Home / Antártida / A Península Antártica: A Danco Coast
Danco Coast, Antártida. Autor e Copyright Marco Ramerini
Danco Coast, Antártida. Autor e Copyright Marco Ramerini

A Península Antártica: A Danco Coast

A Danco Coast é a parte noroeste da Península Antártica, situada entre 64° e 65° de latitude sul. Este trecho da costa da Antártida, que faz parte da Terra de Graham (Graham Land), é delimitada ao norte pelo Cabo Sterneck e ao sul pelo Cabo Renard. O Estreito de Gerlache separa a Danco Coast do arquipélago Palmer. Atrás da Danco Coast encontra-se a serra de Antarctandes (Antartandes), que serve como a espinha dorsal da Península Antárctica, sendo a continuação dos Andes na Antártida.

Esta área da Antártida foi explorada pela primeira vez entre 1897 e 1899 pela Expedição Antártica Belga, liderada por Adrien de Gerlache e que incluia exploradores vindo não só da Bélgica mas também da Noruega, da Rússia, da Polónia, da Roménia, dos Estados Unidos e doutras nações. O nome desta parte da costa foi dado em homenagem ao tenente Emile Danco, membro da Expedição Antártica Belga, que morreu nesta área em junho de 1898.

Paradise Harbor, Antártida. Autor e Copyright Marco Ramerini

Paradise Harbor, Antártida. Autor e Copyright Marco Ramerini

A Danco Coast é uma costa rica de penínsulas, enseadas e baías e é enfrentada por numerosas ilhas: Entre elas a ilha Bryde, a ilha Lemaire, a ilha Danco, a ilha Rongé, a ilha Nansen, a ilha Cuverville e a ilha Murray. Neste trecho da costa encontram-se Paradise Harbour – também conhecido como Paradise Bay – e Neko Harbour, os dois únicos portos naturais utilizados pelos navios de cruzeiro para parar no continente antártico. Nesta parte da Península Antártica a costa é espectacular, dominada por altas montanhas, que às vezes excedem dois mil metros de altura. Há enseadas grandes e irregulares com ilhas e icebergues.

Ao longo da Danco Coast existem algumas bases científicas chilenas (Base Presidente Gabriel González Videla) e argentinas (Base Antártica Brown e Base Antártica Primavera) ainda usadas, enquanto outras encontram-se agora em desuso. Esta seção do território antártico é reclamada por três países: Chile, a Argentina e o Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte.

Texto português corrigido por Dietrich Köster.

dealform 336x280
banner
Siga-nos no Facebook
Mantenha-se informado sobre Guia Viagem