Home / Ásia / Sri Lanka / O Sri Lanka atrações turísticas: o que visitar no Sri Lanka
Kiri Vihara dagaba, Polonnaruwa, Sri Lanka. Autor Bernard Gagnon. Licensed under the Creative Commons Attribution
Kiri Vihara dagaba, Polonnaruwa, Sri Lanka. Autor Bernard Gagnon

O Sri Lanka atrações turísticas: o que visitar no Sri Lanka

O Sri Lanka, a antiga Taprobane, conhecida até 1972 como Ceilão, é uma ilha linda, situada no Oceano Índico a sudeste da Índia. É a ilha das especiarias, do chá e do café, mas também doutros produtos agrícolas tais como arroz, legumes, frutas e produtos de palmeiras de coco. O Sri Lanka é um país com uma riqueza de culturas, línguas, religiões e raças. Marco Polo chamou o Sri Lanka a ilha mais bonita do mundo e até hoje a ilha preserva a sua beleza e variedade.

Um dos aspectos mais fascinantes duma visita a esta bela ilha é o seu povo: No povo do Sri Lanka pode encontrar a rica história desta ilha. Aqui vivem juntos cingaleses, tâmeis, mouros, burgher, malaios e vedda. Há budistas, hindus, muçulmanos e cristãos. São falados sinhala, tamil, inglês, o crioulo malaio e o crioulo português.

O Sri Lanka é uma ilha rica em história e os turistas, que apreciam a história e a cultura, encontram muitas oportunidades para ver. O Sri Lanka mantém várias cidades antigas como Anuradhapura, uma antiga capital do Ceilão, famosa por seus templos budistas bem preservados. Acredita-se que Anuradhapura foi a capital da ilha entre o século IV a.C. e o início do século XI. Esta cidade é considerada uma cidade sagrada pelos budistas. Polonnaruwa é uma outra cidade real antiga, que remonta ao século XI, abrigando os restos fascinantes de templos, palácios e obras hidráulicas.

Kalkudah, Sri Lanka. Author christophe_cerisier. Licensed under the Creative Commons Attribution

Kalkudah, Sri Lanka. Autor christophe_cerisier

Uma outra cidade sagrada para os budistas é Kandy, situada no coração da ilha, contendo o famoso templo da relíquia do dente de Buddha (Sri Dalada Maligawa), um dos lugares mais sagrados de culto do mundo budista. Dambulla preserva a maior e melhor conservado complexo de templos em cavernas budistas do Sri Lanka. Fascinante é também a fortaleza de Sigiriya, a “Rocha do leão”, uma antiga fortaleza, construída sobre uma rocha no centro da ilha.

Todos estes sítios – Anuradhapura, Polonnaruwa, Kandy, Sigiriya e Dambulla – fazem parte do património mundial da UNESCO. Um outro local do Património Mundial da UNESCO, mais recente, mas não menos fascinante, é a fortaleza de Galle. Localizada ao longo da costa sul, é o exemplo melhor preservado das muitas fortificações construídas entre o século XVI e o século XVIII, inicialmente pelos portugueses e em seguida pelos neerlandeses ao longo das costas da ilha. Outras fortificações neerlandeses e portugueses estão localizadas em Mannar, Jaffna, Matara, Batticaloa, Trincomalee, Kalpitiya e Katuwana.

Dalada Maligawa, Kandy, Sri Lanka. Autor McKay Savage. Licensed under the Creative Commons Attribution

Dalada Maligawa, Kandy, Sri Lanka. Autor McKay Savage

Dois outros sítios, que fazem parte dos sítios naturais do Patrimônio Mundial da UNESCO são: Os Planaltos Centrais do Sri Lanka e a Reserva Florestal de Sinharaja. As belezas naturais são uma outra razão para visitar a ilha. Aqui estão parques naturais, onde pode ver os elefantes asiáticos (Yala National Park, Udawalawe National Park, Minneriya National Park, Pinnawala Elephant Orphanage), pode observar os pássaros (Kumana National Park, Bundala National Park) e pode tentar observar leopardos (Wilpattu National Park). Paisagens de montanha podem ser admiradas no Horton Plains National Park. Os jardins botânicos são muitos bonitos. O mais importante dos quais são os Royal Botanical Gardens de Peradeniya, que estão localizados perto de Kandy.

Entre as actividades da população ao longo da costa a pesca é muito importante. Ao longo da costa sul-ocidental os pescadores vivem em cabanas sobre palafitas, que pode ver em particular em Koggala. Dentro da ilha tem um grande encanto cénico as plantações de chá com as mulheres, que são quase exclusivamente da etnia tamil, que recolhem as folhas. As cerimónias religiosas como a Esala Perahera, que tem lugar em Kandy todos os anos em julho e agosto, são um outro motivo para uma viagem ao Sri Lanka.

As meninas das nuvens, Sigiriya, Sri Lanka. Autor Ela112. Licensed under the Creative Commons Attribution

As meninas das nuvens, Sigiriya, Sri Lanka. Autor Ela112

O mar e as praias são um outro motivo principal duma visita à ilha. A área mais desenvolvida para o turismo de praia é a costa do sul-oeste e do sul da ilha, particularmente a costa entre Negombo e Hambantota. Aqui estão os balneários de Negombo, Bentota, Kalutara, Beruwala, Hikkaduwa, Galle, Weligama, Matara e Tangalle. Mas a costa leste tem também belas praias como as praias de Batticaloa, Arugam Bay, Kalkudah, Passekudah e as praias ao norte de Trincomalee.

Texto português corrigido por Dietrich Köster. 

dealform 336x280
banner
Siga-nos no Facebook
Mantenha-se informado sobre Guia Viagem
×
eXTReMe Tracker