Home / Ásia / Irã / Isfahan: a Praça de Naqsh-e jahàn
Naghshe Jahan, Isfahan, Irão / Irã. Autor Arad Mojtahedi. Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike
Naghshe Jahan, Isfahan, Irão / Irã. Autor Arad Mojtahedi

Isfahan: a Praça de Naqsh-e jahàn

A Praça de Naqsh-e Jahan (Meidān Naqsh-e jahān), hoje conhecida pelo nome de Praça do Imame (Meidān-e Emām) e no passado como Praça do Xá (Meidān-e Shāh), é a praça mais bela de Isfahan. O seu nome original “Meidān Naqsh-e jahān” significa “Praça da Imagem do Mundo” e é o símbolo de poder do Império Safávida. A praça é considerada a maior praça pública do mundo depois da Praça Tiananmen de Pequim. Tem 560 metros de comprimento e 160 metros de largura e abrange uma área de 9 hectares.

Construída por Shah Abbas I, o Grande no início do século XVII, a praça está cercada de todos os lados por edifícios monumentais, ligados entre si por uma série de arcos de dois andares. Um complexo urbano homogéneo, construído de acordo com um único plano coerente e harmonioso, a Praça de Naqsh-e Jahan tornou-se o coração da capital safávida. A Praça de Naqsh-e Jahan é um testemunho impressionante de poder do Shah Abbas I e do nível de sofisticação da vida social e cultural, alcançado na Pérsia durante o período safávida.

Todos os elementos arquitectónicos, que alinham-se na praça, incluindo as arcadas de lojas, são esteticamente bonitos e geralmente decorados com uma profusão de azulejos de cerâmica e pinturas, em que os ornamentos florais são dominantes. Após a sua construção a praça foi utilizada para celebrações, execuções públicas, para jogos de pólo e para desfiles de tropas. A praça real de Isfahan é o simbolo por excelência da vida social e cultural persa durante a dinastia safávida.

Praça de Naqsh-e Jahan, Isfahan, Irã. Autor e Copyright Marco Ramerini,

Praça de Naqsh-e Jahan, Isfahan, Irã. Autor e Copyright Marco Ramerini,

Palácio de Ali-Qapu, Praça de Naqsh-e Jahan, Isfahan, Irã. Autor e Copyright Marco Ramerini,

Palácio de Ali-Qapu, Praça de Naqsh-e Jahan, Isfahan, Irã. Autor e Copyright Marco Ramerini,

Na praça estão alguns dos edifícios mais interessantes da era safávida de Isfahan, incluindo duas mesquitas – a Mesquita Real e a Mesquita Sheikh Lotf Allah -, o palácio Ali-Qapu e o Grande Bazar da cidade. A Mesquita Real – conhecida como Mesquita Jaame’ Abbasi ou Mesquita do Shah ou Mesquita do Imame – está localizada na parte sul da praça e foi construída por Shah Abbas I entre 1611 e 1629. Esta mesquita é uma das obras-primas da arquitetura persa.

Do lado leste da praça fica a Mesquita Sheikh Lotf Allah, erguida a partir de 1603 e terminada em 1619. Esta mesquita não tem minaretes, porque foi usada exclusivamente pelos membros da família real, mas tem uma decoração de faiança verdadeiramente soberba. O Palácio Real de Ali-Qapu está localizado do lado oeste da praça em frente à Mesquita Sheikh Lotf Allah. Entre os dois edifícios a praça é adornada por uma grande piscina com água. No norte da praça encontra-se a porta principal do Grande Bazar de Isfahan (porta Qeyssariyeh), que ocupa todos os arcos dos lados da praça e é um dos mais antigos e maiores do Oriente Médio.

Texto português corrigido por Dietrich Köster. 

dealform 336x280
banner
eXTReMe Tracker