Home / América do Sul / Chile / A Ilha de Páscoa: Vulcões e estátuas enormes de pedra
Praia de Anakena, Ilha de Páscoa, Chile. Author LuxoDresden. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike
Praia de Anakena, Ilha de Páscoa, Chile. Author LuxoDresden

A Ilha de Páscoa: Vulcões e estátuas enormes de pedra

A Ilha de Páscoa (Isla de Pascua, Rapa Nui) é uma ilha pertencente ao Chile, localizada no Pacífico Sul e é uma das terras mais remotas do mundo: fica a 3.600 km a oeste da costa da América do Sul e a 2.000 km a leste da ilha mais próxima habitada, a ilha de Pitcairn, igualmente isolada, enquanto a ilha desabitada de Sala y Gómez com 0,12 km² pertence também ao Chile. Está localizada a apenas 415 km para o oeste do Chile.

A ilha foi chamada por causa da descoberta no dia de Páscoa em 1722 (5 de abril de 1722) pelo explorador neerlandês Jacob Roggeveen. É uma possessão do Chile a partir de 1888.

A ilha tem uma forma triangular, é de origem vulcânica e tem três diferentes cones vulcânicos: O Terevaka com 507 metros, que constitui a parte central da ilha e é a montanha mais alta. Os outros dois vulcões são o Poike a leste e o Rano Kau a sudoeste.

Na ilha não há rios. As árvores são quase completamente ausentes, enquanto os lagos estão dentro de algumas crateras vulcânicas como Rano Raraku, Rano Kau e Rano Aroi.

As actividades económicas incluem a criação de cabras, ovelhas, cavalos e porcos e a pesca de atum e lagostas. A agricultura é modesta com cereais, legumes, frutas e batatas. O turismo é importante. A única povoação da ilha é Hanga Roa.

Mapa da Ilha de Páscoa. Author Eric Gaba (Sting), translated by Bamse. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike

Mapa da Ilha de Páscoa. Author Eric Gaba (Sting), translated by Bamse

A Ilha de Páscoa, que os nativos chamam Rapa Nui, é um local arqueológico extraordinário, famosa por suas grandes estátuas de pedra na forma de cabeças humanas, chamadas Moai.  Há 400 estátuas com uma altura até 10 metros, erguidas sobre plataformas (ahu) perto do mar. A paisagem é espetacular, caracterizada por penhascos verticais, cavernas, campos de lava e lagos vulcânicos.

A Ilha de Páscoa foi listada como Patrimônio Mundial da Humanidade da UNESCO em 1995.

 VOOS: COMO CHEGAR À ILHA DE PÁSCOA?

Voos internacionais: Chegar à Ilha de Páscoa da Europa é uma jornada longa. Existem duas alternativas: Do Chile e da Polinésia Francesa. Tahiti (Papeete) na Polinésia Francesa é facilmente acessível a partir de Paris por voos confortáveis da Air France com conexões dos principais aeroportos europeus. Para os turistas provenientes da América do Sul, incluindo o Brasil, é necessário chegar a Santiago do Chile e a partir daí continuar com o voo direto para a Ilha de Páscoa.

Em ambos os casos a companhia aérea, que faz voos para a Ilha de Páscoa é a Lan Chile. Existem 6-7 ligações por semana a partir de Santiago do Chile e uma ou duas ligações por semana de Papeete (Tahiti).

O tempo de voo para chegar à Ilha de Páscoa, tanto de Santiago do Chile como de Tahiti (Papeete), é de 5 horas.

Aeroporto: O Aeroporto da Ilha de Páscoa é o Aeroporto de Mataveri (Aeropuerto de Isla de Pascua/IPC). O aeroporto está localizado na parte sul da ilha perto da localidade de Hanga Roa e é o único ponto de entrada para turistas, que visitam a Ilha de Páscoa.

Texto português corrigido por Dietrich Köster. 

  • Superfície: 163 km²
  • População: 3.800 (situação em 2008): polinésios (Rapa Nui) 60%, chilenos 39%, ameríndios 1%
  • Localidade única: Hanga Roa.
  • Língua oficial: A língua oficial é o espanhol.
  • Religião: cristãos 100%.
  • Moeda: Peso (CLP).
  • Fuso horário: UTC-6, no verão UTC-5
banner
Close
Inscreva-se no nosso canal YOUTUBE
Se você gosta de viajar, inscreva-se no nosso canal de viagens YOU TUBE: