Home / Europa / Estónia / Tallinn atrações turísticas: o que ver em Tallinn/Reval
Tallinn, Estônia. Autor Hannu. No Copyright
Tallinn, Estónia. Autor Hannu

Tallinn atrações turísticas: o que ver em Tallinn/Reval

Tallinn/Reval é um exemplo completo e bem preservado duma cidade mercantil medieval do norte da Europa. Por esta razão a UNESCO incluiu o centro histórico de Tallinn/Reval na lista do Patrimônio Mundial em 1997. Tallinn/Reval é uma das melhor preservadas cidades do Báltico. Uma grande parte da cidade medieval mantém o seu encanto com ruas de paralelepípedos, muralhas, igrejas e edifícios antigos preservados.  A cidade velha de Tallinn/Reval é formada da cidade alta – localizada na colina de Toompea – e da cidade baixa, que preserva o traçado medieval e é cercada por muros.

A visita a Tallinn/Reval começa a partir da cidade baixa, a parte melhor preservada da antiga Tallinn/Reval, quase completamente cercada por muralhas com torres. A entrada na cidade é feita pelo que resta da Porta Viru (Viru väravad), construída no século XIV e que foi um dos portões mais importantes da cidade. Esta porta há só duas torres. Daqui um pequeno desvio conduz para o norte levando à passagem de Santa Catarina (Katariina käik), localizada entre as ruas Vene e Müürivahe. A passagem é formada por casas do século XV e XVII, que dão hospedagem para lojas de artesanato. Aqui fica também o Mosteiro de Clausura e o Claustrum Dominicano (Dominiiklaste kloostri klausuuris, Dominiiklaste klooster), sendo o mais antigo convento de Tallinn/Reval, fundado em 1246. Está localizado no interior da Igreja de Santa Catarina (Katariina kirik) do século XIV.

Tallinn, Estônia. Author Diego Delso. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike

Tallinn, Estônia. Author Diego Delso

A cidade baixa tem o seu centro na praça da Câmara Municipal (Raekoja platsi). Esta foi a antiga praça do mercado. Hoje em dia é no verão o vibrante centro cultural da cidade, cheia de cafés ao ar livre, concertos são realizados ali, mercados e feiras, enquanto no inverno é o lugar, onde a árvore de Natal é erguida e onde encontra-se o mercado de Natal. Na praça existe a Câmara Municipal de Tallinn/Reval (Tallinna Raekoda), uma construção no estilo gótico tardio, sendo um dos símbolos da cidade e construída no século XIII e reconstruída entre 1402 e 1404. O seu interior contém algumas salas interessantes, incluindo o Salão dos cidadãos e o Salão do Conselho Municipal.

Tallinn, Estônia. Autor Јакша. No Copyright

Tallinn, Estônia. Autor Јакша

Outro edifício interessante, localizado numa esquina da Praça da Câmara Municipal (Raekoja platsi), existe a Farmácia da Câmara Municipal (Raeapteek), uma das farmácias mais antigas ainda em funcionamento da Europa. Apurou-se, que existe desde 1422. A uma breve distância fica a Igreja do Espírito Santo (Puha Vaimu kirik), uma igreja interessante do século XIV. A torre do sino tem o sino mais antigo da Estónia e o seu relógio é o mais antigo relógio público de Tallinn. O interior é ricamente decorado com esculturas de madeira, enquanto o altar de 1483 é uma das obras mais valiosas de arte medieval da Estónia.

Ao norte da Praça da Câmara Municipal (Raekoja platsi) encontra-se o Palácio das Corporações (Eesti Ajaloomuuseum-Suurgildi hoone), agora o Museu da História da Estónia. Este foi por importância o segundo edifício civil medieval de Tallinn e foi a construção, onde encontraram-se as guildas de mercadores da cidade. O palácio foi construído entre 1407 e 1417 e tem ainda a fachada original com o brasão de armas das corporações e a data de 1430 acima da entrada. Um edifício interessante é a Casa da Irmandade das Cabeças Negras (Mustpeade maja), usada desde o século XVI por esta irmandade de comerciantes. Tem uma fachada no estilo renascentista neerlandês, mostrando uma bela porta de frente de 1640. Dentro está o Salão da Fraternidade com duas naves e um teto abobadado.

Então chegamos ao Museu Histórico da Cidade de Tallinn/Reval (Tallinna Linnamuuseum), continuando rumo ao extremo norte da cidade baixa e chegamos à igreja de St. Olav (kirik Oleviste), uma antiga igreja gótica, construída no século XIII. A torre do campanário da igreja foi a mais alta da Europa medieval, chegando a 159 metros de altura. A uma curta distância vai chegar às muralhas da cidade impressionantes com a Grande Porta Marinha e a Torre Margareeta (Suur Rannavärav ja Paks Margareeta), duas estruturas defensivas do lado voltado para o mar das muralhas da cidade perto do porto. O portão foi reconstruído no século XVI e a esta ocasião foi adicionada a torre redonda grande, chamada Margareeta com 20 metros de altura e com um diámetro de 25 metros. Serviu para defender o porto, mas foi também usada como um armazém de pólvora e armas e como uma prisão. Hoje a torre abriga o Museu Marítimo da Estónia (Eesti Meremuuseum). Há um belo panorama da cidade a partir do topo da torre.

Continuamos nossa jornada ao longo duma longa extensão das muralhas norte-ocidental, que nesta seção têm várias torres de defesa. As muralhas, que datam do século XIII e XVI eram originalmente de 16 metros de altura e 3 metros de espessura, cercando completamente a cidade por 4 km com 46 torres defensivas. Hoje de este poderoso sistema de defesa – na época um dos mais poderosos do norte da Europa – permanecem dois quilómetros de muralhas e 26 torres. Neste trecho de muralhas existem as torres medievais de Nunna (Nunnatorni), Sauna (Saunatorni) e Kuldjala (Kuldjalatorni), que podem ser visitadas e de onde pode gozar uma bela vista da cidade baixa e da colina de Toompea.

Tallinn, Estônia. Autor Gunnar Bach Pedersen. No Copyright

Tallinn, Estônia. Autor Gunnar Bach Pedersen

Mais a sul chegamos à Igreja de São Nicolau (Niguliste kirik) e o vizinho Museu de São Nicolau (Niguliste muuseumis). A igreja do século XIII tem um átrio renascentista e uma capela gótica, dedicada a Santo António. Aqui fica a pintura “Dança Macabra” por Berndt Notke de Lübeck do final do século XV. O museu da igreja contém três importantes obras de arte medieval. Antes de entrar na parte alta da cidade vale a pena visitar a Torre de Canhões (Kiek in de Kök), uma vez a mais poderosa torre para canhões do Mar Báltico, construída no século XV. Esta torre redonda tem um diámetro de 17 metros, uma altura de 38 metros e uma espessura de 4 metros. Hoje a torre abriga uma exposição sobre a história militar da cidade do século XIII ao século XVIII.

Em seguida entramos na cidade alta, localizada na colina de Toompea. Uma vez foi uma cidade separada (Dom zu Reval) com a residência do poder, que controlava a cidade. São três prédios principais, que estão localizados no morro: O Castelo de Toompea, a Catedral Ortodoxa Alexander Nevsky e a Catedral Luterana de Santa Maria a Virgem. O Castelo de Toompea (Toompea loss) e a alta torre de Hermann (Pika Hermannitorni) estão entre as obras mais importantes de fortificações da Estónia. O Castelo foi construído entre os séculos XIII e XIV e domina a cidade sobre a colina com os seus 50 metros de altura. Hoje o Castelo é a sede do Parlamento da Estónia. A torre de Hermann, a mais impressionante da fortaleza com 48 metros de altura está localizada na parte sudoeste do Castelo e foi construída no século XIV.

A partir da praça do castelo tem também uma vista para a Catedral Ortodoxa Alexander Nevsky (Aleksander Nevski katedraal), uma construção de data relativamente recente. Foi construída em 1900. O edifício tem a maior cúpula da cidade. O interior da igreja é ricamente decorado e é dedicado ao Príncipe de Novgorod Alexander Nevsky Yaroslavitz. A uma curta distância da Catedral Ortodoxa encontram-se também os Jardins do Rei Dinamarquês (Taani kuninga aed), o lugar onde segundo a lenda os dinamarqueses receberam a sua bandeira nacional. A Catedral de Santa Maria a Virgem (Toomkirik) é a maior igreja luterana da cidade e do país. A construção da igreja data do século XIII, mas a igreja é no stile barroco. Somente as tumbas no interior datam do século XIII.

Para completar o passeio da cidade há algumas atrações fora do centro histórico. A mais importante está localizada a 2 km a leste do centro da cidade: O Palácio de Kadriorg (Kadrioru loss), é um palácio barroco, construído no século XVIII como residência de verão para o Czar de todas as Rússias Pedro I Romanov, chamado Pedro o Grande. O trabalho começou em 1718 e foi oferecido para a sua realização ao italiano Niccolò Marchetti. O edifício foi chamado Ekaterinenthal ou Catherinenthal em homenagem à esposa do Czar Caterina I. O prédio é atualmente usado como a sede da coleção de arte estrangeira do Museu de Arte Estoniana KUMU juntamente com vários outros museus. O palácio de Kadriog está rodeado por um grande parque e perto do antigo palácio czarista fica também a residência do chefe de Estado estónio.

No subúrbio de Pirita, 2 km a nordeste do Palácio de Kadriorg, ficam as ruínas do Convento de Santa Brigitta (Pirita kloostri varemed), fundado em 1407 no estilo gótico. Foi um dos mais importantes mosteiros do país, que foi destruído na segunda parte do século XVI. Hoje existem ainda ruínas evocativas.

OS MUSEUS DE TALLINN/REVAL

Tallinn, Estônia. Author Diego Delso. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike

Tallinn, Estônia. Author Diego Delso

Existem inúmeros museus na cidade de Tallinn/Reval. Entre outros incluem os seguintes:

Kadrioru loss-Kadrioru Kunstimuuseum (visita às salas do palácio de Kadriorg e à arte estrangeira da coleção do Museu de Arte Estoniano KUMU).

Kumu Kunstimuuseum (Museu de Arte Estoniano). Mikkeli muuseum (museu de arte: porcelana chinesa, pintura flamenga e neerlandesa, gravuras italianas).

Niguliste Muuseum (arte sacra, pinturas).

Eesti Ajaloomuuseum-Suurgildi hoone (visita ao Palácio das Corporações e ao Museu de História da Estonia).

Tallinna Linnamuuseum (museu dedicado à história de Tallinn/Reval).

Adamson-Ericu muuseum (dedicado a Adamson-Eric, artista estoniano do século XX).

Eesti Teatri-ja Muusikamuuseum (Museu de Teatro e Música: Instrumentos musicais).

Raevangla Fotomuuseum (Museu da História da Fotografia).

Dominiiklaste kloostri klausuur (Claustro Dominicano).

Dominiiklaste kloostri muuseum (Museu do Mosteiro Dominicano).

Kiek in de Kök (museu da história militar de Tallinn/Reval).

Bastionide käigud (Passagem sob as fortificações de Tallinn/Reval).

Peeter I majamuuseum (antiguidades).

Jaani Seek (museu dedicado à caridade e ao altruísmo).

Eesti Loodusmuuseum (Museu de História Natural).

Eesti Meremuuseum (Museu Marítimo da Estónia).

Eesti Meremuuseum-Muuseumilaevade sadam (Museu Marítimo da Estónia – Museu do Navio).

Miinimuuseum (Museu de Mineração).

Lastemuuseum (Museu das Bonecas).

Tallinn Guia de Viagem.

O clima em Tallinn.

Texto português corrigido por Dietrich Köster.

banner
Close
Inscreva-se no nosso canal YOUTUBE
Se você gosta de viajar, inscreva-se no nosso canal de viagens YOU TUBE: