Home / Ásia / Arménia / Arménia atrações turísticas: que ver na Arménia
Ruínas da Catedral Zvartnots, Arménia. Autor Hayk. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike
Ruínas da Catedral Zvartnots, Arménia. Autor Hayk

Arménia atrações turísticas: que ver na Arménia

A Arménia é um país, que tem atrações consideráveis ​​para o viajante, sobretudo os seus muitos antigos mosteiros e igrejas, mas também notáveis ​​são as belezas cênicas do país ​​são notáveis.

A UNESCO tem incluído três locais arménios nos Sítios do Patrimônio Mundial: os mosteiros de Haghpat e Sanahin (desde 1996 e 2000), a Sé e as igrejas de Echmiadzin e o sítio arqueológico de Zvartnots (desde 2000), o Mosteiro de Geghard e o Alto Vale de Azat (desde 2000).

Os Mosteiros de Haghpat e Sanahin (desde 1996 e 2000): são dois mosteiros bizantinos localizados na região de Tumanian no norte da Arménia. Eles eram importantes centros de aprendizagem durante a dinastia Kiurikian (séculos X-XIII). Estes dois mosteiros representam o nível mais alto alcançado da arquitetura religiosa arménia, cujo estilo único é uma mistura de elementos bizantinos e arquitectura tradicional das regiões do Cáucaso. Ambos os mosteiros foram fundados no século X a poucos quilómetros de distância um do outro em posição dominante sobre o profundo vale formado pelo rio Dzoraget. Trata-se dum idílico e maravilhoso lugar natural.

Catedral, Etchmiadzin, Arménia. Autor Butcher. Licensed under the Creative Commons Attribution

Catedral, Etchmiadzin, Arménia. Autor Butcher

A Catedral e as Igrejas de Echmiadzin (Ejmiatsin) e o sítio arqueológico de Zvartnots representam a evolução e o desenvolvimento da igreja típica do país com planta em forma de cruz e a cúpula no centro. A Catedral de São Echmiadzin, que foi construída no século V, é hoje a sede dos católicos arménios. Outro destaque é o museu no interior da catedral, que expõe tesouros de arte arménia, relíquias e vestígios arqueológicos. Zvartnots é um complexo de estruturas muito impressionante, construído em meados do século VII perto de Echmiadzin (Ejmiatsin). No momento da sua construção foi a maior catedral na Arménia. O complexo é formado a partir das ruínas da Catedral de São Jorge (Zvartnots) e do palácio de Nerses III.

O Mosteiro de Geghard e o Vale do Alto Azat a poucos quilómetros ao norte de Garni contém numerosas igrejas e túmulos, a maioria escavada na rocha, que representam o auge da arquitetura arménia medieval. O complexo de edifícios medievais está situado numa paisagem de grande beleza natural, cercada por falésias na entrada para o Vale do Azat. A mais antiga igreja do mosteiro, escavada na rocha, é a de São Gregório, que remonta ao século VII, enquanto a estrutura principal do complexo a igreja da Virgem com uma planta cruciforme, data do século XIII.

Outros lugares interessantes para visitar no país são o Mosteiro de Haghartsin, localizado perto da cidade de Dilijan. O mosteiro é constituído por uma série de edifícios monásticos, incluindo três igrejas e várias capelas. A igreja principal é a de São Astvatsatsin, construída em 1281, enquanto a mais antiga é a de São Grigor, que data do século XI. O Mosteiro de Tatev, fundado no século IX, está localizado sobre um penhasco rochoso localizado estrategicamente para dominar um desfiladeiro abaixo. O edifício mais importante do mosteiro é a igreja de Pogos e Petros (Pedro e Paulo), construída nos séculos IX e X. Dentro da igreja pode ainda ver alguns afrescos do século décimo.

Texto português corrigido por Dietrich Köster. 

dealform 336x280
banner
Siga-nos no Facebook
Mantenha-se informado sobre Guia Viagem