Home / América Central e Caribe / São Bartolomeu (Saint-Barthélemy) / São Bartolomeu (Saint-Barthélemy): uma antiga colónia sueca nos Caraibas
Gustavia, São Bartolomeu (Saint-Barthélemy). Author Bruce Tuten. Licensed under Creative Commons Attribution
Gustavia, São Bartolomeu (Saint-Barthélemy). Author Bruce Tuten

São Bartolomeu (Saint-Barthélemy): uma antiga colónia sueca nos Caraibas

A ilha de Saint-Barthélemy (Collectivité d’outre-mer de Saint-Barthélemy/Colectividade ultramarina de São Bartolomeu), antiga colónia sueca, é hoje uma colectividade ultramarina francesa. A ilha é localizada nas Pequenas Antilhas entre Saint-Martin/Sint Maarten/São-Martinho no nordoeste e São Cristóvão e Nevis no sul. São Bartolomeu (Saint-Barthélemy) faz parte das Antilhas francesas juntamente com a Martinica, a parte francesa da ilha de Saint-Martin/Sint Maarten/São Martinho e Guadalupe e suas dependências.

A colectividade ultramarina francesa de Saint-Barthélemy é formada da ilha principal de São Bartolomeu (Saint-Barthélemy) com 21 km², onde fica a localidade principal de Gustávia, e de muitos ilheus incluindo île Chevreau, Coco, île Fourchue, île Frégate, La Tortue, île Le Boulanger, Les Grenadins, Pain de Sucre, île Pelé, île Petit Jean. São Bartolomeu (Saint-Barthélemy) é uma ilha vulcânica, que está cercada por um recife de coral perto da costa. O ponto mais alto da ilha de São Bartolomeu (Saint-Barthélemy) é o Morne Vitet com 286 metros. A principal atividade económica da ilha é o turismo, mas a agricultura e a pesca são também praticadas.

Mapa de São Bartolomeu (Saint-Barthélemy)

Mapa de São Bartolomeu (Saint-Barthélemy)

A ilha de São Bartolomeu (Saint-Barthélemy) foi descoberta em 1493 por Cristóvão Colombo durante a sua segunda viagem. Foi apenas em meados do século XVII, quer dizer em 1648, que a ilha foi permanentemente ocupada pelos franceses. Entre 1651 e 1656 a ilha foi governada pelos Cavaleiros de Malta, mas depois foi abandonada. Só em 1659 os franceses voltaram a ocupá-la por causa da importância de seu porto. Em 1784 São Bartolomeu (Saint-Barthélemy) foi cedida pela França à Suécia. Os suecos declararam a ilha um porto livre, fazendo de Saint-Barthélemy um importante centro de comércio nas Antilhas. Por volta de 1787 a localidade principal da ilha, Le Carénage, foi nomeada Gustávia em honra do rei da Suécia. Em 1878 os suecos reentregaram a ilha aos franceses.

Texto português corrigido por Dietrich Köster.

Área: 21 km².
População: 8.450 —– (situação de 2007) – europeus na maioria —–
Capitale: Gustávia.
Língua oficial: A língua oficial é o francês. —– Fala-se um crioulo francês. —–
Religião: —– Católicos romanos —–
Moeda: Euro (EUR)
Fuso horário: UTC–4

banner
Siga-nos no Facebook
Mantenha-se informado sobre Guia Viagem