Home / América do Sul / Brasil / Rio Grande do Sul: lagoas, cânions e imigração européia

Rio Grande do Sul: lagoas, cânions e imigração européia

O Estado do Rio Grande do Sul é o Estado mais meridional do Brasil. A leste tem uma longa costa banhada pelo Oceano Atlântico, enquanto a sul faz fronteira com o Uruguai, para o oeste com a Argentina, ao norte invés é o Estado brasileiro de Santa Catarina. A fronteira com a Argentina e uma parte da fronteira com o Estado de Santa Catarina é marcada pelo rio Uruguai.

A parte norte do Estado é composta por um planalto, que é uma continuação das terras altas do sul do Brasil (Planalto Meridional). A sua altura é entre 600 e 900 metros. No nordeste é o ponto mais alto do Estado: o Pico do Monte Negro com 1.398 metros, que faz parte das montanhas da Serra Geral.

No centro o Rio Grande do Sul é atravessado por uma grande depressão, a Depressão Central, que é caracterizada por um terreno plano levemente ondulado. Esta é a região mais densamente povoada. Perto da costa fica a cidade de Porto Alegre.

Ao longo da costa baixa e arenosa do Oceano Atlântico existem áreas planas. Aqui foram formadas numerosas lagoas de água salgada e de água doce. Os maiores são a Lagoa dos Patos, a Lagoa Mirim e a Lagoa da Mangueira.

O Rio Grande do Sul é um dos Estados mais ricos do Brasil. Os setores líderes de sua economia são a agricultura, a pecuária e a indústria. Particularmente relevantes são os setores agro-alimentar, de engenharia e de alta tecnologia. O centro principal e a capital do Estado é Porto Alegre.

Texto português corrigido por Dietrich Köster. 

TURISMO

O turismo estadual é direcionado no verão para as famosas praias do litoral norte. Em particular nas cidades de Capão da Canoa, Tramandaí e Torres. As melhores adegas do Brasil podem ser visitadas na área conhecida como “Pequena Itália”, onde estão localizadas as cidades de Caxias do Sul, Bento Gonçalves e Garibaldi. Uma das maravilhas naturais da região é o Salto do Yucumã, uma cachoeira lateral com quase 2 km de comprimento e um salto de 20 metros de altura. As cachoeiras estão localizadas ao longo do rio Uruguai, na fronteira com a Argentina.

Os parques nacionais da região são excelentes para caminhadas, trekking e rafting. No Parque Nacional Serra Geral, vale a pena visitar o imponente cânion de Fortaleza. Um canyon de 7,5 km de comprimento e 1500 metros de largura. Enquanto a principal atração do Parque Nacional Aparados da Serra, é o Cânion do Itaimbezinho, com 6 km de comprimento e paredes com até 720 metros de altura. No Rio Grande do Sul também existem destinos históricos interessantes, como as ruínas da missão jesuíta de São Miguel das Missões.

  • Área: 281.748 km²
  • População: 10.693.929 (situação em 2010): brancos 82,3%, pardos 11,4%, pretos 5,9%, amarelos e indígenas 0,4%
  • Capital: Porto Alegre
  • Fuso horário: UTC-3, no verão UTC-2

banner
Close
Inscreva-se no nosso canal YOUTUBE
Se você gosta de viajar, inscreva-se no nosso canal de viagens YOU TUBE: