Home / África / África do Sul / Os animais do Kalahari: suricatos e mangustos
Suricatos, Kgalagadi Transfrontier Park, África do Sul. Author and Copyright Marco Ramerini
Suricatos, Kgalagadi Transfrontier Park, África do Sul. Autor e Copyright Marco Ramerini

Os animais do Kalahari: suricatos e mangustos

O Parque Transfronteiriço Kgalagadi tem uma grande variedade de animais. Nesta página são apresentados suricates e mangustos, que vivem no parque:

SURICATE (Suricata suricatta)

Os Suricates são pequenos mamíferos difundidos na África Austral nas áreas desertas e semi-desertas do deserto do Kalahari (Namíbia, África do Sul e Botswana) e vivem principalmente nas planícies cobertas de arbustos e em terrenos abertos e de areias. Os Suricates são animais diurnos, que pesam cerca de 1 kg e são cerca de 35 cm de comprimento sem a cauda, ​​que varia entre 15 e 20 cm de comprimento. Eles têm a pele na parte de trás duma cor cinza-marrom com tons de listras amarelas e marrons.

Nas pernas a pelagem é branca ou prata acinzentado. A boca, o queixo e as bochechas são brancos e ao redor dos olhos tem um círculo preto. Da mesma cor são as orelhas redondas e a ponta da cauda e ​​o casaco é colorido de forma a misturar-se com o solo circundante claro e poeirento.

Os suricates vivem em colônias de até 40 indivíduos, cavam tocas no solo, que são verdadeiras cidades subterrâneas com muitas entradas conectadas umas às outras no subsolo. Muitas vezes estas galerias são compartilhadas com outras espécies como o mangusto ou o esquilo.

O suricate nunca desvia-se muito longe da toca. O animal caça com incríveis habilidades, enquanto o grupo alimenta-se com um ou mais indivíduos permanecendo em pé de sentinela com o objetivo de avisar os outros dos potenciais perigos, que se aproximam. Eles são essencialmente insetívoros, mas também comem lagartos, pequenos roedores, aves de pequeno porte, ovos, cobras, escorpiões, aranhas, larvas, frutas, raízes, frutos e tubérculos.

Os suricates reproduzem-se três vezes por ano. Depois duma gravidez de 11 semanas cada uma das três ninhadas por ano consiste de 2 a 5 crianças. Atinge a maturidade sexual num ano, enquanto a sua vida é de 12 anos. Seus inimigos naturais são as aves de rapina, chacais e gatos selvagens africanos.

MANGUSTA AMARELA (Cynictis penicillata)

Mangosta amarela, Kgalagadi Transfrontier Park, África do Sul. Author and Copyright Marco Ramerini

Mangosta amarela, Kgalagadi Transfrontier Park, África do Sul. Autor e Copyright Marco Ramerini

O mangusto amarelo é um pequeno mamífero, que vive nas áreas do deserto do Kalahari e do Namíb e nas regiões áridas da África do Sul (Namíbia, África do Sul, Angola, Zimbabwe e Botswana), especialmente nos grandes espaços abertos semi-desertos, onde a grama é curta, no matagal semi-deserto e nas savanas.

Mangustos são animais diurnos, que levam uma vida solitária ou em grupos familiares de 20 pessoas, vivem em tocas escavadas no solo e muitas vezes coexistem com esquilos e suricates. O animal é pequeno, pesa 500-700 gramas e tem 50 cm de comprimento, tem um longo casaco de cor amarela ou avermelhada e uma longa cauda com uma ponta branca marcante.

O mangusto amarelo é carnívoro e alimenta-se principalmente de insetos, larvas, pequenos roedores, sapos e pequenos mamíferos, mas também alimenta-se de lagartos, cobras e todos os tipos de ovos. Reproduz-se entre Julho e Setembro e entre Outubro e Dezembro dá luz a 2-5 pequenos. A duração da sua vida é de 10-13 anos. Seus principais inimigos são grandes aves de rapina, chacais, hienas e leopardos.

Texto português corrigido por Dietrich Köster.

dealform 336x280
banner
Siga-nos no Facebook
Mantenha-se informado sobre Guia Viagem
×
eXTReMe Tracker