Home / Europa / Bulgária / Veliko Tarnovo: a capital medieval da Bulgária
Veliko Tarnovo, Bulgária. Autor Klearchos Kapoutsis. Licensed under Creative Commons Attribution
Veliko Tarnovo, Bulgária. Autor Klearchos Kapoutsis

Veliko Tarnovo: a capital medieval da Bulgária

Veliko Tarnovo é uma bela cidade, situada ao longo do rio Yantra, que era a capital da Bulgária entre 1185 e 1393 durante o Segundo Império Búlgaro. Veliko Tarnovo é um dos assentamentos mais antigos do país.

A parte histórica da cidade está situada sobre três colinas e tem muitos monumentos históricos como as ruínas dos castelos de Tsarevets com o Palácio Real e o Palácio Patriarcal e Trapezitsa, a igreja de São Demétrio de Thessaloniki, a igreja dos Quarenta Mártires e numerosas casas da arquitetura típica búlgara.

Veliko Tarnovo viveu o seu apogeu na Idade Média entre os séculos XII e XIV. Foi conquistada pelos otomanos em 1393 após três meses de cerco e permaneceu sob ocupação otomana até 1877.

Veliko Tarnovo está conectada pelos serviços de autocarro e de comboio com Sofia, Burgas e Varna. Os aeroportos mais próximos estão localizados em Varna a 240 km e em Sofia a 220 km.

QUE VER: PRINCIPAIS ATRAÇÕES DE VELIKO TARNOVO

Entre as muitas coisas para visitar em Veliko Tarnovo encontramos: o antigo distrito, as muralhas medievais, a fortaleza Tzarevetz, a Torre de Balduíno, a Igreja Real de São Pedro e São Paulo. A área do monte Tsarevets foi declarada reserva arqueológica. Foram restauradas as muralhas e a chamada Torre de Balduíno.

Veliko Tarnovo, Bulgária. Autor Klearchos Kapoutsis.. Licensed under Creative Commons Attribution

Veliko Tarnovo, Bulgária. Autor Klearchos Kapoutsis

Uma das estruturas mais interessantes presentes em Tsarevets é o Palácio do Czar da Bulgária (Palácio Real), que consiste numa fortaleza, que contêm uma área de mais de 4.800 metros quadrados. O edifício contém a Sala do Trono e a igreja real de St. Petka. O palácio foi construído entre os séculos XIII e XIV e foi destruído após a conquista otomana.

Sempre na colina de Tsarevets encontra-se o Palácio Patriarcal, construído numa posição dominante sobre o Palácio Real, que ocupa uma área de 3.000 metros quadrados. No interior do palácio está localizada a igreja Patriarcal com um campanário.

Nas encostas da parte ocidental da colina perto do rio existe um dos edifícios mais importantes da cidade medieval: A Igreja dos Quarenta Mártires, erguida em 1230. Neste mesmo bairro, chamado Assenova Mahala, ocupando as duas margens do rio, há três outras igrejas: Sv. Dimitar Solunski, Sv. Georgi e Sv. Peter e Pavel.

As atrações nas proximidades:

Arbanasi (4 km), uma pitoresca cidade velha.

Monastério de Preobrajenski (7 km), localizado sobre rochas intransponíveis com vista para a margem esquerda do rio Yantra. O mosteiro é famoso por suas quatro igrejas, construídas pelos melhores mestres búlgaros do Renascimento.

As igrejas escavadas na rocha de Ivanovo (70 km) – sítio incluído na lista da UNESCO do Património Mundial – são um complexo de igrejas, mosteiros e capelas do século XII-XIV com afrescos murais de beleza excepcional.

Kazanlak (100 km) – um outro sítio incluído na lista da UNESCO de sítios do património mundial é um túmulo do período helenístico do século IV a.C., localizado próximo de Seutopolis, que era a antiga capital do rei da Trácia Seutes III.O túmulo tem um corredor estreito e uma câmara mortuária rodada. As duas construções são ricamente decoradas com murais, que representam rituais funerários da Trácia. Estas pinturas são os melhores exemplos de pintura helenística existindo na Bulgária.

Perto da aldeia de Sveshtari (130 km) fica um túmulo trácio do terceiro século antes de Cristo, que é também um Patrimônio Mundial da UNESCO. O túmulo tem figuras esculpidas em alto relevo e murais.

Madara (150 km) é um outro sítio incluído na lista dos sítios do património mundial da UNESCO. Num penhasco de 100 metros de altura existe a figura esculpida na rocha dum cavaleiro triunfando sobre um leão. De pé ao lado duma inscrição narra os acontecimentos, que ocorreram entre 705 d.C. e 801 d.C. Madara era o lugar sagrado mais importante do primeiro império búlgaro antes de converter-se ao cristianismo. Esta conversão ocorreu no século IX.

Texto português corrigido por Dietrich Köster.

banner
Close
Inscreva-se no nosso canal YOUTUBE
Se você gosta de viajar, inscreva-se no nosso canal de viagens YOU TUBE: