Home / Europa / Itália / Veneza: a cidade sobre a água
Veneza, Itália. Author and Copyright Roberto Ramerini..
Veneza, Itália. Author Roberto Ramerini..

Veneza: a cidade sobre a água

Veneza (Venezia) com 272.000 habitantes e uma população de 1,6 milhões na área metropolitana é a capital da região do Veneto no nordeste da Itália. A República de Veneza era uma potência marítima importante, assim como um importante centro de comércio, especialmente para as especiarias, e da arte na Renascença.

A cidade está espalhada por 118 ilhas, cortada por 150 canais e ligada por mais de 400 pontes, dando-a um ambiente único. O centro histórico é dividido em seis quartos (sestieri).

A riqueza da arquitectura, a singularidade da cidade e os inúmeros eventos culturais fazem um conjunto para tornar Veneza uma das cidades mais bonitas do mundo. A Unesco tem inserido Veneza e sua lagoa na lista do Património Mundial em 1987.

AS ATRAÇÕES TURÍSTICAS: O QUE VISITAR A VENEZA

O Grande Canal (Canal Grande) é via de água principal de Veneza, alinhado com palácios renascentistas. Está cheio de gôndolas e vaporetti. A Praça de São Marcos (Piazza San Marco) é a praça mais famosa de Veneza. São Marcos está no coração da cidade e sempre foi o núcleo de Veneza. A praça é dominada pela Basílica de San Marco, uma obra-prima da arquitectura bizantina. O Palazzo Ducale, a residência dos Doges, está perto.

Veneza, Itália. Author and Copyright Liliana Ramerini.

Veneza, Itália. Author Liliana Ramerini.

A Basílica de São Marcos (Basilica di San Marco) é uma bela igreja, que mistura os estilos arquitectónicos do Oriente e do Ocidente. A relíquia mais preciosa da Basílica é a Pala d’Oro, um alívio de ouro veneziano-bizantino adornado com pedras preciosas. Tome o elevador até o topo do famoso campanário de tijolos de Veneza, o Campanário de São Marcos (Campanile di San Marco) para ter uma vista espectacular.

O Palácio dos Doges (Palazzo Ducale) é o edifício secular mais impressionante de Veneza. Este palácio serviu como a casa do senado, o centro administrativo, o salão de justiça, o arquivo público e como uma prisão até a queda da República de Veneza em 1797. A Ponte de Rialto, construído em 1588, tem sido o núcleo comercial de Veneza. Aqui há muitos vendedores, lojas turísticas e ourivesarias.

Veneza, Itália. Author and Copyright Liliana Ramerini.

Veneza, Itália. Author Liliana Ramerini.

A mais importante Galeria de arte de Veneza é a Accademia localizada numa antiga igreja. A Galleria dell’Accademia contém obras-primas da pintura veneziana até o século XVIII, quer dizer obras de Canaletto, Mantegna Giorgione, Antonello da Messina, Giambattista Tiepolo, Tintoretto, Tiziano, Veronese, Vasari e Leonardo da Vinci. O Peggy Guggenheim Collection é a coleção de arte moderna mais eminente da Itália.

Para além do centro turístico há mais de trinta ilhas na lagoa para explorar, incluindo Burano e Torcello, bem como Murano, onde pode observar os sopradores de vidro mundialmente famosos trabalhando e podem comprar os seus produtos de vidro magnífico.

O Festival del Film di Venezia, realizado no Lido di Venezia tem lugar cada ano no final de Agosto ou no início de Setembro e o Carnevale di Venezia (Carnaval) começa em torno de duas semanas antes da Quarta-feira de cinzas, que é o primeiro dia da Quaresma, e termina na terça de carnaval, que se chama terça-feira gorda ou Mardi Gras, um dia antes de Quarta-feira de cinzas, são destaques do ano.

O transporte público a Veneza

Veneza é uma cidade de canais. Aqui os únicos meios de transporte são ferries (vaporetti) e gôndolas e não há carros. O centro histórico de Veneza é exclusivamente uma zona de peões. É uma diversão de perder-se nas ruas e nas pontes, que cruzam os inúmeros canais.

Cada ilha é acessível da cidade por balsa. As mais usadas ​​são as, que levam ao Lido, onde fica o famoso Casino (Casinò di Venezia).

Texto português corrigido por Dietrich Köster. 

Veneza (Venezia) com 272.000 habitantes e uma população de 1,6 milhões na área metropolitana é a capital da região do Veneto no nordeste da Itália. A República de Veneza era uma potência marítima importante, assim como um importante centro de comércio, especialmente para as especiarias, e da arte na Renascença. A cidade está espalhada por 118 ilhas, cortada por 150 canais e ligada por mais de 400 pontes, dando-a um ambiente único. O centro histórico é dividido em seis quartos (sestieri). A riqueza da arquitectura, a singularidade da cidade e os inúmeros eventos culturais fazem um conjunto para tornar Veneza…

Review Overview

Arte
História
Atmosfera

Atmosfera única

Summary : Uma cidade única rica em arte e história

User Rating: Be the first one !
banner
Siga-nos no Facebook
Mantenha-se informado sobre Guia Viagem