Home / América Central e Caribe / Honduras / Roatán: um antigo refúgio de piratas, que é hoje um destino turístico popular
Westbay, Roatán, Honduras. Autor Westbrowncanada. Licensed under the Creative Commons Attribution
Westbay, Roatán, Honduras. Autor Westbrowncanada

Roatán: um antigo refúgio de piratas, que é hoje um destino turístico popular

A ilha de Roatán é a maior das ilhas do arquipélago das Islas de la Bahía. Localizada 50 km ao norte da costa caribenha de Honduras, Roatán está localizada entre as ilhas de Útila e Guanaja. A forma da ilha é longa e estreita, mede mais de 75 km de comprimento e tem uma largura máxima de 8 km.

Nos séculos XVI e XVII as ilhas eram um antro de piratas. Piratas ingleses, franceses e neerlandeses estabeleceram assentamentos nas ilhas do arquipélago das Islas de la Bahía. A partir do século XVIII até 1861 Roatán e outras Islas de la Bahía eram uma colónia britânica. A população de Roatán é composta principalmente de pessoas de cor e de ascendência mista inglesa e mestiça ao lado dum pequeno número de pessoas de origem indígena. A língua oficial é o espanhol, mas a maioria da população fala um crioulo inglês do Caribe.

Coxen Hole é a maior vila da ilha. Esta vila é nomeada após o pirata John Coxen. É o porto, onde atracam os navios de cruzeiro. Coxen Hole é popularmente conhecido como “El pueblo”. A vila foi fundada em 1835, quando muitas famílias das Ilhas Cayman mudaram para Roatán. Nesta vila a influência da cultura afro-antilhana é palpável. A vila de French Harbour é o principal porto dos barcos de pesca da ilha. O seu pitoresco porto com barcos de pesca ancorados vale a pena duma visita. Exegeradamente a vila de pescadores de Oak Ridge é considerada como uma espécie de Veneza do Caribe. Consiste de casas coloridas sobre palafitas cercadas pelo mar e os manguezais. Nesta área pode explorar as chamadas “florestas salgadas”, uma área costeira caracterizada por manguezais.

Roatan, Honduras. Author Jim Bahn. Licensed under Creative Commons Attribution

Roatan, Honduras. Autor Jim Bahn

Roatán é servida por um aeroporto internacional (Aeropuerto Internacional Juan Manuel Gálvez), localizado ao longo do mar a poucos quilómetros a leste de Coxen Hole. O aeroporto de Roatán tem ligações aéreas com vários locais em Honduras e com algumas cidades dos EUA e do Canadá. Há também um serviço de ferry, que liga a ilha de Roatán em Brick Bay a 15 minutos de Coxen Hole com La Ceiba. O tempo necessário para a travessia varia entre uma hora e uma hora e meia.

Entre os turistas Roatán é agora uma ilha famosa para o sol, a vegetação tropical e o Mar do Caribe. Roatán é um dos pontos turísticos mais visitados de Honduras e o turismo é o motor da ilha. Roatán tornou-se um destino popular para navios de cruzeiro do Caribe. O trecho da costa entre West End e West Bay, localizado na parte mais ocidental da ilha, é a área mais turística de Roatán. Aqui ficam as melhores praias de areia branca e de águas cristalinas, ideais para nadar e fazer o snorkeling.

A Estância do Antony’s Key é o lar do Instituto de Ciências Marinhas de Roatán, um instituto científico dedicado ao estudo dos recifes de coral e da vida marinha da área costeira de Honduras. O instituto tem um pequeno museu marinho e o “Dolphin Discovery Camp”, onde o comportamento dos golfinhos é estudado. Perto dali em Sandy Bay há o Jardim Botânico Carambola, onde pode admirar tomando passeios todas as variedades de plantas da ilha. Os amantes de animais podem fazer uma excursão para o Mayan Jungle Canopy. Aqui pode ver os macacos-prego, papagaios, veados e mais animais. Em French Cay fica o Arch’s Iguana Farm, um parque dedicado às iguanas.

Texto português corrigido por Dietrich Köster. 

dealform 336x280
banner
eXTReMe Tracker