Home / África / Etiópia / Etiópia: das montanhas do Vale da Grande Fenda ao Deserto de Danakil
Lalibela, Etiópia. Autor A. Davey. Licensed under the Creative Commons Attribution
Lalibela, Etiópia. Autor A. Davey

Etiópia: das montanhas do Vale da Grande Fenda ao Deserto de Danakil

Etiópia (República Democrática Federal da Etiópia) é uma república na África Oriental, que após a independência da Eritreia não tem mais um acesso ao mar. O país é limitado a oeste pelo Sudão, a norte pela Eritreia, a leste por Djibouti e a Somália, a sul pela Somália, pelo Quênia e o Sudão do Sul. A principal cidade e capital do país é Adis Abeba, uma cidade com mais de 3 milhões de habitantes.

A Etiópia tem um território geograficamente muito variado e é atravessada pelo Vale da Grande Fenda, que divide o país em duas partes: a oeste fica o planalto etíope, um vasto planalto com uma altitude entre 1.300 e 3.000 metros, enquanto para o leste os platôs são reduzidos consideravelmente para as planícies da Somália.

As montanhas mais altas da Etiópia estão localizadas no norte do país: a cadeia de montanhas de Semien. Aqui estão picos de mais de 4.000 metros de altura como o Monte Biuat com 4.437 m, o Abba Yared com 4.460 m e o Ras Dashan com 4.543 m, que é a montanha mais alta da Etiópia. Igualmente no sul do país existem na cadeia das Montanhas Bale montes de mais de 4.000 metros de altura como as montanhas Tullu Demtu com 4.337 m e Batu com 4.307 m.

Mapa da Etiópia

Mapa da Etiópia

A Etiópia é rica em lagos formados devidos a convulsões vulcânicas ao longo do Vale da Grande Fenda. O maior lago do país é o Lago Tana com 3.000-3.500 km², localizado a uma altura de 1.800 metros.

Ao sul de Adis Abeba no sul da Etiópia há outros lagos. Os mais importantes são: Lago Ziway com 485 km², Lago Langano com 230 km², Lago Abijata com 205 km², Lago Shala com 329 km², Lago Awasa com 129 km², Lago Abaya ou Lago Margherita com 1.162 km², Lago Koka com 250 km², Lago Chamo com 551 km² e finalmente está em território etíope uma pequena parte do Lago Turkana com 6.405 km² na fronteira com o Quênia.

Há muitos rios, que cortam o planalto da Etiópia, incluindo o Nilo Azul, que flui para fora do lago Tana, o rio Tacazze, o rio Atbara e o rio Omo.

A economia etíope é pobre e atrasada. Os setores mais importantes são os de gado (bovinos, ovinos e caprinos) e a agricultura, que produz café, algodão, amendoim, milho, tabaco e cana-de-açúcar. Os recursos subterrâneos são escassos e pouco conhecidos e a indústria, que é limitada a apenas alguns locais na capital, consiste principalmente das indústrias têxtil e de alimentos.

Texto português corrigido por Dietrich Köster.

  • Área total: 1.130.139 km²: Área arável 10%, prados e pastagens 18%, florestas e arbustos 12%, terra inculta e improdutiva 60%
  • População: 91.195.000 (censo de 2012) Oromo ou Galla 34%, Amhara 27%, Tigray 6%, Somali 6%, Sidama 4%.
  • Capital: Adis Abeba.
  • Língua oficial: A língua oficial é o Amárico. São faladas as línguas Oromo e Tigrina.
  • Religião: cristãos 63%: cristãos ortodoxos 43%, protestantes 19% e católicos 1%, ao lado de muçulmanos 34% e crenças tradicionais 2%
  • Moeda: Birr Etíope (ETB)
  • Fuso horário: UTC+3.
banner
Siga-nos no Facebook
Mantenha-se informado sobre Guia Viagem