Home / América do Sul / Brasil / Brasil: o motor da América Latina
Salvador da Bahia, Bahia, Brasil. Author and Copyright Marco Ramerini.
Salvador da Bahia, Bahia, Brasil. Author Marco Ramerini.

Brasil: o motor da América Latina

Brasil (República Federativa do Brasil) é uma república federal presidencial, situada entre o Equador e o Trópico de Capricórnio. O país é banhado pelo Oceano Atlântico a leste, limitado a norte pela Venezuela, Guiana, Suriname e Guiana Francesa, a oeste com a Colômbia, Peru e Bolívia, para o sul do Paraguai, Argentina, Uruguai.

Pertencem ao Brasil as ilhas de Fernando de Noronha, o Atol das Rocas, os rochedos de São Pedro e São Paulo, a Ilha da Trindade e os ilhéus Martim Vaz. O Brasil é o maior e mais populoso país do subcontinente sul-americano e é o maior país do mundo depois da Rússia, do Canadá, da China e dos Estados Unidos da América.

A capital do Brasil, Brasília, está localizada no interior do Estado de Goiás no planalto a 1.150 metros de altura. Além da capital, as mais importantes cidades do Brasil são São Paulo, grande metrópole, a cidade mais populosa do país e na América do Sul e o Rio de Janeiro. Entre os principais portos do país encontram-se Porto Alegre, Salvador, Belém, São Luís do Maranhão, Recife, Natal, Curitiba, Fortaleza, Belo Horizonte, Manaus, Santos e Paranaguá.

O território do Brasil é formado por duas grandes regiões naturais, ao norte fica a planície amazônica, o que corresponde à bacia do Amazonas, que ocupa cerca de dois terços da área do país, e é coberta por uma densa e impenetrável floresta tropical. No norte da bacia amazônica são as montanhas da Guiana e da Serra do Imeri, ao longo da fronteira com a Venezuela, onde é a montanha mais alta no Brasil, o Pico da Neblina (2 994 metros).

No extremo leste do país é o Sertão, uma área de planaltos áridos que se estendem ao longo de muitos Estados no Nordeste do Brasil: Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí e a parte setentrional do Estado de Minas Gerais. No centro-leste do país estão em vez uma série de amplos planaltos, cujas alturas médias variam de 700 a 1.200 metros. A leste, situa-se o planalto do Brasil, gravado por vales profundos e atravessado por várias cadeias de montanhas, como a Chapada Diamantina, a Serra do Espinhaço, a Serra da Mantiqueira e a Serra do Mar, com picos não superior a 3.000 metros (Pico da Bandeira, 2 890 metros, Agulhas Negras, 2 787 m).

Mapa do Brasil

Mapa do Brasil

Na parte central do país, situa-se o vasto planalto de Mato Grosso, que consiste em vastas pastagens e grandes áreas arborizadas, que encosta para a várzea amazônica. Para o oeste do Mato Grosso é o Pantanal, a maior zona húmida do mundo, uma vasta planície aluvial que se estende por 150.000 km² na fronteira entre Brasil, Bolívia e Paraguai. Grande parte do território brasileiro está dentro das bacias do Amazonas e do Rio da Prata-Paraná. O mais importante é o rio Amazonas, 6.400 km de comprimento (segundo no mundo depois do Nilo), fluxo de oeste para leste e desemboca no Oceano Atlântico, depois de passar através da floresta amazônica, a sua bacia hidrográfica (7.050.000 km²) é a maior do mundo, abrangendo o território de cinco países: Brasil, Peru, Bolívia, Colômbia e Equador. Muito importante também são os inúmeros afluentes, como o Rio Negro, o Japurá, o Putumayo, o Purus, o Madeira, o Tapajós, o Xingu e o Tocantins. Entre os outros rios do país são o Paraná, o São Francisco e o Parnaíba. Ao longo da fronteira com a Argentina são as mais impressionantes quedas d’água no mundo, as cataratas do Iguaçu, mais de 270 cachoeiras que caem de várias alturas, a altura máxima é de 90 metros, sobre uma frente de cerca de 3 km.

O Brasil é um país dotado de enormes recursos naturais, que tem na agricultura uma de suas principais fontes económicas, são cultivados café (o primeiro produtor do mundo, principalmente nos Estados de São Paulo, Paraná, Espírito Santo e Minas Gerais), o cacau, o tabaco, algodão, banana, batata, feijão, tomate, trigo, cevada, sisal, cana-de-açúcar, soja, laranja, milho, amendoim, arroz, frutas tropicais, uvas, legumes, mandioca. São ricos os recursos minerais. O país está entre os principais produtores a nível mundial no que diz respeito à extração de ferro, cristal de rocha, cromo, mica, estanho, zircônio, berílio. É também significativa a produção de ouro, manganês, diamantes, pedras preciosas (águas marinhas, ametistas, topázios), magnesita, cassiterita, bauxita, níquel, urânio, titânio, amianto, fosfato, tungstênio, manganês.

Enormes são os recursos florestais. O Brasil está entre os principais produtores de madeira do mundo, são produzidas grandes quantidades de madeira, como cedro, jacarandá e pinheiros do Paraná, são obtidas a partir da floresta mesmo borracha (Hevea brasiliensis), cera carnaúba, plantas medicinais, óleos vegetais e resinas. Também é muito importante o sector da pesca, principalmente camarões, lagostas e sardinhas. A criação de gado é generalizada em quase todas as regiões do país, mas é particularmente importante nos Estados do Sul. É notável o património de bovinos (entre os primeiros no mundo para o número de cabeças), mas também são ovinos, caprinos, eqüinos, suínos e aves. Entre os produtos animais são carne, lã, leite.

Muito importante é o potencial hidroeléctrico do país. O Brasil é o terceiro maior produtor mundial de energia hidroeléctrica após a China e o Canadá, existem grandes usinas hidrelétricas, como Itaipú (14GW) no rio Paraná, a maior central hidroeléctrica do mundo; ou a de Ilha Solteira (3,4 GW) novamente no Rio Paraná, e as de Tucuruí (8,3 GW) sobre o rio Tocantins. O Brasil tive recentemente um rápido desenvolvimento industrial, que levou a um considerável desenvolvimento de minas e pedreiras, que está ligado à siderurgia, a indústria mecânica (carros, aviões, máquinas agrícolas). São importantes a indústria alimentar ligada à transformação de produtos agrícolas em sectores específicos, de carne, têxteis e tabaco. As indústrias têm sua maior concentração no Sudeste do país, nomeadamente nos distritos de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre.

Texto português corrigido por Dietrich Köster.

  • Área: 8.511.996 km². (Área Arável 5,9%, Prados e Pastagens 21,7%, Florestas e Bosques 57,3%, Inculta e Improdutiva 15,1%).
  • População: 183.800.000 (dados de 2007) Brancos (Portugueses 10,5%, Italianos 10,4%, Espanhóis 4,4%, Alemães 3,5%) 48,43%, Pardos (mestiços e mulatos descendentes mistos de europeus, africanos e ameríndios) 43,80%, Negros 6,84%, Asiáticos 0,58% e Indígenas 0,28%)
  • Capital: Brasília.
  • Língua oficial: o Português
  • Religião: Católicos 75%, Protestantes 15%.
  • Moeda: Real (BRL).
  • Fuso horário: (UTC−4 a UTC−2) Verão (DST) (UTC-4 a UTC-2)
dealform 336x280
banner
Close
Siga-nos no Facebook
Mantenha-se informado sobre Guia Viagem
eXTReMe Tracker