Home / América do Norte / Estados Unidos / Viagem para o Arizona e Utah: o Bryce Canyon
Bryce Canyon National Park, Utah, Estados Unidos. Author US NPS. No Copyright
Bryce Canyon National Park, Utah, Estados Unidos. Author US NPS

Viagem para o Arizona e Utah: o Bryce Canyon

<—- DE MOAB AO BRYCE CANYON

8° dia: Bryce Canyon National Park

Esta manhã a ligação de despertar tinha lugar às seis e meia! Vamos para o café da manhã às sete e em seguida partimos com o carro para o Sunset Point para começar a nossa caminhada dentro do Bryce Canyon. Vamos fazer o Navajo Loop Trail e o Queen’s Gardens Trail. Finalmente o sol levantou-se e o dia tornou-se bonito.

Descemos na garganta, sendo como no país das maravilhas: A primeira coisa, que vemos, foram as enormes paredes de cor laranja e as altas árvores. Estamos sozinhos na trilha e permanecemos de boca aberta em ver um coelho, que não tem medo de nós, quando nós vê. Há muitas espécies de esquilos.

As torres do Bryce Canyon. vistas de perto e de baixo para cima são realmente fantásticas. Destaca-se o contraste entre a cor laranja-branca das rochas parecido aos castelos de areia, que são feitas numa pequena praia com areia molhada! Fico feliz por ter feito esta viagem, porque muitas coisas dos pontos turísticos não pode-se imaginar. A rota da trilha é muito fácil, realizável em 2-3 horas.

Após a trilha fazemos uma pausa no Centro de Visitantes, onde vamos obter informações sobre o próximo passo, tendo a intenção de ver o Grosvenor Arch, um arco natural localizado fora do parque.

Bryce Canyon National Park, Utah, Estados Unidos. Author US NPS. No Copyright...

Bryce Canyon National Park, Utah, Estados Unidos. Author US NPS

O arco, que queremos visitar é um duplo arco muito cênico, mas tem um detalhe particular negativo: Está localizado numa área isolada e para alcançá-lo precisa fazer 11 milhas de estrada de terra com um vau dum pequeno rio, sendo felizmente seco. Para chegar ao arco leva 30 minutos (uma hora ida e volta) através da paisagem do Kodachrome Basin com rebanhos de vacas.

No caminho de volta visitamos o Kodachrome Basin a partir do Grosvenor Arch. Não é tão bom depois do que vimos nos últimos dias. A vantagem dos parques norte-americanos é a sua organização mesma em locais isolados e poucos frequentados como o Grosvenor Arch. Encontramos um banheiro bastante básico, uma pequena cabine de 1 m x 1 m. Existem também uma instalação para grelhar carne e além disso mesas e bancos. Outra coisa estranha geral nos Estados Unidos é que cada sinal de trânsito reaparece cada poucos quilómetros, onde se diz, que aquele pedaço de estrada foi adotado para a limpeza por escoteiros ou por uma associação de cidadãos. Entendemos, que eles são os responsáveis ​​pela limpeza daquele trecho de estrada.

Pernoita: Best Western Ruby’s Inn, Bryce Canyon

DO BRYCE CANYON PARA LAS VEGAS —->

Texto português corrigido por Dietrich Köster.

banner
Siga-nos no Facebook
Mantenha-se informado sobre Guia Viagem