Home / América do Sul / Argentina / O Parque Nacional da Terra do Fogo
Fin del Mundo, Bahia de Lapatia, Parque Nacional da Terra do Fogo, Argentina. Autor e Copyright Marco Ramerini
Fin del Mundo, Bahia de Lapatia, Parque Nacional da Terra do Fogo, Argentina. Autor e Copyright Marco Ramerini

O Parque Nacional da Terra do Fogo

No extremo sul da América do Sul fica uma vasta ilha selvagem: Isla Grande de Tierra del Fuego em espanhol e conhecida como Terra do Fogo em português. Esta ilha abrange 48.000 quilómetros quadrados e representa a ramificação mais meridional da Argentina, enquanto o território chileno estende-se muito mais ao sul até Cabo de Horn. A ilha é separada do continente americano pelo Estreito de Magalhães e está politicamente dividida entre o Chile e a Argentina. Mais de 60% da superfície da Terra do Fogo pertence ao Chile, enquanto os restantes 40% pertencem à Argentina. Na ilha há montanhas, que chegam a tocar os 2.500 metros.

Na parte inferior duma bela baía em frente ao Canal de Beagle e rodeada por montanhas majestosas camuflada pela neve encontra-se a vila argentina de Ushuaia. Ushuaia é considerada como a vila mais austral do mundo e é caracterizada por edifícios com uma arquitetura bizarra. Localizada na parte sul da Terra do Fogo no Canal Beagle e no sopé das montanhas dos Andes, Ushuaia é um concentrado de tempo frio, vento, mar escuro, planícies, montanhas e neve. A oeste da vila existe um Parque Nacional espetacular: O Parque Nacional Tierra del Fuego (Parque Nacional da Terra do Fogo), criado em 1960. O parque abrange 630 quilómetros quadrados e faz fronteira com o recém-criado parque chileno de Yendegaia (Parque Nacional Yendegaia), que por sua vez ocupa mais de 1.100 quilómetros quadrados da ilha. Os dois parques incluem trechos de costa intocada ao longo do Canal de Beagle, o Lago Roca e parte do Lago Fagnano e algumas cadeias de montanhas do interior.

Laguna Negra, Parque Nacional da Terra do Fogo, Argentina. Autor e Copyright Marco Ramerini

Laguna Negra, Parque Nacional da Terra do Fogo, Argentina. Autor e Copyright Marco Ramerini

A paisagem do território do parque é o resultado da erosão glacial. O parque está cheio de montanhas, lagos glaciais e rios, que formam vales profundos. Aqui são preservadas vastas secções da floresta sub-antártica e um rico ecossistema biológico. Apenas uma pequena área de 20 quilómetros quadrados no extremo sul do parque está aberta ao público. O resto do parque é uma zona de reserva integral: “reserva estricta”. A vegetação do parque é muito marcante. Muito bonito é o trecho da costa do Canal Beagle, onde a vegetação atinge o mar.

A entrada do parque está localizada a 11 quilómetros ao oeste de Ushuaia. Ao longo da estrada, que leva ao Lago Roca encontra-se um centro de visitantes agradável com restaurante e um ponto de observação da Laguna Negra. No parque há uma bela rede de trilhas, que estendem-se por 40 quilómetros. Depois da entrada no parque o primeiro cruzamento à esquerda é o que leva à Bahia Ensenada Zaratiegui. Aqui existe uma pequena estação de correios, onde pode enviar os seus cartões postais a partir do Fim do Mundo (Correo del Fin del Mundo). Mas o melhor panorama é a costa selvagem envolta numa vegetação espetacular, que vai até o mar. Existem algumas trilhas agradáveis, que pode seguir, que lhe permitirá observar a magnífica natureza local. Em frente à baía fica a ilha Redonda, que conduz à entrada da Bahia Lapataia.

Bahia Ensenada Zaratiegui, Parque Nacional da Terra do Fogo, Argentina. Autor e Copyright Marco Ramerini

Bahia Ensenada Zaratiegui, Parque Nacional da Terra do Fogo, Argentina. Autor e Copyright Marco Ramerini

A próxima paragem é o Lago Roca, um lago glacial, que situa-se entre o Chile e a Argentina. O lago, que mede 11 km de comprimento e 1,5 km de largura, está rodeado de montanhas, que são o extremo sul da Cordilheira dos Andes. Ao longo da estrada, que leva ao lago, há o Centro de Visitantes do Parque (Centro de Visitantes Alakush). Aqui está um restaurante e um miradouro sobre a Laguna Negra. Na Laguna Negra pode ver várias espécies de aves e outros animais selvagens locais.

Continuando até o fim da estrada do parque vai chegar novamente ao mar na Baía Lapataia, que está localizada no final da Rota Nacional nº 3. A partir do parque de estacionamento iníciam caminhos, que levam à Baía Lapataia e ao chamado ponto de vista do Fim do Mundo. Pare por alguns minutos e olhe para a natureza ao seu redor e pensa sobre o sinal exposto: Alasca 17.848 quilómetros!

O parque pode ser alcançado também através do famoso comboio do Fim do Mundo, um comboio a vapor, que passa pelo parque por 5 km. A estação final está localizada perto da junção com o caminho, que conduz para a Bahia Ensenada Zaratiegui.

Texto português corrigido por Dietrich Köster.

Lago Roca, Parque Nacional da Terra do Fogo, Argentina. Autor e Copyright Marco Ramerini

Lago Roca, Parque Nacional da Terra do Fogo, Argentina. Autor e Copyright Marco Ramerini

dealform 336x280
banner
Siga-nos no Facebook
Mantenha-se informado sobre Guia Viagem