Home / Europa / Portugal / Coimbra: uma cidade histórica e o lar duma das universidades mais antigas da Europa
Coimbra, Portugal. Author Nanabou. Licensed under the Creative Commons Attribution
Coimbra, Portugal. Author Nanabou

Coimbra: uma cidade histórica e o lar duma das universidades mais antigas da Europa

Coimbra com 160.000 habitantes está localizada no centro-norte de Portugal 170 km ao norte de Lisboa e 120 km ao sul do Porto. Terceira maior cidade de Portugal depois de Lisboa e Porto e localizada na margem direita do rio Mondego e é famosa pela sua universidade, fundada em 1290, assim sendo uma das mais antigas da Europa.

Coimbra foi fundada pelos romanos sob o nome de Aeminium. No século VIII foi ocupada pelos árabes e retomada pelos cristãos em 1064. Entre os séculos XII e XIII a cidade passou por um período muito próspero, durante o qual era a capital de Portugal.

QUE VER: AS PRINCIPAIS ATRAÇÕES DE COIMBRA

Coimbra é dividida em duas partes: a parte alta da cidade, a mais antiga, e a cidade baixa, o núcleo mais moderno. Características da cidade são as ruas estreitas e íngremes, pavimentadas com seixos, arcos e escadas medievais.

A visita da cidade pode começar a partir do centro da cidade baixa: o Largo da Portagem. Esta praça está cheia de bares, hotéis e cafés e é o ponto de acesso à cidade velha através duma zona pedonal, que leva à Praça do Comércio, a antiga sede do mercado, que é dominada pelas duas igrejas de São Bartolomeu (século XVIII) e a de São Tiago com um belo portal românico.

Nova Catedral (Sé Nova), Coimbra, Portugal. Author AlvesGaspar. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike

Nova Catedral (Sé Nova), Coimbra, Portugal. Author AlvesGaspar

A partir da Praça do Comércio através do arco de Almedina (século XIII) e uma escada íngreme (Escadas do Quebra Costas) entramos no centro da cidade alta. Aqui deparamos para ver a Sé Velha, a antiga catedral construída no século XII, que é considerada uma das melhores catedrais românicas de Portugal.

O interior tem três naves com abóbadas de berço e tem um interessante altar renascentista. À esquerda das Escadas de Quebra Costas fica a rua Sobre Ribas, onde encontram-se o palácio Sobre Ribas (1514) de estilo manuelino, a renascentista Casa dos Arcos e o Collegio dos Orfaos com um belo claustro.

No antigo palácio episcopal um belo edifício com uma lógia do século XVI é para ver no Museu Nacional Machado de Castro uma das mais importantes colecções de esculturas portuguesas dos séculos XIV e XVI.

Prosseguindo para o sul fica a Universidade Velha – fundada em 1290 – e verdadeiro símbolo da cidade. O edifício é acessado através do Portão de Ferro (1638) e no interior não deve perder uma visita à Sala das Capelas (Aula Magna), decorada com azulejos, e ver a maravilhosa biblioteca Joanina do século XVIII, uma das mais belas bibliotecas do mundo em estilo barroco com tecto e paredes com afrescos, decorada com belos móveis embutidos.

Universidade, Coimbra, Portugal. Author AlvesGaspar. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike

Universidade, Coimbra, Portugal. Author AlvesGaspar

Saindo da Cidade Alta chega ao Mosteiro de Santa Cruz com a sua igreja do século XVI, provavelmente o mais importante monumento de Coimbra. Pode ser observada a fachada em estilo manuelino, os azulejos no interior, os túmulos dos dois primeiros reis da Portugal (Sancho I e Afonso I) e o.claustro em estilo manuelino. A partir daqui o passeio continua ao longo da renascentista Rua da Sofia, onde ficam a Igreja do Carmo (século XVI) e o Palácio da Justiça (século XVI). Então chegamos à ponte de Santa Clara, onde existe o Convento de Santa Clara-a-Velha (século XIII). Um pouco, além daqui fica o Convento de Santa Clara (século XVII) e a partir daqui pode desfrutar duma bela vista do rio Mondego e do centro histórico da cidade.

Perto da universidade deve ser visto o Aqueduto de São Sebastião, construído pelo italiano Filippo Terzio no século XVI sobre as ruínas dum aqueduto romano. Encontra-se ao lado do Jardim Botânico, fundado pelo Marquês de Pombal, onde pode ver inúmeras plantas tropicais. A Sé Nova (a nova catedral do século XVII) – também nas proximidades da Universidade – era originalmente a igreja do Colégio dos Jesuítas (Colégio das Onze Mil Virgens), observe a fachada mista maneirista (a parte mais baixa) e barroca (a parte superior).

Nas proximidades de Coimbra deve visitar as ruínas romanas da antiga Conimbriga (15 km ao sul da cidade), onde há restos de casas, paredes, um aqueduto e banhos. Localizado a 30 km de Coimbra encontra-se a bela cidade fortificada de Montemor-o-Velho com belas muralhas do século XI.

O clima de Coimbra.

Texto português corrigido por Dietrich Köster.



Booking.com

banner
Siga-nos no Facebook
Mantenha-se informado sobre Guia Viagem