Home / Oceania / Ilhas Cook / Rarotonga: montanhas e praias
Rarotonga, Ilhas Cook. Author Robert Linsdell. Licensed under the Creative Commons Attribution
Rarotonga, Ilhas Cook. Author Robert Linsdell

Rarotonga: montanhas e praias

Rarotonga é a ilha principal das Ilhas Cook com 67 km quadrados e 9.600 habitantes. É uma ilha montanhosa de origem vulcânica. O único centro importante da ilha é a localidade principal Avarua, localizada no centro da costa norte da ilha.

A montanha mais alta de Rarotonga é o Monte Te Manga, que chega a 658 metros. Uma montanha de formato curioso é a montanha chamada Te Rua Manga, que é conhecida em inglês como “The Needle”, que significa ” A Agulha”, um pináculo de rocha, que ultrapassa 400 metros acima do nível do mar e é visível da rua ao longo da costa sul.

Todo o interior da ilha é montanhoso. Apenas ao longo da costa existem planícies estreitas. A ilha é rica em vegetação tropical e os coqueiros são muito comuns.

A ilha é cercada por uma lagoa, que está em expansão no sudeste para formar a Muri Lagoon, que é pontilhada com ilheus de areia chamados “motu” (Motutapu, Oneroa, Koromiri e Taakoka).

COMO VISITAR RAROTONGA

Transporte Público: Um serviço de autocarro conveniente (Cook Island Passenger Service) corre ao longo da estrada principal de Rarotonga. Os bilhetes custam NZ$ 2,50 por viagem ou pode usar o passe conveniente dum dia para apenas NZ $ 10. Os bilhetes podem ser comprados a bordo pelo condutor e pode subir e descer onde quiser. Não há paragens estabelecidas.

Aluguer de carro: Na capital Avarua e no aeroporto existem várias empresas de aluguel e além de carros pode alugar scooters e bicicletas.

Circulação: Nas Ilhas Cook a circulação é pela esquerda. De modo a conduzir um carro alugado precisa comprar uma licença local (Cook Islands Driver’s Licence). Isso é conseguido mostrando a licença nacional e pagando uma taxa de NZ $ 10. Para usar uma bicicleta precisa dum pequeno teste de condução, além duma taxa de NZ $ 6.

AS ATRAÇÕES TURÍSTICAS: O QUE VER EM RAROTONGA

The Needle, Rarotonga, Ilhas Cook. Author Madeleine Holland. Licensed under the Creative Commons Attribution

The Needle, Rarotonga, Ilhas Cook. Author Madeleine Holland

Todo o circuito da ilha é de 32 km de comprimento e pode ser feito facilmente de bicicleta, porque a estrada corre ao longo da costa e é quase totalmente plana. É um prazer andar por essa estrada com pouco tráfego. Pode admirar dum lado as belas praias de areia branca e doutro lado montanhas belas com vegetação verde tropical. A volta de toda a ilha de bicicleta é feita em 2 horas sem encontrar uma subida.

As mais belas praias de Rarotonga estão localizadas ao longo da parte sul-oriental da ilha na Muri Lagoon. Pequenas praias de areia branca e fina são encontradas ao longo da costa sul e oeste. Sobre a última encontra-se a bela praia perto do Black Rock, uma rocha vulcânica negra, que parece colocada entre o mar azul e o branco deslumbrante da praia.

Lugares históricos: Em Avarua há uma igreja interessante: A Old Cook Islands Christian Church, construída em 1853. Ao lado da igreja pode-se observar no cemitério anexado alguns túmulos antigos, incluindo o do escritor estadounidense Robert Dean Frisbie. Outra igreja antiga, a Arorangi Cook Islands Christian Church, está localizada ao longo da costa oeste da ilha em Arorangi. Esta igreja foi construída em 1849. Outras igrejas interessantes são as das aldeias de Matavera e de Titikaveka, que datam de 1841.

No leste da localidade principal Avarua a algumas centenas de metros depois de passar o Kii Kii Motel, um caminho para o interior chega ao Marae Arai-Te-Tonga, um dos lugares de culto polinésio mais sagrados da ilha. Aqui está visível uma plataforma retangular de 3,5 metros por 2 metros e de 20 centímetros de altura, onde é colocada uma coluna de basalto, que foi usada para a investidura dos chefes tribais da ilha.

Canções polinésias: Uma coisa a fazer absolutamente aos domingos é assistir a uma das missas, que são realizadas nas igrejas da ilha. Ouvindo as canções polinésias é uma das experiências mais fascinantes, que pode vivenciar.

Mergulho: O mergulho é muito popular em Rarotonga. Os locais mais adequados para observar a vida subaquática está em Muri Lagoon ao redor da ilha de Taakoka. Outro lugar não muito longe e adequado para mergulho é a área imediatamente a leste da vila de Titikaveka, chamada Tikioki-Fruits of Rarotonga. A área a oeste da ilha, onde fica o Black Rock, é um outro bom lugar para mergulho.

Trekking: Muito bonito é o trekking pelas trilhas do interior montanhoso de Rarotonga, em particular atravessando a ilha passando perto da montanha característica, chamada “The Needle” ou Rua Manga com 413 m.

A observação de baleias: Entre julho e outubro pode ver nas águas do arquipélago as baleias jubarte (Megaptera novaeangliae).

O Posto de Informação Turística (Information Centre) está localizado no centro de Avarua perto do ANZ Bank e está aberto de segunda a sexta-feira das 8 às 16 horas.

Texto português corrigido por Dietrich Köster. 

dealform 336x280
banner
Siga-nos no Facebook
Mantenha-se informado sobre Guia Viagem
×
eXTReMe Tracker