Home / América do Sul / Equador / Equador: Andes, vulcões e natureza

Equador: Andes, vulcões e natureza

Equador (República del Ecuador/República do Equador) é uma república presidencial localizada ao longo do equador no noroeste da costa da América do Sul. É banhado a oeste pelo Oceano Pacífico, é limitado a norte pela Colômbia e a leste e a sul pelo Perú. O arquipélago de Galápagos no Oceano Pacífico faz parte do Estado. Equador é um país de vulcões, de altos cumes da cadeia andina e das Ilhas Galápagos. Mas seu território é formado também por uma planície costeira com uma largura de 150 km com vista para o Oceano Pacífico.Nesta área ao longo do rio Guayas fica a mais populosa cidade e o maior porto e centro comercial do país: Guayaquil com 3.200.000 habitantes.

Além do litoral sobe a majestosa Cordilheira dos Andes, que estende-se de norte a sul por mais de 600 km, dividida em duas cadeias paralelas por uma depressão com uma altura média de 2.500 metros. A capital do país, Quito, está localizada nesta área a uma altura de 2.850 metros no sopé do vulcão Pichincha com 4.784 metros, que é parte da Cordilheira Ocidental. Esta cadeia montanhosa tem o pico mais alto do país: o Chimborazo com 6.268 metros. Um outro grande vulcão nesta parte da Cordilheira é o Illiniza com 5.248 metros.

A cadeia montanhosa oriental é formada pela majestosa Cordilheira Real, cheia de altas montanhas.  Algumas vulcões são ainda activos como o Cotopaxi com 5.897 metros, o Cayambe com 5.790 metros, o Antisana com 5.704 metros, o Sangay com 5.230 m e o Tungurahua com 5.023 metros. Para o leste da Cordilheira dos Andes encontra-se a parte equatoriana da Amazônia, uma área selvagem, rica em florestas e escassamente povoada. É a maior área do país. Há dois rios no país, que fluem em direção do Oceano Pacífico: as Esmeraldas e a Guayas. Outros rios fazem parte da bacia do Amazonas: o Napo, o Pastaza, o Tigre e o Putumayo, que marca um trecho da fronteira com a Colômbia.

A agricultura é o sector mais importante da economia, mas é realizada com técnicas ultrapassadas. É ainda uma área subdesenvolvida e só ao longo da costa existe uma atividade rentável. Aqui há produtos como cacau – o maior produtor depois do Brasil – , bananas – um dos maiores produtores do mundo – , café, cana-de-açúcar, algodão, tabaco, frutas como manga, ananás, laranjas, tangerinas, limões, toranjas, coco e mamão, além disso a tagua, que é um tipo de palmeira. Para o mercado doméstico cultivam-se cevada, milho, trigo, arroz, mandioca, batatas, tomates, amendoim e soja.

Ricos são os recursos do subsolo. O mais importante é sem dúvida o petróleo, de que o país tem importantes jazidas. O país extrai gás natural e ouro. Existem numerosas refinarias de petróleo. Notável é a riqueza das florestas do qual é obtido madeira – Equador é o maior produtor mundial de madeira balsa – e borracha. A pesca do camarão, da lagosta e do atum é importante. Existe a criação de bovinos, ovinos, suínos e lhamas. A indústria está desenvolvendo-se nos sectores têxtil, alimentos e tabaco. As atrações turísticas são boas. Vale a pena de mencionar em primeiro lugar as Ilhas Galápagos, que são um importante paraíso natural.

Texto português corrigido por Dietrich Köster. 

  • Superfície: 272.045 km²: área arável 10,7%, prados e pastagens 18%, florestas e arbustos 55%, terras incultas e improdutivas 16,3%
  • População: 13.800.000 (situação em 2007)ameríndios (quechua) 40%, mestiços (descendentes de europeus e ameríndios) 40%, europeus 15%, africanos e mulatos (descendentes de africanos e europeus 5%
  • Capital: Quito.
  • Língua oficial: A língua oficial é o espanhol. A população indígena fala o quechua.
  • Religião: Católicos 95%, Protestantes 5%.
  • Moeda: Dólar americano (USD)
  • Fuso horário: UTC-5, UTC-6 nas Ilhas de Galápagos.

banner
Close
Inscreva-se no nosso canal YOUTUBE
Se você gosta de viajar, inscreva-se no nosso canal de viagens YOU TUBE: