Home / América Central e Caribe / Bahamas / Long Island: a ilha mais cênica das Bahamas

Long Island: a ilha mais cênica das Bahamas

Conhecida como uma das mais belas ilhas do arquipélago, Long Island está localizada no sudeste das Bahamas. O Trópico de Câncer passa diretamente pelo norte da ilha. A ilha tem um comprimento de 130 km e 6 km de largura em seu ponto mais largo com um total de 596 km quadrados. Cristóvão Colombo desembarcou lá em meados de outubro de 1492 durante a sua primeira viagem e aqui no extremo norte da ilha existe um monumento dedicado ao explorador de Génova e aos habitantes originais da ilha de Lucayan. Parece, que nesta ilha ele efetuou o seu terceiro desembarque da América depois das ilhas de San Salvador e Rum Cay. Columbo nomeou a ilha “Fernandina”, enquanto os habitantes originais – os índios Lucayan – chamavam-se “Yuma”. Columbus Point é o segundo ponto mais alto das Bahamas – o ponto mais alto do arquipélago é Mount Alvernia em Cat Island, que chega a 63 metros de altura – e na parte superior do monumento pode desfrutar duma vista espectacular sobre as falésias rochosas e sobre os bancos de areia branca, que misturam-se com o mar azul claro. Basta um pouco de imaginação para ver na baía debaixo do monumento as três caravelas de Colombo …. a partir de então deve ser mudado pouco …

Long Island é caracterizada por uma costa muito diferente: Ao longo da costa leste – a costa para o oceano Atlântico – existem grutas e falésias impressionantes, onde quebram as ondas do Oceano Atlântico. Na costa oeste – a costa para o Mar do Caribe – há praias tranquilas de areia branca e fina, protegidas por recifes de coral. A ilha é um paraíso para os mergulhadores e pescadores. A costa oeste é mais tranquila e aqui os visitantes encontrarão as praias de areia branca e fina, que deslizam gradativamente nas belas águas azul-turquesas do Mar do Caribe. Entre as praias mais bonitas é a do Cape Santa Maria, uma longa faixa de 4 km de areia branca e mar cristalino, localizada no lado do Mar do Caribe no extremo norte da ilha, onde fica a Cape Santa Maria Beach Resort. Em Long Island há também o Dean’s Blue Hole, um dos buracos mais espetaculares e o mais profundo buraco marinho do mundo. Ele cai para 202 metros numa baía ao longo da costa sudeste da ilha e tem um diámetro, que varia entre 25 e 30 metros.

Vista do Monumento de Colombo, Long Island, Bahamas. Autor e copyright Marco Ramerini.

Vista do Monumento de Colombo, Long Island, Bahamas. Autor e copyright Marco Ramerini.

Hamilton’s Cave é uma das maiores cavernas das Bahamas. Este antigo sistema de cavernas tem 15 metros de largura e um teto alto em alguns lugares de mais de 3 metros. Artefatos e desenhos rupestres da tribo indígena dos Lucayan, que viveram nesta caverna há 500 anos, foram descobertos em 1936.

A população da ilha é composta de três mil habitantes – quase todos de origem africana – , que vivem em pequenos povoados. Entre eles há o de Deadman’s Cay, que está no centro da ilha, sendo o mais populoso. No norte são as aldeias de Stella Maris, onde há um dos dois aeroportos da ilha, Glintons Settlement, Burnt Ground Settlement e Simm’s Settlement, onde é o pequeno porto, onde as balsas chegam. Para o sul do Deadman’s Cay fica o porto de Clarence Town, que tem vista ao longo da costa leste. Uma característica arquitectónica de Clarence Town são as Igrejas Gêmeas: Duas igrejas semelhantes construídas no início do século XX pelo Padre Jerôme Hawes. A primeira igreja – a Igreja de São Paulo (St. Paul’s Church) – foi construída, quando ele era anglicano, enquanto a Igreja de São Pedro e São Paulo (St. Peter’s & St. Paul’s Church) foi construída por ele depois da sua conversão para o catolicismo.

A vegetação do interior da ilha, Long Island, Bahamas. Autor e copyright Marco Ramerini

A vegetação do interior da ilha, Long Island, Bahamas. Autor e copyright Marco Ramerini

Entre Deadman’s Cay e Clarence Town encontra-se o pequeno povoado de Buckleys, onde pode visitar o museu interessante, dedicado à história e à cultura de Long Island e das Bahamas. No museu uma visão sobre as tradições do povo de Long Island. está representada. Aqui pode ver a vida da população de Long Island a partir dos tempos pré-colombianos até o presente. O edifício do museu abriga também a biblioteca e o Centro Comunitário (Community Centre).

A ilha é atravessada do norte ao sul por uma estrada principal, que vai de Cabo Santa Maria no extremo norte de Long Island para a vila de Gordon no extremo sul. Entre as aldeias de Stella Maris, Deadman’s Cay e Clarence Town existe um serviço de táxi. Em Long Island pode optar por alugar um carro ou um scooter para ver a ilha. Alguns hotéis têm bicicletas disponíveis para os seus hóspedes e é possível e agradável um passeio a pé para trechos mais curtos.

O mercado semanal na ilha – o Mercado do Agricultor (Farmer’s Market) – acontece todos os sábados de manhã entre as 9h e as 12h na aldeia de Salt Pond no centro da ilha. Aqui são vendidos os produtos da ilha, incluindo frutas, legumes e plantas nativas das Bahamas. Entre outros produtos para venda há produtos das Bahamas autênticos, incluindo jóias, artesanato, pinturas e sacos de palha.

A economia da ilha é baseada na pesca, no turismo e na agricultura. A agricultura é geralmente de subsistência, que cresce ervilhas, milho e bananas. Os habitantes criam pequenos animais como porcos, galinhas, cabras e ovelhas.

O avião que liga o aeroporto de Stella Maris com Nassau. Long Island, Bahamas. Autor e Copyright Marco Ramerini

O avião que liga o aeroporto de Stella Maris com Nassau. Long Island, Bahamas. Autor e Copyright Marco Ramerini

COMO CHEGAR A LONG ISLAND: Long Island é servida por dois aeroportos – Deadman’s Cay Airport (IATA: LGI) e Stella Maris Airport (IATA: SML) – ambos ligados por voos regulares para o aeroporto de Nassau-Lynden Pindling International Airport (IATA: NAS). As companhias aéreas, que ligam a ilha com Nassau são a Bahamasair, a Pineapple Air e a Southern Air Charter.

Long island está ligada por duas ligações por semana com a capital das Bahamas, Nassau, e com George Town na ilha de Exuma por balsas do Bahamas Ferry Service, que faz escala no porto de Simm’s Settlement em Long Island. O tempo para a viagem de Nassau para Long Island é de 14 horas, incluindo a paragem em George Town na ilha de Exuma, enquanto o tempo da travessia entre Long Island e Exuma é de 4 horas. Há também dois barcos postais, que ligam a ilha com algumas ilhas vizinhas.

Texto português corrigido por Dietrich Köster.

banner
Close
Inscreva-se no nosso canal YOUTUBE
Se você gosta de viajar, inscreva-se no nosso canal de viagens YOU TUBE: