Home / Ásia / Nepal / O Nepal: a terra das altas montanhas do Himalaia
Nepal. Autor Krish Dulal. Licensed under the Creative Commons Attribution
Nepal. Autor Krish Dulal

O Nepal: a terra das altas montanhas do Himalaia

O Nepal (Nepal Adhirajya) é uma república do Himalaia sem acesso ao mar, localizada na encosta sul do Himalaia na fronteira com a República Popular da China para o norte e com a Índia para o oeste, sul e leste. A capital é a cidade de Catmandu. Apesar de seu pequeno tamanho o país tem uma variedade notável de ambientes naturais, incluindo territórios, que passam das planícies do Ganges para o Himalaia.

Principalmente montanhoso, o território do Nepal apresenta para o sul ao longo da fronteira com a Índia uma faixa plana, que faz parte da planície do Ganges, a planície de Terai, rica em vegetação, alternando com pântanos e brejos, onde fluem os três rios principais do país: o Kosi, o Narayani e o Karnali.

Além dessa estreita faixa de terra plana encontramos a região do Pahad, onde sobem as serras do Mahabharata Lekh e do Shiwalik Range (Churia Range) no sopé do Himalaia, que atingem alturas entre 1.000 e 2.800 metros. Nesta área há alguns vales densamente povoados como a da capital do país: Catmandu.

Para o norte ao longo da fronteira com a China eleva-se a cordilheira mais alta do mundo, o Himalaia, que no Nepal tem a secção mais alta do sistema do Himalaia com oito dos catorze picos do mundo, que excedem 8.000 metros. Entre estes há ao longo da fronteira com a China a maior montanha do planeta Terra, o Monte Everest com 8.848 metros.

Mapa do Nepal

Mapa do Nepal

Os outros picos do Nepal, que excedem 8.000 metros são: o Kangchenjunga, a terceira montanha mais alta do mundo na fronteira com a Índia com 8.586 m, o Lhotse, a quarta montanha do planeta na fronteira com a China com 8.516 metros, o Makalu, a quinta montanha mais alta do planeta na fronteira com a China com 8.485 metros, o Cho Oyu, a sexta montanha do planeta na fronteira com a China com 8.188 metros, o Dhaulagiri, a sétima montanha do planeta com 8.167 m, o Manaslu, a oitava montanha do planeta com 8.163 metros e o Annapurna, a décima montanha do planeta com 8.091 metros.

A economia nepalesa é pobre, baseada na agricultura com o cultivo de arroz, trigo, milho, cevada, cana-de-açúcar, batata, tabaco e juta, na pecuária com bovinos, búfalos, cabras, ovelhas, porcos, iaques e aves e na exploração florestal (madeira). As poucas atividades industriais estão relacionadas com a alimentação, a indústria têxtil e de cerâmica e com a transformação de produtos agrícolas.

Texto português corrigido por Dietrich Köster.

  • Área: 147.181 km²: Área arável 17%, prados e pastagens 14%, florestas e arbustos 41%, terra inculta e improdutiva 28%
  • População: 28.900.000 (dados de 2007) – indo-nepaleses e tibeto-nepaleses
  • Capital: Catmandu.
  • Língua oficial: A língua oficial é o nepalês (Nepali).
  • Religião: Hinduísta 84%, budista 8%, muçulmana 4%, animista (Kirant) 3% e cristã 1%
  • Moeda: Rupia nepalesa (NPR)
  • Fuso horário: UTC+5,45 horas

dealform 336x280
banner
Siga-nos no Facebook
Mantenha-se informado sobre Guia Viagem
×
eXTReMe Tracker