e pitoresca. O património histórico de Menorca é representado por monumentos pré-históricos, ruínas romanas, ruínas de igrejas cristãs e ruínas do período islâmico.

Entre os monumentos pré-históricos existem as aldeias-santuários da era talayotica os “Taules” como Taula de Trepucó e Taula de Torralba d’en Salort, os monumentos funerários chamados “navetas” como Naveta des Tudons e as grandes torres de pedra chamadas “talaiots” como Talaiot di Es Fornàs de Torrelló, Talaiot di Trebalúger e Tailot di Torralba d’en Salort. Vale a pena de mencionar as aldeias Talayotic de Trepucó, Torralba d’en Salort, Son Catlar, Talatì de Dalt e Tore d’en Galmés.

Entre as necrópoles deve ser visitada a de Calas Coves, onde há escavadas na rocha da falésia e além disso há cem túmulos. Algumas datam da Idade do Bronze ou talayotic, (1.200-750 a.C.) e outros da Idade do Ferro (750-123 a.C.). As cavernas foram usadas por volta do século XI a.C. até a chegada dos romanos em 123 a.C. Perto da praia de Son Bou encontram-se os restos duma basílica cristã primitiva, uma das mais antigas construções religiosas da ilha, que data do quinto ou sexto século d.C. Outra basílica cristã primitiva é a de Es Fornàs de Torrelló duma só nave, que data do sexto século d.C.

Cala Gardana, Minorca, Baleares, Espanha. Author Marzan. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike

Cala Gardana, Minorca, Baleares, Espanha. Author Marzan

A ilha é também rica em fortalezas majestosas, construídas para defender a ilha de invasões de piratas e outras populações. O núcleo mais importante situa-se no porto de Mahón (Maó): Aqui podemos admirar a fortaleza de La Mola de 1848-1875, os restos do Castelo de Sant Felip, o Fort Marlborough – construído pelos britânicos entre 1710 e 1726 – , a fortaleza de Isabel II e a Torre Stuart.

Ao longo da costa da ilha há muitas torres de vigia: Torre de Sa Mesquida – construída pelos britânicos – e a Torre Son Ganxo do século XVIII. Para saber mais sobre o uso, que foi feito das torres e do sistema de defesa da ilha entre os séculos XVI e XIX é possível visitar uma exposição, que está localizada na Torre de Fornells, construída pelos britânicos em 1801.

Os principais centros urbanos são Mahón e Ciutadella. Há muitos edifícios religiosos e históricos na ilha: em Ciutadella – a antiga capital da ilha – há o edifício religioso mais importante: a Catedral de Minorca, construída no século XIII em estilo gótico. A cidade velha de Ciutadella é caracterizada pela elegante Praça des Born, que está cheia de muitos palácios aristocráticos como o Palácio Martorell, construído no final do século XVII. O Palácio Saura em estilo barroco colonial foi construído entre o século XVII e o início do século XVIII.  Outros edifícios de interesse são o Palácio Torresaura do século XIX e o Palácio Salort do século XIX. Na entrada do porto de Ciutadella encontra-se o castelo de Sant Nicolau, que é uma torre de defesa, construída pelos espanhóis no final do século XVIII.

Cala Trebalúger, Minorca, Baleares, Espanha. Author Gabriel Vidal Álvarez. No Copyright

Cala Trebalúger, Minorca, Baleares, Espanha. Author Gabriel Vidal Álvarez

Em Mahon (Maó) há a igreja de Santa Maria de 1750-1820 com um interior neo-gótico, enquanto a igreja de Carme de 1748 com um claustro é neo-clássica. Interessante é também o Lazareto de Mahon (Maó), construído sobre uma ilhota no meio do porto no final do século XVIII. Pode visitar o topo do Monte Toro com o Santuário do Mare de Deu del Toro do século XVII, que domina a pequena ilha.

Em Menorca há praias para todos os gostos. As praias do litoral sul tem areia branca e são cercadas por florestas de pinheiros verdes, enquanto a costa norte é mais selvagem. Entre as praias mais bonitas são Cala en Turqueta, Cala Mitjana, Cala Mitjaneta, Cala Cla Macarella, Cala Macarelleta, Cala Presili, Cala Trebalujer, Playa Son Saura, Cala des Talaier, Playa Binimela, Cala Pregonda, Cala Algariens, Cala Morell, Son Sauracon e Playa Son Bou.

Em 1993 Minorca foi declarada pela UNESCO uma Reserva de Biosfera. Lagoas existem por toda a ilha, incluindo nas zonas húmidas do litoral. Encontramos o Parque Natural de la Albufera de Es Grau, que é um refúgio para as aves migratórias, os peixes e os répteis. As zonas húmidas Addaia, Son Saura e Son Bou existem ao lado de 8 sistemas dunares, sete deles no litoral norte: Tratam-se de a Albufera de Es Grau, Son Saura, Tirant, Cavalaria, Pregonda, Cala Pilar e La Vall. Além disso há um na costa sul: Son Bou. Outros atrações naturais são os canyons, as cavernas submarinas e as cavernas do interior.

Texto português corrigido por Dietrich Köster.

banner
Close
Inscreva-se no nosso canal YOUTUBE
Se você gosta de viajar, inscreva-se no nosso canal de viagens YOU TUBE: