Home / Europa / Espanha / Costa Brava: a costa selvagem da Catalunha
Tossa de Mar, Costa Brava, Catalunha, Espanha. Author Gordito 1869. Licensed under the Creative Commons Attribution
Tossa de Mar, Costa Brava, Catalunha, Espanha. Author Gordito 1869

Costa Brava: a costa selvagem da Catalunha

A Costa Brava é uma área turística costeira popular e de praia da Espanha, quer dizer em Catalunha, que estende-se por mais de 200 km ao norte de Barcelona da vila de Blanes até à fronteira com a França. A Costa Brava é praticamente a costa da província de Gerona/Girona, onde existem as últimas ramificações dos Pirenéus, que descem para o mar.

Formada por uma costa alta e rochosa, há também belas praias. Mas a particularidade deste trecho de costa é a aparência selvagem e pitoresca, feita de rochas e vegetação em contraste com o azul do mar. O significado do nome da Costa Brava é a Costa Selvagem. Isso é devido às falésias escarpadas e selvagens, que a caracterizam e muitas vezes intercaladas com pequenas baías e praias, algumas das quais são acessíveis por terra através de trilhas e outras apenas pelo mar.

No norte da Costa Brava encontra-se a fronteira de Portbou e mais ao sul perto da estância balnear de Llansá com uma bela praia pode visitar o Mosteiro de San Pedro de Roda, um edifício no estilo românico, que remonta ao século XI, situado num local maravilhoso com vista para os Pirinéus e o mar. A partir deste ponto começa a península de Cap de Creus, rica em ravinas, enseadas e falésias. Ao longo desta península está a bela vila turística de Cadaques, outrora frequentada por artistas, atores e escritores.

Platja de Blanes, Girona, Costa Brava, Catalunha, Espanha. Author Jacob Garcia. Licensed under the Creative Commons Attribution

Platja de Blanes, Girona, Costa Brava, Catalunha, Espanha. Author Jacob Garcia

Para o sul do Cabo de Creus abre o vasto golfo de Rosas com a vila do mesmo nome Rosas/Roses, onde existem as ruínas duma fortaleza do século XVII. Esta área é a área de pântanos dos Humedales del Ampurdán, que é a maior zona húmida da Catalunha depois do Delta do Ebro. Para a proteção desta área natural, fornecendo abrigo às aves migratórias e outros animais, foi formado o Parque Natural de las Marismas del Ampurdán. Na área do parque fica a vila histórica de Castellón de Ampurias/Castelló d’Empúries com a sua bela igreja gótica de Santa Maria (Iglesia de Santa María).

No extremo sul do Golfo de Rosas é o importante sítio arqueológico de Ampurias/Empúries, fundado pelos gregos em 575 a.C. Foi mais tarde uma vila romana importante, vivenciando o auge entre o primeiro e o segundo século d.C. A zona arqueológica de hoje mostra três assentamentos diferentes: Palaiápolis, o antigo assentamento grego, Neapolis, o novo assentamento grego e a vila romana.

Mosteiro de Sant Pere de Rodes, Costa Brava, Catalunha, Espanha. Author Gabriele Delhey. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike

Mosteiro de Sant Pere de Rodes, Costa Brava, Catalunha, Espanha. Author Gabriele Delhey

Ao longo da costa existem vários centros de lazer e balneários como Estartit/L’Estartit, situado em frente ao arquipélago das ilhas Medas e assentamentos, que mantêm em parte o seu antigo aspecto de aldeia piscatória como Calella de Palafrugell, localizado perto do Cap Roig, onde há um jardim botânico interessante: o Jardim Botânico de Cap Roig. A cidade de Begur é interessante tanto do ponto de vista da história, quanto por as suas praias, que são algumas das mais belas praias da Costa Brava, tais como as de Aiguafreda, Aiguablava, Sa Riera, Sa Tuna, Platja Fonda e Fornells.

A parte sul da Costa Brava é uma sucessão de balneários como Palamos, Playa de Aro, S’Agaró e Sant Feliu de Guixols, uma importante estância balnear com um belo mosteiro, quer dizer o Monastério de San Feliu de Guixols, fundado no décimo século, cujo mais notável edifício é a igreja gótica do século XIII. Mais ao sul ficam os famosos balneários de Tossa de Mar, Lloret de Mar e Blanes.

Tossa de Mar, Costa Brava, Catalunha, Espanha. Author Gabriele Delhey. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike

Tossa de Mar, Costa Brava, Catalunha, Espanha. Author Gabriele Delhey

A Costa Brava é rica em áreas naturais protegidas como o Parque Natural de Cabo de Creus, que é o ponto mais oriental da Península Ibérica, o Parque Natural de los Aiguamolls de l’Empordà e as reservas marinhas das Ilhas Medas e de Ses Negres.

As mais famosas estâncias de férias da Costa Brava são: Blanes, Tossa de Mar e Lloret de Mar, famosas pela sua vitalidade e a vida noturna. Mas a Costa Brava há inúmeras vilas para explorar ao longo da costa, entre estes a partir do norte para o sul encontramos: Portbou, Llança, Cadaqués, Roses, Begur, Fornells, Tamariu, Llafranc, Calella de Palafrugell, Palamós e Sant Feliu de Guixols.

COMO CHEGAR: Para chegar à Costa Brava, os aeroportos mais próximos são os de Gerona/Costa Brava e Barcelona.

Texto português corrigido por Dietrich Köster. 

banner
Siga-nos no Facebook
Mantenha-se informado sobre Guia Viagem