Home / Europa / Eslovénia / Kranjska Gora/Kronau: um centro importante de esqui e uma estância termal da Eslovénia

Kranjska Gora/Kronau: um centro importante de esqui e uma estância termal da Eslovénia

Kranjska Gora/Kronau com 5.500 habitantes é uma importante estância de férias e de turismo de inverno, localizado nos Alpes Julianos. Tornou-se famosa graças às competições da Copa Mundial de Esqui Alpino. A aldeia, cujo nome em italiano é Monte Cragnisca, está localizada a 810 metros de altura no vale do Sava Dolinka, um dos dois ramos da fonte do rio Sava perto da fronteira com a Áustria e a Itália.

A aldeia de Kranjska Gora/Kronau, foi provavelmente fundada no século XI. No século seguinte a aldeia tornou-se um feudo pelos Condes Ortenburg, uma família nobre da Caríntia. Desde o século XIV uma rota secundária de comércio ligava Tarvisio/Tarvis com Kranjska Gora/Kronau, mas a aldeia permaneceu uma pequena localidade.

Kranjska Gora/Kronau é hoje uma aldeia de desporto de inverno. Abriga o evento anual da Copa Mundial de Esqui Alpino, geralmente slalom e slalom gigante. Kranjska Gora/Kronau tem vários quilómetros de pistas de esqui com 6 elevadores e 12 teleféricos de esqui. Para o esqui de fundo 40 km de pistas estão equipados. Pelo verão Kranjska Gor/Kronau está equipada com mais de 20 km de trilhas marcadas.

No pequeno centro histórico da aldeia encontra-se a Igreja da Assunção da Virgem Maria (Device Marije Vnebovzete). Esta igreja foi construída no século XIV. O prédio é no estilo gótico tardio. Entre os edifícios de prestígio da aldeia de Kranjska Gora/Kronau há a Casa de Liznjek, um edifício, que data dos meados do século XVII. A pequena capela russa foi construída por prisioneiros russos durante a Primeira Guerra Mundial nos anos de 1916 e 1917.

Rodeada por montanhas espetaculares, Kranjska Gora/Kronau está localizada nas imediações do selvagem Parque Nacional do Triglav (Tricorno). Perto da aldeia há duas belas cachoeiras: A cachoeira Peričnik, formada por dois saltos de 52 e 16 metros, e a cachoeira Martuljek, formada por três saltos.

Texto português corrigido por Dietrich Köster.

banner
Close
Inscreva-se no nosso canal YOUTUBE
Se você gosta de viajar, inscreva-se no nosso canal de viagens YOU TUBE: