Home / África / Maurício (Maurícia) / Maurício atrações turísticas: que ver na ilha de Maurício

Maurício atrações turísticas: que ver na ilha de Maurício

A ilha de Maurício é um paraíso tropical conhecida por seu mar e suas praias. Mas Maurício oferece aos turistas muito mais: sua população rica em línguas, culturas e religiões, que vive junta pacificamente durante séculos, que é um dos aspectos mais bonitos do país.

A natureza mostra-se próspera e rica em beleza com picos de montanhas característicos e plantações de chá no sul da ilha e imensas plantações de cana-de-açúcar, que cobrem o resto do ilha. Alguns lagos vulcânicos, cachoeiras, desfiladeiros de rios, jardins botânicos e interessantes vestígios históricos são outros aspectos, que fazem uma visita à ilha de Maurício não apenas férias na praia, mas permite descobrir os muitos aspectos interessantes da ilha.

A parte sul da ilha de Maurício é a parte mais bonita da ilha. Aqui há cachoeiras, montanhas, plantações de chá, desfiladeiros e belas praias.

Rochester Falls: As quedas de Rochester podem ser alcançadas por uma estrada, que atravessa uma plantação de cana de açúcar, que está aberta aos visitantes. A água do rio Savanne cai duma altura de 10 metros entre formações rochosas espetaculares de lava, onde a erosão constante tem modelado a rocha de basalto na forma de colunas verticais.

Gris Gris Souillac: Souillac é uma estância balnear na acidentada costa sul. O ponto de interesse de Souillac reside na sua paisagem. Aqui altas falésias caem abruptamente para o mar e o vento sopra do Oceano Índico durante todo o ano. No extremo sul do país fica Gris-Gris, um mirante sobre as falésias.

Plantações de chá: as plantações de chá cobrem hoje uma área de 760 hectares. O chá é produzido principalmente para o consumo local e muito pouco é exportado. A planta do chá foi introduzida no Maurício em 1760 pelo pai francês Galloys e a partir de 1770 Pierre Poivre começou a cultivar o chá intensivamente.

Black River Gorges: As Gargantas do Rio Preto (Black River Gorges) são espectaculares falésias, que são visíveis a partir de três pontos turísticos localizados em Plaine Champagne. A partir daqui pode ver os picos das montanhas de Rempart e de Corps de Garde.

Chamarel Falls: Formadas pelo rio St. Denis as cachoeiras de Chamarel têm uma altura de 83 metros. Elas são cercadas pela vegetação exuberante das montanhas do Black River.

Terras coloridas de Chamarel: As terras coloridas de Chamarel são devidas à erosão do intemperismo, que puseram em evidência o solo abaixo. A superfície da terra tem as cores de azul, verde, vermelho e amarelo. O nascer do sol é o melhor momento para ver as terras coloridas.

Parque das Aves de Casela (Casela Bird Park): Casela Bird Park é um parque com mais de 10 hectares contendo mais de 140 espécies de aves com um total de 2.500 aves.

Île aux Cerfs: A Ilha dos Cervos (Île aux Cerfs) está localizada ao longo da costa leste da ilha de Maurício e é conhecida por suas belas praias de areia de coral. A ilha não é grande e em 3 horas pode ir em torno da ilha a pé. A ilha pode ser alcançada em 20 minutos de barco e há serviços regulares cada meia hora.

Jardim Botânico de Pamplemousses: Trata-se do mais importante jardim botânico em Maurício. Foi fundado no século XVIII, sendo o lar de milhares de espécies de plantas nativas e exóticas, incluindo a Victoria Regia, lírios de água e muitas espécies de palmeiras.

Port Louis: Port Louis é a capital e o porto principal de Maurício. A cidade foi fundada pelo governador francês Mahé de La Bourdonnais em 1735.

Texto português corrigido por Dietrich Köster. 

banner
Close
Inscreva-se no nosso canal YOUTUBE
Se você gosta de viajar, inscreva-se no nosso canal de viagens YOU TUBE: