Home / África / Namíbia / Namíbia: desertos e parques naturais espectaculares
Kokerboom (Aloe dichotoma), Namíbia. Author and Copyright Marco Ramerini
Kokerboom (Aloe dichotoma), Namíbia. Autor Marco Ramerini

Namíbia: desertos e parques naturais espectaculares

A Namíbia (Republic of Namibia/Republiek van Namibië/Republik Namibia/República da Namíbia)) é uma república presidencial na África Austral, limitada a oeste pelo Oceano Atlântico. Faz fronteira com Angola para o norte, com a Zâmbia e o Zimbábue para o nordeste, a leste por Botswana e a sudeste e sul pela República da África do Sul.

A Namíbia era uma ex-colónia alemã, que foi depois administrada pela África do Sul até 1990. O país tem Windhoek como capital. É um dos estados com a menor densidade populacional do mundo com 2,5 habitantes por km² em 2007.

A costa do Oceano Atlântico que se estende por um comprimento de mais de 1.500 km entre a foz do Cunene no norte e a foz do Orange no sul tem uma planície arenosa formada pelo deserto de Namibe, que se estende para o interior duma profundidade de mais de 100 km.

A região central é formada por uma série de planaltos áridos, dispostos de norte a sul, situados entre 1.000 e 2.000 metros acima do nível do mar, inclinados para a depressão de Etosha ao norte, o semi-deserto de Kalahari no leste, o rio Orange ao sul e o deserto de Namibe e o Oceano Atlântico a oeste. Em alguns lugares o planalto central ultrapassa os 2.000 metros, atingindo a elevação máxima pela Montanha Brandberg com 2.606 metros. É o pico mais alto do país.

A outra região importante do país é formada pelo semi-deserto do Kalahari, localizada no leste ao longo das fronteiras com o Botswana e a África do Sul. Estos planaltos são caracterizados por extensas áreas de areia alternando-se com arbustos. Os principais rios da Namíbia são todos fronteiriços: no sul é o Orange, que marca a fronteira com a África do Sul, no norte ao longo da fronteira com Angola são o Cunene e o Okavango e o Zambeze marca um pequeno trecho da fronteira com a Zâmbia.

Mapa da Namíbia

Mapa da Namíbia

Do ponto de vista económico o país é rico em recursos minerais, especialmente em diamantes. Mas existem também grandes quantidades de urânio, de ouro, de cobre, de estanho, de zinco, de manganês, de cádmio, de chumbo, de vanádio, de prata, de sal e de fosfatos. A criação é de grande importância. Há gado de raça de bovinos, ovinos (ovelhas karakul), caprinos e aves. Outro setor importante é a pesca. A Namíbia ocupa um dos primeiros lugares entre os estados africanos graças ao frio da Corrente de Benguela, tornando as águas do Atlântico ricas em peixe. São pescadas principalmente anchovas, sardinhas e cavalas.

Devido à aridez do clima o país é pouco desenvolvido. Cultiva-se milho, painço, sorgo e trigo. A indústria é pouco desenvolvida. As poucas indústrias existentes são relacionadas à transformação de produtos de mineração, peixes e gado. Doutro lado o turismo é uma fonte de crescimento graças às maravilhosas paisagens desérticas, semi-deserticas e de savana. O eco-turismo é particularmente promovido. Existem muitas áreas protegidas. Os principais parques nacionais incluem o Etosha, o Namib-Naukluft, o Waterberg, o Fish River Canyon e a Costa do Esqueleto (Skeleton Coast).

Texto português corrigido por Dietrich Köster. 

  • Superfície: 825.418 km²: Área arável 0,8%, Prados e Pastagens 46,1%, Florestas e Bosques 12,5%, Terra inculta e improdutiva 40,6%
  • População: 2.000.000 (em 2005): Negros 84% (Ovambo 50%, Kavango 9%, Herero 7%, Damara 7%, Nama 5%, Caprivians/Lozi 4%, Bosquímanos/San) 3%, Himba 2%, Tswana 0,5%), Mulatos 8% (gente de raça mixta, Rehoboth Basters 2%), Brancos 6% (Africânders 2%, Alemães 2%, Britânicos, Portugueses).
  • Capital: Windhoek.
  • Língua oficial: A partir da independência em 1990 a única língua oficial é o inglês. As línguas afrikaans e alemã são faladas em todo o país. A metade dos habitantes fala o oshiwambo. Outros idiomas são: Herero e Nama.
  • Religião: Cristãos 90%: Igreja Luterana 50%, Igreja Católica Romana 17%, Igreja Metodista, Igreja Reformada Neerlandesa, Igreja Anglicana. Além disso Animistas 10%.
  • Moeda: Dólar Namibiano (NAD). O Rand sudafricano (ZAR) é aceite em todo o país.
  • Fuso horário: UTC+1 hora, no verão UTC+2 horas.
dealform 336x280
banner
Siga-nos no Facebook
Mantenha-se informado sobre Guia Viagem