Home / Viajar com crianças / Em cruzeiro com crianças: A vida a bordo dum navio
Andrea na biblioteca do navio. Autor e Copyright Marco Ramerini
Andrea na biblioteca do navio. Autor e Copyright Marco Ramerini

Em cruzeiro com crianças: A vida a bordo dum navio

A CHEGADA A BORDO: O EMBARQUE

Antes de colocar o pé no navio os passageiros devem embarcar as suas malas e registrar-se com os gestores da companhia de navegação com fotografias. Depois tem lugar a entrega dos passaportes, que serão devolvidos no final do cruzeiro. É emitido a cada passageiro um cartão de plástico, que vai servir para gerir os pagamentos efectuados dentro do navio como o pagamento de excursões, bebidas não incluídas e compras em lojas. Usa-se também para abrir a porta da cabina, onde vai dormir ou para controlar o seu desembarque e embarque cada vez que desce e sobe do barco. O cartão mostra o nome do passageiro e o nome do navio, em que ele é embarcado. Se perdido, será emitido um novo cartão a qualquer momento. Para as crianças há além do cartão um bracelete de plástico conectado e colorido com escrita do nome do navio e um número, que indica a ponte para chegar numa emergência.

O EXERCÍCIO DE SEGURANÇA

Uma vez que está a bordo depois de dar uma olhada na sua cabina e do navio, alguns minutos após o navio vai zarpar. É chamado com os seus filhos a fazer o exercício de emergência. Explique às crianças, que existem regras a serem seguidas, se somos forçados a abandonar o navio numa pressa e para garantir, que tudo acontece pacificamente, devemos seguir regras muito precisas e colocá-lo como um jogo: O capitão vai deixar-nos saber com um alto-falante, que tipo de som será emitido em caso de perigo e vai explicar o que fazer. O objetivo do jogo é vestir um colete salva-vidas, colocado no interior da cabina e encontrar a saída de emergência mais próxima sem correr e observando e seguindo o caminho com os pais.

A CABINA

Os navios possuem vários tipos de cabinas: As externas com a janela e com a varanda e aquelas internas sem qualquer abertura. Se viaja em quatro (dois adultos e duas crianças) e quer economizar sobre o preço do cruzeiro, pode escolher uma cabina interna. Não há uma noção negativa deste tipo de quarto, embora não filtra a luz do sol. O importante é que é confortável para a noite.

Apresentação noite com cobra. Autor e Copyright Marco Ramerini

Apresentação noite com cobra. Autor e Copyright Marco Ramerini

Este tipo de cabina não é grande, mas por dentro não falta nada. É equipada com armários, gavetas e camas confortáveis. Para crianças são montadas camas de beliche, banheiro com chuveiro, detergentes e toalhas, que se necessários são mudadas 2 vezes por dia, roupão de banho, secador de cabelo elétrico e tomadas elétricas para não mencionar, que cada cabina contém os coletes salva-vidas necessários para adultos e crianças.

Uma dica útil a fim de ter ordenada sua cabina? Assim que pode, você vai armazenar a roupa das crianças duma forma ordenada dentro das gavetas e prateleiras disponíveis, após do espaço, que permanecerá, pode tirar vantagem para organizar seu guarda-roupa. Tente colocar a sua mala de modo que não há obstáculo para a passagem. Em geral o lugar ideal para colocá-la é debaixo de sua cama.

Durante o cruzeiro existem companhias de navegação, que colocam mais atenção para as crianças e isso faz tornar mais agradável a sua estadia no navio. Encontramos na cabina todas as noites antes de ir dormir não apenas os chocolates de costume, mas a presença de um animal diferente, criado usando as toalhas felpudas, verdadeiras obras de arte … e as crianças? Elas permaneceram de boca aberta e não só elas!

AS DIVERSÕES

A experiência de cruzeiro para uma criança com idade entre 6 e 8 anos como os nossos será memorável não só para lugares, que será capaz de ver, mas também pela oportunidade de divertir-se graças a áreas especiais e espaços comuns projetados para elas. Convido você para informar-se já antes de sair.

Andrea e Mattia, Punta Arenas, Chile. Autor e Copyright Marco Ramerini

Andrea e Mattia, Punta Arenas, Chile. Autor e Copyright Marco Ramerini

Há piscinas, jacuzzis, lugares especiais, onde pode usar jogos de tabuleiro – especialmente amado por minhas crianças – , quadra de basquete, campo de futebol, ténis e ping pong. Eu lhe asseguro, que é impossível não divertir-se.

Nessa idade pode envolver as mais propensas a participar para apresentações de música e dança, que refletem as tradições do lugar, que está visitando, e ver juntas alguns documentários maravilhosos.

Dentro do navio há geralmente clubes para crianças para várias faixas etárias, aberto de manhã e de noite (mesmo durante excursões), espaços dedicados exclusivamente a elas, onde os animadores terão a tarefa de fazer a sua estadia agradável, organizando jogos de grupo, existem também pode lugares de playstation para crianças mais velhas, envolvendo-os no ensino de trabalhos manuais como preparar bons biscoitos. Mas a experiência mais maravilhosa, que seus filhos serão capazes de fazer é conhecer as crianças da sua idade de diferentes países, que falam línguas diferentes, mas todas com o desejo de divertir-se juntas: Uma grande experiência de aprendizagem nova para uma criança !

Em cruzeiro com crianças: Como planejar um cruzeiro com as crianças.

Em cruzeiro com crianças: A vida a bordo dum navio.

Em cruzeiro com crianças: As excursões.

Em cruzeiro com crianças: O enjoo do mar.

Texto português corrigido por Dietrich Köster.

dealform 336x280
banner
Siga-nos no Facebook
Mantenha-se informado sobre Guia Viagem