Home / Europa / Espanha / Aragão: paisagens de montanha e arte medieval
Monte Perdido, Parque nacional de Ordesa y Monte Perdido, Aragão, Espanha. Author Patrick Rouzet. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike
Monte Perdido, Parque nacional de Ordesa y Monte Perdido, Aragão, Espanha. Author Patrick Rouzet

Aragão: paisagens de montanha e arte medieval

Aragão é um antigo reino independente da Península Ibérica, que em 1479 pelo casamento foi unido à coroa de Castela. A região, uma das menos densamente povoadas da Espanha, limitada a norte pela França, enquanto que no leste faz fronteira com a Catalunha, ao sul com a Comunidade Valenciana e Castela-La Mancha e finalmente a oeste pela Castela-Leão, La Rioja e a Navarra. Aragão, que tem por capital Saragoça, é formada pelas três províncias de Huesca, Teruel e Saragoça.

O território de Aragão, em grande parte montanhoso, pode ser dividido do ponto de vista geográfico em três áreas principais: A) A área central plana e fértil junto ao rio Ebro. B) A zona norte é caracterizada pela cadeia dos Pirenéus com uma paisagem natural espetacular feito de altos picos, cânions, cachoeiras e florestas. Aqui fica a montanha mais alta dos Pirenéus de Aragão. É o Pico de Aneto com 3.404 metros ao lado de vários outros picos com mais de três mil metros de altura como o Monte Perdido com 3.355 metros e o Monte Perdiguero com 3.221 metros. C) A zona sul ao sul do vale do Ebro, onde sobem os picos do Sistema Ibérico, que atingem a sua altura máxima pelo Moncayo com 2.314 metros.

Castillo de Loarre, Aragão, Espanha. Author Bruno A. Crespo Garcia. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike

Castillo de Loarre, Aragão, Espanha. Author Bruno A. Crespo Garcia

A economia aragonesa desenvolveu-se bastante nos últimos anos. No que diz respeito à agricultura no vale do Ebro há o cultivo de árvores de fruta, oliveiras, vinhas e beterraba. A pecuária é importante. A principal área industrial é localizada em torno de Saragoça. O turismo é também uma actividade importante favorecendo o desenvolvimento da região.

Importantes são as atracções turísticas. Existe um tesouro rico em monumentos, que lembram a ocupação árabe da Península Ibérica como o Palácio de la Aljafería em Saragoça e a reconquista subsequente com valiosos monumentos românicos como a Catedral de Jaca, o castelo de Loarre, o mosteiro de San Juan de la Peña e as igrejas de Sos, Uncastillo e Huesca e os de estilo gótico como a Catedral de Huesca e de estilo mudéjar com uma mistura de gótico e muçulmano em Teruel, Tauste, Calatayud, Torralba e Saragoça. Finalmente vale a pena de visitar as aldeias e cidades medievais como Alquézar, Albarracin, Tarazona, Huesca, Daroca e Sádaba.

Circo de Soaso, Parque nacional de Ordesa y Monte Perdido, Aragão, Espanha. Author Diacritica. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike

Circo de Soaso, Parque nacional de Ordesa y Monte Perdido, Aragão, Espanha. Author Diacritica

Também merecem destaque os atrativos naturais da região ricos em ambientes naturais intocados como as montanhas dos Pirenéus com seus picos, geleiras, vales e florestas. Entre eles existem o Parque Nacional de Ordesa e o Monte Perdido nos Pirinéus, um paraíso para os amantes de caminhadas e da natureza. Existem três parques nacionais: Posets-Maladeta, Sierra y Cañones de Guara e Moncayo.

Em Aragão há 4 locais declarados Património da Humanidade pela UNESCO: a arquitetura Mudéjar de Aragão, que inclui as igrejas de Teruel como a Catedral de Santa María de Mediavilla, as igrejas de San Pedro, San Martín e Salvador, Calatayud com a igreja de Santa María, Cervera de la Cañada com a igreja de Santa Tecla, Tobed com a igreja de Santa María e três monumentos de Saragoça (Palácio de la Aljafería, igreja de San Pablo e a catedral de La Seo), o Parque Nacional de Ordesa e o Monte Perdido, o Caminho de Santiago, que é a rota de peregrinação a Santiago de Compostela com vários locais em diferentes regiões da Espanha, a arte pré-histórica da Bacia do Mediterrâneo na Península Ibérica com inúmeros sítios em diferentes regiões da Espanha.

Texto português corrigido por Dietrich Köster. 

Aragão

Aragão

ARAGÃO

  • Área: 47.719 km²
  • População: 1.326.000 (censo de 2008)
  • Capital: Zaragoza/Saragoça
banner
Siga-nos no Facebook
Mantenha-se informado sobre Guia Viagem