Home / Ásia / Arábia Saudita / Arábia Saudita: deserto e petróleo
Mesquita Masjid al-Haram, Meca, Arábia Saudita. Autor Meshal Obeidallah. No Copyright
Mesquita Masjid al-Haram, Meca, Arábia Saudita. Autor Meshal Obeidallah

Arábia Saudita: deserto e petróleo

A Arábia Saudita (Al-Mamlaka al-‘Arabiya as-Sa’udiya/Reino da Arábia Saudita) é um reino do Oriente Médio, que ocupa a maior parte da península arábica. O país é limitado a norte pela Jordânia e o Iraque, para o nordeste pelo Kuwait, a leste pelo Qatar e os Emiratos Árabes Unidos, ao sul pelo Omã e o Iêmen e para o oeste é banhada pelo Mar Vermelho e no leste pelo Golfo Pérsico.

As cidades mais importantes, além da capital Riade, são Jeddah, Meca, Medina e Ad-Dammam. O território da Arábia Saudita é por mais da metade composto de deserto. No norte do país encontram-se as encostas sul do deserto da Síria, estendende-se para o sul para formar a região desértica de Nafud.

Para o oeste ao longo da costa do Mar Vermelho sobem duas cadeias de montanhas: aqueles de Hejaz para o norte e de Asir para o sul. Eles são parte da grande escarpa do Vale da Grande Fenda, que forma o Mar Vermelho. Entre essas as montanhas de Hejaz raramente ultrapassam os 2.000 metros (no extremo norte somente o Jabal al-Lawz com 2.403 metros), enquanto as de Asir sobem em lugares a mais de 3.000 metros, alcançando uma elevação máxima com o Jabal Sawda com 3.133 metros.

Mapa da Arábia Saudita

Mapa da Arábia Saudita

Além das montanhas estende-se para o leste o grande planalto de Néjede (Nejd), uma região rochosa alternando com pequenas extensões de deserto de areia e formações montanhosas isoladas. A altura do planalto varia entre 750 e 1.500 metros. Para o leste da Néjede (Nejd) o planalto desce gradualmente em direção ao Golfo Pérsico numa área, onde há muitos oásis. Ao longo da costa do Golfo Pérsico existe a depressão de Al Hasa, onde estão localizados os principais campos de petróleo do país. Para o sudeste encontra-se o maior deserto do país: o Rub’ al Khali com 600.000 km², um deserto de areia árida e uma das áreas mais inóspitas do planeta Terra.

A Arábia Saudita é o maior exportador de petróleo do mundo. Sua economia é baseada principalmente sobre a exploração dos campos de petróleo – cujas reservas são as maiores do mundo – e dos de gás natural. No país são extraídos também calcário, gesso, mármore, prata, fosfatos, urânio, barro, sal e ouro. Os campos de petróleo encontram-se principalmente ao longo da costa do Golfo Pérsico.

Graças aos rendas do petróleo a Arábia Saudita tem sido capaz de desenvolver significativamente a sua estrutura industrial, principalmente relacionada com a indústria do petróleo, mas também para o processamento de materiais de construção, têxteis, plástico, aço e produtos agrícolas. Mesmo a agricultura desenvolveu-se consideravelmente graças à irrigação. São cultivados: trigo, tâmaras, cevada, sorgo, frutas cítricas e vegetais. Uma certa importância é também coberta pela pecuária de ovelhas, cabras e camelos.

Texto português corrigido por Dietrich Köster. 

  • Área: 2.153.168 km²: Área arável 2%, prados e pastagens 56%, florestas e arbustos 1%, terra inculta e improdutiva 41%
  • População: 24.735.000  (censo de 2007), incluindo os imigrantes de 5,6 milhões de pessoas
  • Capital: Riade.
  • Língua oficial: A língua oficial é o Árabe.
  • Religião: muçulmana 100%: sunita 80% e xiita 20%, excluindo os imigrantes de 5,6 milhões de pessoas
  • Moeda: Riyal (SAR)
  • Fuso horário: UTC+3 horas

dealform 336x280
banner
Siga-nos no Facebook
Mantenha-se informado sobre Guia Viagem
×
eXTReMe Tracker