Home / África / Egito / Egito: a civilização mais fascinante da antiguidade
Abu Simbel, Egito. Author MatthiasKabel. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike
Abu Simbel, Egito. Author MatthiasKabel

Egito: a civilização mais fascinante da antiguidade

O Egito (al-Jumhuriya Misr al-‘Arabiya) é uma república no nordeste da África de estilo presidencial, que inclui a Península de Sinai na Ásia. O país é banhado pelo Mar Vermelho a leste e ao norte pelo Mar Mediterrâneo, limitado a nordeste por Israel, ao sul pelo Sudão e a oeste pela Líbia. Berço de uma das primeiras civilizações humanas, a egípcia, desenvolvida entre 3.300 a.C. e 525 a.C., cujos monumentos depois de mais de 4.000 anos impressionam ainda milhões de turistas, que vêm para visitá-los.

O país hoje, como no passado, vê no centro o rio Nilo, onde se estende a área cultivada e habitada, que coincide com o vale do Nilo. O rio, longo de 6.671 km com uma bacia de 2.867.000 quilômetros quadrados é o maior rio do mundo em comprimento e cruza para 1.500 km de sul a norte o Egito. O país é na maior parte formado de deserto. A oeste do vale do Nilo encontra-se o deserto da Líbia, um deserto arenoso, que ocupa quase 60% do país.

Só quando as águas subterrâneas atingem a superfície foram formadas oásis (Siwa, al-Fayyum, Kharijah, Dakhilah, Bahriyah, Farafirah), que quebram a monotonia do deserto. Nesta parte do país é também a Depressão Qattara, que com uma profundidade de 133 metros abaixo do nível do mar é o ponto mais baixo do continente africano. depois do Lago Asal com 155 metros abaixo do nível do mar, localizado no pequeno Estado de Djibuti.

Para o leste do vale do Nilo é o deserto da Arábia, um deserto de montanhas, que atinge 2.000 metros de altura, que se estende entre o rio Nilo e o mar Vermelho, enquanto a sul na fronteira com o Sudão é o deserto da Núbia, formado por dunas e planícies arenosas. Aqui há uma represa enorme, que bloqueia o Nilo, formando o Lago Nasser, o grande reservatório que mede 480 quilômetros de comprimento e 16 km de largura e ocupa 12.900 quilômetros quadrados.

Além do Canal de Suez, construído entre 1859 e 1869, juntando o Mar Mediterrâneo com o Mar Vermelho, encontra-se a península de Sinai, que é parte da Ásia. É principalmente montanhosa e tem o pico mais alto de Egito, o monte Caterina/Gebel Caterina com 2.637 metros.

O país tem renda substancial do turismo, tanto do turismo de arte e cultura a partir dos monumentos da antiga civilização egípcia  (pirâmides, Esfinge, Vale dos Reis), bem como o turismo de férias, atraído pelos centros turísticos (Hurghada, Sharm el Sheikh, Dahab, Naama Bay) e em particular pela beleza subaquática do Mar Vermelho.

Mapa do Egito

Mapa do Egito

A agricultura é o setor líder da economia. As culturas são encontradas ao longo do vale do Nilo e no seu delta. A cultura principal é o algodão, também crescem cereais, cana de açúcar, legumes, frutas cítricas, datas, amendoim. Os recursos subterrâneos são interessantes: petróleo, fosfatos, extração de gás natural, ferro. Entre as indústrias a indústria têxtil é a mais importante. Também são importantes as indústrias do tabaco, do açúcar, dos produtos químicos, do aço e da mecânica.

Texto português corrigido por Dietrich Köster.

  • Superfície: 1.001.449 km²: área arável 3,5%, área inculta e improdutiva 96,5%
  • População: 80.335.000 (situação em 2007)
  • Capital: Cairo.
  • Língua Oficial: A língua oficial é o árabe. O inglês e o francês são usados.
  • Religião: muçulmana 90%, cristã copta 9%, igrejas de outros cristãos 1%
  • Moeda: Libra egípcia (EGP)
  • Fuso horário: UTC+2 horas, verão: UTC+3 horas.
banner
Close
Inscreva-se no nosso canal YOUTUBE
Se você gosta de viajar, inscreva-se no nosso canal de viagens YOU TUBE: