Home / Ásia / Vietname (Vietnã) / A Baía de Ha Long: a maravilha natural do Vietname

A Baía de Ha Long: a maravilha natural do Vietname

Por causa da beleza da Baía de Ha Long ela faz parte do património mundial da UNESCO desde 1994 e em 2012 a Wonders Foundation nomeou a Baía de Ha Long uma das sete maravilhas naturais novas do mundo. Todos esses elógios são merecidos, porque a Baía encerra sugestões equilibradas, vistas e paisagens fascinantes, que têm o sabor doutros mundos ou que parecem brotar a imaginação dum ilustrador de fantasia.

O nome deste lugar, que parece suspenso no tempo, tem suas raízes etimológicas na antiga lenda. Parece que na Baía teve lugar uma batalha sangrenta entre homens e dragões. Estes dragões cuspiram da boca jade e outras pedras preciosas, que formaram as ilhas da lagoa. O maior dragão caiu na água, dando vida à Baía. Isto explica as cores fabulosas sobre o mar e o nome do lugar: Ha Long significa Baía do dragão.

A Baía de Ha Long está localizada no Golfo de Tonquim e faz parte da província de Quang Ninh. Fica a 164 km de Hanói e consiste de três mil ilhotas de calcário, que surgem da água do mar subindo para o céu. O cenário é particularmente fascinante, especialmente durante as primeiras horas da manhã, quando uma névoa fina dá uma aparência lânguida e melancólica à Baía.

O melhor meio de transporte para visitar este lugar é com um junco, um barco típico local, ou com o caiaque. Ao longo do curso d’água há um verde brilhante e ao longo das falésias calcárias espetaculares, que guardam cavernas cársticas, recebe uma experiência impressionante. As ilhotas foram usinadas a partir dos elementos e assumiram no tempo formas de extraordinária beleza. A vegetação, que as cobre, é exuberante. As plantas verdes refletem-se no mar, contrastando com o céu azul.

Ao pôr do sol as luzes amolecem dando novos perfis às ilhotas. Através das pilhas pode ver os sampans, barcos de madeira típicos, que retornam à costa. A Baía engloba mais de 160 km de costa, onde as praias de areia branca oferecem uma típica aparência exótica, alternando com ravinas. Tudo pode descobrir de barco. A maior ilha é Cat ba. Mais da metade do seu território faz parte do Parque Nacional Cát Bà, onde são protegidas várias espécies de animais, incluindo os macacos e mais de 70 variedades de pássaros. A ilha é um excelente ponto de partida para cruzeiros na lagoa.

As cavernas cársticas, encontradas nas diversas ilhas, valem a pena duma visita. Entre estas a caverna Thien Cung atrai sempre um grande número de turistas. Localizada na ilha Dau Go a 25 metros acima do nível do mar, oferece um espetáculo duma beleza rara. Naturalmente existem lendas sobre este lugar, que está cheio de charme e sugestões. Águas ricas em vida marinha e as paisagens subaquáticas exóticas de valor natural são uma atração da baía.

A ilhota piccola Dau Nguoi dá uma reminiscência duma cabeça humana gigante singular, que parece emergir das águas sonolentos. O melhor momento para admirar este espetáculo natural é durante o pôr do sol, quando o sol dá destaques vermelhos na ilhota e na água. Também vale a pena de ver as aldeias de pescadores típicas, testemunhos da cultura e das tradições locais.

Texto português corrigido por Dietrich Köster.

banner
Close
Inscreva-se no nosso canal YOUTUBE
Se você gosta de viajar, inscreva-se no nosso canal de viagens YOU TUBE: