Home / África / Egito / Cairo: uma das mais antigas cidades islâmicas
Cairo, Egito. Author Asandei Radu. No Copyright
Cairo, Egito. Author Asandei Radu

Cairo: uma das mais antigas cidades islâmicas

Cairo é a capital do Egito e uma das maiores áreas metropolitanas da África com uma população de mais de 17 milhões de habitantes. A cidade está localizada numa área plana ao longo do rio Nilo entre o rio e o deserto ao ponto, onde começa o delta do Nilo. Cairo é uma cidade rica em história: Há vestígios das idades dos faraós, dos gregos, dos romanos, dos primeiros cristãos até o advento do Islã. A cidade está cheia de testemunhos e estilos de vida de muitas eras e civilizações. Cairo mantém ainda a sua atmosfera de cidade animada e cosmopolita com muitas atrações para o turista.

Cairo fica agora no local duma fortaleza romana (Babylon), que remonta à época de Trajano. Mais tarde desenvolveu-se a cidade copta, que foi conquistada pelos árabes em 640. Cairo cresceu durante a ocupação árabe significativamente, atingindo seu auge durante o reinado dos fatímidas (séculos IX-XII), dos reinos sucessivos de Saladino (século XII) e dos mamelucos (séculos. XIII-XVI), quando Cairo foi embelezado com palácios e mesquitas suntuosas. A cidade declinou desde o século XVI com a ocupação turca. Com o controle britânico do Egito a cidade desenvolveu-se consideravelmente, tornando-se com a independência do Egito numa metrópole moderna e rica em contrastes.

Mesquita Mohammed Ali Basha, Cairo, Egito. Author Sibahi. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike

Mesquita Mohammed Ali Basha, Cairo, Egito. Author Sibahi

A cidade abriga o Museu Egípcio mais importante do mundo, cujas principais atrações são os objetos encontrados na tumba do faraó Tutankhamon. A poucos quilómetros do Cairo – no distrito de Gizé – encontram-se as famosas Pirâmides e a Esfinge e não longe do Cairo são as cidades de Heliópolis, Memphis e Saqqara, antigas cidades ricas em vestígios dos faraós.

A arte cristã e a arte islâmica são bem representadas na cidade: a Igreja Suspensa, quer dizer a Igreja Ortodoxa Copta da Virgem Santa Maria, sendo uma das mais antigas igrejas do Egito, a Fortaleza Babylon da época romana, a Cidadela de Saladino, o antigo bazar de Khan el-Khalili, a Mesquita de Amr ibn al-A’as, que é a primeira mesquita construída no Egito, e a universidade al-Azhar. O centro histórico do Cairo é um Patrimônio Mundial da UNESCO.

Texto português corrigido por Dietrich Köster. 

banner
Siga-nos no Facebook
Mantenha-se informado sobre Guia Viagem