Home / África / Moçambique / Moçambique: eco-turismo e atrações históricas
Alua, Moçambique. Author Stig Nygaard. Licensed under the Creative Commons Attribution
Alua, Moçambique. Author Stig Nygaard

Moçambique: eco-turismo e atrações históricas

Moçambique (República de Moçambique) é uma república presidencial do sudeste da África. O país está localizado ao longo da costa leste africana e é banhado pelas águas do Oceano Índico. Seu litoral se estende por mais de 2.300 km. No interno Moçambique faz fronteira ao sul com a Suazilândia, ao sul e sul-oeste com a África do Sul, ao oeste pelo Zimbabwe, a noroeste pela Zâmbia e Malawi, a norte pela Tanzânia.

Esta antiga colônia portuguesa foi colonizada a partir dos primeiros anos do século XVI, manteve-se na posse portuguesa até a independência alcançada em 1975. A capital do país é a cidade do Maputo, conhecida na época da colonização portuguesa pelo nome de Lourenço Marques. Outras cidades importantes são Beira, Nampula, Chimoio, Inhambane, Nacala, Tete, Quelimane, Xai-Xai e Lichinga.

Moçambique está dividido administrativamente em 10 províncias. Ao norte são as províncias de Cabo Delgado, Nampula e Niassa, na área central são as províncias de Sofala, Tete, Zambézia e Manica, enquanto ao sul são as províncias de Gaza, Inhambane e Maputo.

Moçambique é formado no norte e norte-oeste pela borda oriental do planalto africano, enquanto ao sul é uma vasta planície onde são os rios Limpopo, Save (Sabi) e Zambeze. O litoral, que tem uma extensão de quase 3.000 km, é formado em grande parte por mais ou menos vastas planícies e pontilhado em alguns lugares de ilhas. O litoral setentrional é bastante elevado e aqui o planalto vêm perto do oceano.

A área do Planalto tem uma altitude média de cerca de 500 metros, mas sobe a mais de 1.000 metros perto do Lago Niassa (Malawi). Existem cadeias de montanhas, que excedem dois mil metros de altura, como é o caso do Monte Namuli (2.419 metros) localizado no do noroeste de Moçambique. O pico mais alto do país é o Monte Binga (2.436 metros) localizado próximo da fronteira com o Zimbabwe, no centro-oeste do país.

Mapa de Moçambique

Mapa de Moçambique

Moçambique tem vários lagos. O mais importante é o Lago Niassa (Malawi), que fica apenas parcialmente no território de Moçambique. Outros lagos são o Lago Chiuta, a Albufeira de Cahora Bassa – um lago articial – e o Lago Shirwa.

O país é um dos mais pobres da África. Sua economia é baseada na agricultura, mas nos últimos anos a indústria tem tido algum desenvolvimento. Moçambique produz milho, mandioca, tabaco, algodão cana-de-açúcar e madeira. A pesca é uma atividade importante para a população costeira.

No que se refere aos recursos do subsolo Moçambique extrai importantes quantidades de bauxite, berílio, tântalo e também foram recentemente descobertas grandes quantidades de gás natural.

Outra fonte de renda – se desenvolvida de forma sensata – poderia ser o turismo. Moçambique tem um grande potencial para o eco-turismo e há atrações históricas (Ilhas de Moçambique e de Ibo).

Texto português corrigido por Dietrich Köster. 

  • Área: 801.590 km². (Área Arável 4%, Prados e Pastagens 55%, Florestas e Bosques 22%, Incultas e Improdutivas 19%).
  • População: 22.894.000 (2009) Negros 98% (Macua, Sena, Shona, Tsonga), Mestiços (descendentes de cruzamentos entre europeus e africanos) 1%, Europeus 1%.
  • Capital: Maputo.
  • Língua oficial: o Português. Outras línguas faladas são o suaíli, o Makhua e o Sena.
  • Religião: Cristãos 56% (Católicos 28%, Protestantes 28%), Muçulmanos 18%, crenças indígenas 7%.
  • Moeda: Metical (MZN)
  • Fuso horário: UTC +2
dealform 336x280
banner
Siga-nos no Facebook
Mantenha-se informado sobre Guia Viagem
×
eXTReMe Tracker