Home / África / Senegal / Senegal: terra de fronteira entre o deserto e a floresta tropical
Saint-Louis, Senegal. Autor eutrophication&hypoxia. Licensed under the Creative Commons Attribution
Saint-Louis, Senegal. Autor eutrophication&hypoxia

Senegal: terra de fronteira entre o deserto e a floresta tropical

O Senegal é um país da costa noroeste do continente africano ao longo do Oceano Atlântico. Uma antiga colónia francesa, o Senegal é agora um Estado com uma esmagadora maioria muçulmana (94%) e uma pequena minoria cristã (5%).

Quase a metade da população pertence à etnia Wolof (43%), enquanto o segundo maior grupo étnico é o de Fula (24%). A língua oficial do Senegal é o francês, embora a língua wolof é muitas vezes usada como língua franca, enquanto que em Casamance, que é a parte sul do país, fala-se também um português crioulo.

A cidade mais importante do Senegal é a capital do país, Dakar, localizada no início da península de Cabo Verde. Tem um importante porto no Oceano Atlântico. Entre outras cidades, sempre ao longo da costa, mas no extremo norte fica a cidade de Saint-Louis, uma das cidades mais antigas do Senegal, que foi fundada pelos franceses em meados do século XVII no estuário do rio Senegal. No interior as vilas importantes são Touba, Thies e Kaoloak. Ao sul na Casamança,Ziguinchor é a vila mais importante, que fica na margem sul do rio Casamança.

Mapa do Senegal

Mapa do Senegal

O país foi visitado pelos portugueses no século XV, que na época fundaram algumas estações comerciais ao longo da costa. Em particular estabeleceram-se na ilha de Gorée, localizada em frente à península de Cabo Verde, construindo uma capela e negociando com a população local. A ilha foi posteriormente ocupada pelos neerlandeses, ingleses e franceses, que usavam-a para o comércio de escravos.

Senegal é um país plano. O seu ponto mais alto é um morro localizado na fronteira com a Guiné, que atinge 581 metros de altura. O país é atravessado por numerosos rios: Ao norte o rio Senegal faz fronteira com a Mauritânia, no centro do país fluem os rios Saloum e Siné, enquanto no extremo sul fluem os rios Gâmbia e Casamança. O pequeno Estado da Gâmbia está completamente cercado pelo território do Senegal à exceção de alguns quilómetros de costa ao longo do Oceano Atlântico. Para o sul o país faz fronteira com a Guiné-Bissau, ex-colónia portuguesa, e com a Guiné-Conacri.

A costa do Senegal estende-se por 500 km sobre o Oceano Atlântico. Ao longo da costa fica o ponto mais ocidental do continente africano, a Pointe des Almadies na península de Cabo Verde. A costa é geralmente baixa e arenosa com lagoas, pântanos e vegetação de mangue. Só na península de Cabo Verde há algumas colinas rochosas. A 600 quilómetros a oeste da costa do Senegal está localizado o arquipélago de Cabo Verde.

Geograficamente o país é o ponto de encontro entre a área do deserto do Saara e a área equatorial do Golfo da Guiné. O norte do país é semi-deserto e só ao longo do rio Senegal é praticada uma agricultura próspera. Uma grande parte da área central do Senegal consiste de savana árida e estepe. Ao sul do Cabo Verde a paisagem torna-se mais verde e ao longo da fronteira com a Guiné aparece a floresta equatorial.

A economia do Senegal é essencialmente agrícola. O cultivo mais desenvolvido é o do amendoim, mas no país são cultivadas igualmente arroz, legumes, sorgo e algodão. A pesca e as atividades de pastoreio são importantes para a população. A indústria concentra-se na transformação de produtos agrícolas.

Texto português corrigido por Dietrich Köster. 

  • Área: 196.723 km²: Área arável 12%, prados e pastagens 29%, florestas e arbustos 38%, terra inculta e improdutiva 21%
  • População: 12.855.000 (censo de 2011) Wolof 43%, Fula 24%, Serer 14%.
  • Capital: Dakar.
  • Língua oficial: A língua oficial é o francês.
  • Religião: muçulmana 94%, cristã 5%.
  • Moeda: Franco CFA (XOF).
  • Fuso horário: UTC
banner
Siga-nos no Facebook
Mantenha-se informado sobre Guia Viagem