Home / América Central e Caribe / Bahamas / O Sandy Cay, Exumas: a ilha das iguanas
Bancos de areia, Sandy Cay, Exumas, Bahamas. Autor e Copyright Marco Ramerini..
Bancos de areia, Sandy Cay, Exumas, Bahamas. Autor e Copyright Marco Ramerini..

O Sandy Cay, Exumas: a ilha das iguanas

Sandy Cay é uma pequena ilha de corais das Exumas, que fica ao sul do Trópico de Câncer. A ilha é formada por uma série de ilhas de coral, ligadas por bancos de areia, que variam a sua forma com a mudança das marés. Sandy Cay está localizado a 17 km da Praia do Trópico de Câncer em Little Exuma, enquanto a cidade de George Town em Great Exuma está localizada a 35 km. Por mar o ponto mais próximo de Long Island fica a 20 km, enquanto a distância, que separa o norte de Long Island de Sandy Cay é de 30 quilómetros, que são feitos numa hora de lancha.

Estas ilhotas de coral são conhecidas como a ilha das iguanas. Aqui foram filmadas algumas cenas do filme “Pirates of the Caribbean: Dead Man’s Chest” (Piratas do Caribe 2 – O Baú da Morte). Às vezes os hotéis de Little Exuma, Great Exuma e Long Island oferecem viagens para Sandy Cay. A caminhada começa por volta das 9 horas de manhã e o regresso ao seu ponto de partida é às 14 horas.

A vegetação típica da ilha principal, Sandy Cay, Exumas, Bahamas. Autor e Copyright Marco Ramerini

A vegetação típica da ilha principal, Sandy Cay, Exumas, Bahamas. Autor e Copyright Marco Ramerini

O passeio é bom, sendo um daqueles a não perder. Nós estamos sozinhos, quatro de nós e os nossos quatro companheiros de excursão, dois canadenses (Geoeff e Anne) e dois lituanos (Aloysius e Mvda) e as nossas duas guias. Assim chegamos na baía da ilha e fomos recebidos pela primeira vez por uma grande ave aquática e uma vez desembarcados encontramos dezenas de iguanas, que são muito curiosas e não têm medo de nada.

A ilha, que é composta dalgumas ilhas de coral e inúmeros bancos de areia espectaculares, mostra toda a sua glória com o sol. Temos tido tanta sorte e foram capazes de admirar a beleza dos contrastes entre a areia branca, o mar azul e o verde da vegetação, que abrange as ilhas de coral, onde vivem as iguanas. A maioria das iguanas encontram-se na ilha maior, que é coberta com uma vegetação espectacular de pequenas árvores e arbustos. Durante o nosso período de visita as cores da vegetação mudaram de verde-escuro para amarelo ocre dalgumas folhas.

Bancos de areia, Sandy Cay, Exumas, Bahamas. Autor e Copyright Marco Ramerini..

Bancos de areia, Sandy Cay, Exumas, Bahamas. Autor e Copyright Marco Ramerini..

Sandy Cay em Google Maps.

Sandy Cay em Google Maps.

Em frente desta ilha fica uma ilha menor com a mesma vegetação, mas com menos palmeiras. Entre as duas ilhas há bancos de areia espectaculares. Andando ao longo destas faixas de areia da costa da ilha principal identificamos um grande pássaro e um enorme ninho. Tentamos chegar mais perto, mas o pássaro, que é uma grande águia, emite chamadas para alertar-nos para não ir mais perto, pelo menos interpretamos nesta maneira. Tirando algumas fotos descobrimos as razões para as chamadas persistentes.

Estamos rodeados por natureza, uma natureza espetacular. Vamos nas línguas de areia branca, que misturam-se ao mar. Estamos sozinhos entre ilhotas na natureza intocada. Andrea descobre uma grande concha encalhada num banco de areia. Caminhamos ao longo das margens de areia ao longo da praia duma pequena ilha e finalmente mergulhamos no mar entre a areia branca e as lagoas de águas cristalinas. Permanecemos na água em frente desta paisagem espectacular. Depois estamos movendo em direção ao ponto, onde os nossos guias têm colocado guarda-sóis e cadeiras. O tempo para deixar chegou demasiado cedo. Antes de sair por iniciativa do nosso colega canadense inscrevemos os nossos nomes na areia.

Bancos de areia, Sandy Cay, Exumas, Bahamas. Autor e Copyright Marco Ramerini..

Bancos de areia, Sandy Cay, Exumas, Bahamas. Autor e Copyright Marco Ramerini..

No caminho de volta paramos no meio do mar no ponto, em que um navio naufragou. Encalhado no recife de coral existem os restos do navio. Não muito longe os nossos guias disseram, que um outro navio encontra-se debaixo da superfície. Me pergunto, se sob o nível do mar entre estes recifes de coral, que emergem, terá também restos dum galeão espanhol com tesouros. Chegamos em Long Island ao sul do Cabo Santa Maria ao ponto, em que existe uma ilha privada – Hog Cay – com uma bela praia. Uma vez na base e olhando as fotos feitas da águia descobri as razões das suas chamadas. Dentro do ninho é claramente visível a cabeça duma águia pequena!

Sandy Cay é verdadeiramente um local de visita para quem quer ficar em Little Exuma, Great Exuma ou Long Island. É uma visita a não perder, cruzados os dedos e esperando, que seja um belo dia ensolarado. No caso contrário muito do charme do lugar é perdido, mas quando o sol aparece trata-se duma nova experiência autêntica! Um lugar espectacular!

Texto português corrigido por Dietrich Köster.

dealform 336x280
banner
eXTReMe Tracker